POLÍTICA MT

“Ações do Governo do Estado ajudam Mato Grosso a ser 1º lugar do país em criação de empregos”, afirma governador

Publicados

em


.

O governador Mauro Mendes afirmou que as diversas ações tomadas pela atual gestão, voltadas ao equilíbrio econômico e à simplificação do ambiente empresarial, contribuíram para que Mato Grosso conquistasse o 1º lugar entre os estados que mais criaram empregos em junho deste ano.

De acordo com os dados do Ministério do Trabalho e Emprego, divulgados nesta terça-feira (28) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), Mato Grosso registrou 20.685 demissões em junho, contra 27.475 admissões. Ou seja, 6.790 novos postos de trabalho foram criados no mês passado, apesar dos prejuízos causados pelo coronavírus.

“As ações tomadas pelo Governo ajudaram Mato Grosso a ser o 1º lugar do país na criação de empregos. Se não estivéssemos em meio a uma pandemia, com certeza teríamos resultados ainda melhores. Em 2019 trabalhamos muito, com apoio da Assembleia Legislativa, para reorganizar as contas e, pela primeira vez em 10 anos, o Governo de Mato Grosso fechou o ano no azul”.

“Regularizamos pagamentos, honramos compromissos com fornecedores e fizemos a reinstituição de incentivos fiscais, que garantiu isonomia nos benefícios às empresas, resultando em atração de investimentos. O Estado deixou de ser hostil, atrapalhador, e agora é fomentador”, afirmou o governador, destacando que Mato Grosso também foi o estado que percentualmente mais abriu empresas no primeiro quadrimestre de 2020 – 21.040 novas empresas.

Leia Também:  Nova Bandeirantes comemora 38 anos com ações do governo em infraestrutura e saúde

Mauro Mendes afirmou que as políticas públicas do Estado em favor das pequenas e médias empresas durante a pandemia também contribuíram para o cenário positivo.

“Nós prorrogamos o pagamento do ICMS para as empresas do Simples e para os Micro Empreendedores Individuais (MEIs), que são os principais empregadores da iniciativa privada em Mato Grosso. Também prorrogamos as licenças de operação e aceleramos a análise de novas licenças das empresas que pretendem empreender no Estado. Essas providências criam um ambiente favorável para novos investimentos e, somadas a um Estado equilibrado economicamente, garantem segurança aos empresários. Na prática, é emprego, renda e desenvolvimento para a nossa população”, explicou o chefe do Executivo.

Para o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, a liderança de Mato Grosso no ranking de criação de empregos é fruto das ações da gestão para o fomento do empreendedorismo.

“Um exemplo é o programa Pensando Grande para os Pequenos, que teve vários circuitos. Temos as linhas de créditos e a reestruturação da Desenvolve MT, que apoia principalmente os segmentos mais prejudicados pela pandemia, como o setor turístico e de serviços. Mesmo com a pandemia, continuamos gerando empregos. Além disso, também temos o nosso agronegócio que vem mantendo o ritmo de exportações, aumentando a produção agrícola e a industrialização dos seus produtos, tanto em proteína animal quanto vegetal, que gera empregos não só na indústria de transformação, mas em todos os segmentos envolvidos com a indústria agropecuária e da produção industrial”, ressaltou.

Leia Também:  Elaboração do Plano Estadual de Resíduos Sólidos é tema de conferência online da Sema e UFMT

Na liderança

No relatório do Caged, Mato Grosso figura em 1º lugar entre os 17 estados que registraram saldos positivos na criação de empregos. Outros 10 estados tiveram saldo negativo.

Mato Grosso registrou saldo de 6.790 novos postos de trabalho, seguido do Pará (4.550) e Goiás (4.334). Já os estados com o pior desempenho foram o Rio de Janeiro (-16.801), São Paulo (-13.299) e Rio Grande do Sul (-4.851).

A alta de contratação em Mato Grosso ocorreu em todos os segmentos analisados, sendo 3.014 novos postos na agropecuária, 1.426 na indústria, 986 na construção, 950 no comércio e 414 no ramo de serviços.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA MT

Escola especializadas agendam entrega de kits de alimentação escolar para os pais

Publicados

em


.

As cinco escolas especializadas da rede estadual localizadas em Cuiabá e Várzea Grande iniciaram a entrega dos kits de alimentação escolar para as famílias dos alunos. Para evitar aglomeração e seguir as regras de distanciamento, cada equipe gestora fez um agendamento para atendimento aos pais que irão buscar no dia e horário marcados. Com isso, todas as famílias serão atendidas e com segurança.

Nesta quarta-feira (12.08), a Escola Estadual Especial Livre Aprender, em Cuiabá, iniciou a distribuição dos 120 kits. A diretora Fátima Rosana Farias explica que, com a ajuda de alguns profissionais da educação, estão organizando os kits. Além disso, já fez o agendamento para entrega que vai até a sexta-feira (14.08).

“Também confeccionamos pães para composição de cesta de alunos do Projeto Cozinha Experimental com receita para assar em casa. Os pães já vão pré-assados para serem consumidos quentinhos. Os pais vão adorar”, comemora Fátima Rosana. Para incrementar o kit, a diretora acrescentou chocolate e aveia para os alunos cadeirantes e alguns precisam de alimentação pastosa. 

A assistente social Izabel Oliveira Ribeiro, um estudo socioeconômico das famílias dos alunos matriculados que necessitam dos Kits alimentação. “Esses produtos são importantes para as famílias carentes e baixa renda”, assinala.

Para Vera Rodrigues que é mãe de um aluno a ajuda vai fazer muita diferença, pois com a pandemia tem que cuidar do filho e não tem mais emprego fixo. “Quando meu filho estava na escola, ainda trabalhava, mas agora tenho que cuidar dele. Então esse kit vai ajudar e muito em casa”, explica.

Leia Também:  Governo de Mato Grosso distribuiu 23,8 mil testes para a região Oeste

Luz do Saber

E a partir desta quarta-feira, a EE Luz do Saber também inicia a entrega. São 62 kits para as famílias dos alunos. “Terminamos na terça-feira (11.08) de preparar os kits e já havíamos agendado com os pais”, assinala a diretora Jane Cristina Ignotti.

Na recepção, a diretora usou um aparelho de medir temperatura dos pais, que ficaram mais tranquilos. A entrega foi na parte externa da unidade escolar. Os pais receberam também as atividades impressas para os alunos que não tem acesso à internet.

Os pais não só ficaram satisfeitos com o kit, que vai ajudar na alimentação em casa, mas com o trabalho desenvolvido pela escola. “Minha filha estuda há dois anos aqui na escola. Está fazendo as atividades em casa, mas com saudades dos amiguinhos aqui da escola”, comenta Aline Jesus.

O mesmo entendimento tem Geli Costa, que tem uma filha na escola. “Aqui na Luz do Saber minha filha se sente bem. Enquanto não houver aula presencial, vamos de aula em casa”, ressalta. 

Raio de Sol

Na EE Especial Raio de Sol, também em Cuiabá, a entrega começa na segunda-feira (17.08). A equipe gestora está preparando os 139 kits, assim os pais foram avisados que a entrega será por agendamento. “Na próxima semana, tudo organizado para a entrega. Frutas e verduras chegam na segunda-feira (17.08)”, destaca a coordenadora pedagógica Valdite Heinsen.

Leia Também:  Campo Verde é beneficiada com obras de infraestrutura na MT-140

Ceaada

O Centro Estadual de Atendimento e Apoio ao Deficiente Auditivo (Ceaada) Professora Arlete Pereira Migueletti, em Cuiabá, prepara 50 kits para serem entregues na próxima semana.

A diretora Gláucia Inês Paes de Barros informa que está adquirindo os produtos e, assim que todos forem entregues, os kits serão montados. “Até a próxima segunda-feira (17.08) os kits estão prontos e vamos iniciar a entrega”, acrescenta.

CHP

Em Várzea Grande, O Centro de Habilitação Profissional (CHP) Célia Rodrigues Duque, as entregas iniciaram na terça-feira (11.08) e irão contemplar 137 famílias com os kits de alimentação. “Estamos agendando duas turmas por período para não ter aglomeração, além de seguir todas as medidas de segurança, os funcionários e os pais usando máscaras, álcool em gel e líquido, e medindo a temperatura de todos. Tudo para que os pais se sintam seguros”, destaca a secretária Solange Raupp.

3ª etapa

Os kits fazem parte da terceira de entrega de produtos alimentação escolar por parte da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) para famílias de alunos da rede estadual. Nesta etapa, serão beneficiadas cerca de 300 mil famílias, com investimentos na ordem de R$ 13 milhões, recursos dos governos estadual e federal.

A cestas contém arroz, feijão, carne, leite, verduras (como cenoura, chuchu, beterraba, maxixe, quiabo e abobrinha), frutas e tubérculo (mandioca ou batata).

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA