POLÍTICA MT

Ações e entregas realizadas pelo Governo de MT em 2020 são apresentadas em audiência pública

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso apresentou, em audiência pública organizada pela Assembleia Legislativa do Estado (ALMT) e realizada de forma remota na tarde desta quinta-feira (10.06), a avaliação dos resultados das ações do Executivo Estadual executadas no ano de 2020.

Essa foi a primeira vez que o Governo, por meio da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), apresentou em audiência pública o Relatório da Ação Governamental (RAG), documento legal de controle social que consiste em dar transparência à execução de programas e ações governamentais constantes no Plano Plurianual (PPA) 2020-2023 e operacionalizadas através da Lei Orçamentária Anual (LOA).

O documento é enviado anualmente ao Legislativo e ao Tribunal de Contas do Estado (TCE/MT), como parte da prestação de contas do Governo, e também é disponibilizado para consulta da população no site Seplag, coordenadora central do processo de elaboração do RAG.

Na avaliação do titular da Seplag, Basílio Bezerra, a apresentação do RAG 2020 foi uma excelente oportunidade para demonstrar a evolução das ações do Governo no período, bem como o compromisso e seriedade na condução das entregas e programas.

“Apesar da situação imposta pela pandemia o governo foi resiliente e conseguiu ótimos resultados em diversas áreas, em especial nas ações de atendimento direto à sociedade”, disse.

Resultados

Segundo o detalhamento apresentado pelo secretário adjunto de Planejamento e Gestão de Políticas Públicas da Seplag, Sandro Brandão, mesmo diante dos impactos decorrentes da pandemia causada pela covid-19, o Estado alcançou no último ano um desempenho muito bom em ações e entregas nas áreas da educação, saúde, segurança pública e infraestrutura e logística.

O estudante Thiago Bastos Matias em momento de estudo em casa. Foto por Divulgação

Na educação, destaca-se o desempenho obtido nas taxas de proficiência em português e matemática no 5º ano do ensino fundamental I, no 9º ano do ensino fundamental II e no 3º ano do ensino médio.

Nos últimos 12 meses ainda foram atendidos mais de 361 mil estudantes por meio do ensino remoto e das apostilas entregues, e capacitados mais de 38 mil profissionais da educação a fim de prepará-los para o ensino online.

Leia Também:  Querência recebe nova ambulância

No quesito saúde houve o aumento de 170% do número de leitos de UTI na rede estadual, entre o início de 2019 e final de 2020; foram colocados em funcionamento 10 leitos de terapia intensiva em Rondonópolis, 19 em Sinop, 11 em Cáceres e 10 em Alta Floresta; construídos 70 novos leitos de UTI no Hospital Metropolitano, que atua exclusivamente como referência para o tratamento da covid-19.

Também foi ressaltada durante a audiência a retomada da obra do Hospital Central, paralisada há mais de 30 anos; a execução de obras de reforma e ampliação no Hospital Estadual Santa Casa, de reformas no Hospital Metropolitano de Várzea Grande e nos Hospitais Regionais de Sorriso, Sinop, Rondonópolis e Cáceres, com a construção e entrega de 20 leitos de enfermarias e 10 leitos de UTI para o enfrentamento ao coronavírus.

Na rede estadual de saúde, houve o aumento de 170% do número de leitos de UTI, entre o início de 2019 e final de 2020. Foto por Lenine Martins/Secom-MT

Na segurança-pública, foi destaque no ano o aumento de 78% nas apreensões de droga em relação a 2019, tendo sido retiradas de circulação 6,5 toneladas de maconha, cocaína e pasta base, e apreendidas 4.588 pílulas de ecstasy (300% a mais que em 2019); os investimentos do Governo na aquisição de armamentos, munições, coletes balísticos, equipamentos de proteção individual e fardamento; e a implantação da Patrulha Maria da Penha em 15 cidades de Mato Grosso.

Por fim, na área de infraestrutura e logística foram realizadas melhorias nas condições de trafegabilidade da malha rodoviária, com pavimentação de 173 Km, entrega de 22 pontes de concreto, mantendo as condições de trafegabilidade dos 7,2 mil km de asfalto e garantindo melhor eficiência do sistema rodoviário da malha estadual; pavimentação e recuperação de 770.208,20 m2 de vias urbanas, a entrega de 1.885 unidades habitacionais, entre outros resultados.

Leia Também:  Atendimento ao público na sede do Detran-MT será suspenso na tarde desta terça-feira (03)

Conforme explicou Brandão, o RAG cumpre dupla função no contexto da gestão de políticas públicas. “Ele funciona como instrumento de gestão, fornecendo informações importantes para as atividades do governo e funciona como instrumento de transparência, integrando a prestação de contas anual do governo.”

O RAG é elaborado em conjunto com os órgãos e entidades estaduais e estruturado pela Seplag, acrescentou o secretário adjunto ao dizer ainda que a avaliação anual é parte fundamental do modelo de gestão e contribui para o alcance do que foi planejado, “possibilitando o aperfeiçoamento contínuo dos programas e da alocação de recursos no orçamento do Estado”.

No ano de 2020, foram retiradas de circulação 6,5 toneladas de maconha, cocaína e pasta base, e apreendidas 4.588 pílulas de ecstasy (300% a mais que em 2019). Foto por Christiano Antonucci/Secom-MT

A obrigatoriedade legal da realização de audiência pública do Relatório da Ação Governamental foi inserida na Lei do PPA 2020-2023 pelos deputados estaduais durante seu período de elaboração/aprovação, no final de 2019.

Segundo o presidente da Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária (CFAEO) da ALMT, deputado estadual Carlos Avalone, o documento completo será avaliado pelos parlamentares e uma nova reunião será marcada para aprofundar a discussão sobre os assuntos.

A realização contou com a presença de representantes dos demais órgãos e entidades do Governo e também foi conduzida pelo consultor legislativo e ex-secretário de Estado de Planejamento, Guilherme Muller, que elogiou a apresentação realizada pela Seplag.

“Ainda não analisei todo o material, mas achei bem elaborado e consistente. Vai permitir aos deputados acompanhar a execução do planejado com o executado, bem como os resultados alcançados”, comentou Muller.

Inauguração da Estrada do Coxipó do Ouro. Foto por Marcos Vergueiro/Secom-MT

RAG Consolidado

No RAG consolidado consta o detalhamento completo da análise dos 58 programas, 220 indicadores, 559 ações e 912 produtos entregues no exercício de 2020 pelo Poder Executivo e demais Poderes e órgãos autônomos do Estado.

Acesse aqui a íntegra do documento.

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Secretário destaca esforço dos profissionais para retorno das aulas em MT

Publicados

em


As 728 escolas estaduais de Mato Grosso retomam as atividades, na modalidade híbrida, nesta terça-feira (03.08). Para marcar o fim do recesso escolar e o início do segundo semestre, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) e a prefeitura de Várzea Grande realizaram uma live na manhã desta segunda-feira (02.08). Amanhã, o acolhimento aos profissionais será com uma live transmitida ao vivo pelo canal da Seduc-MT no YouTube.

“Hoje é um dia histórico. Com esforço de todos os profissionais da educação, pensando no que o estudante realmente precisa neste momento, retomaremos as atividades. Neste 1 ano e 4 meses com os alunos longe das salas de aulas, os professores se desdobraram para desenvolver as atividades. Mas a ciência já demonstrou que o ambiente escolar é seguro e nossas escolas estão preparadas. Vamos iniciar o processo de recuperação da aprendizagem”, destacou o secretário de Educação, Alan Porto.

O secretário agradeceu o esforço de todos os profissionais da educação. “Professores, equipes gestoras, técnicos, apoios. Nosso sentimento, por todos vocês, é de gratidão por trabalharem muito para que este dia acontecesse da melhor forma possível”.

Retorno confirmado

A partir da quarta-feira (04.08), os alunos começam a voltar para as escolas, em sistema de revezamento que segue planejamento de cada unidade escolar. É o momento de conhecerem a escola, a nova rotina, como vão funcionar os protocolos de biossegurança que garantem o retorno seguro.

Diretora da Escola Estadual Professora Arlete Maria da Silva, em Várzea Grande, Maria Fernanda Pacelli de Miranda Gazeta afirma que a unidade está 100% pronta para o retorno híbrido. Na unidade, 78% dos estudantes voltam para o sistema de revezamento.

“Nesta terça e quarta-feira vamos nos reunir com os pais, detalhar todo o planejamento e já vamos entregar as máscaras. Na quinta e sexta receberemos os alunos em sistema de revezamento. Preparamos uma semana de orientação para as aulas iniciarem, efetivamente, na próxima semana”, explica a diretora.

Leia Também:  Atendimento ao público na sede do Detran-MT será suspenso na tarde desta terça-feira (03)

Maria Fernanda afirma que a expectativa dos profissionais é grande para o retorno. “A maioria dos profissionais, na Escola Arlete Maria da Silva, está ansiosa pelo retorno. Minha equipe faz educação por amor e a gente sabe que a escola, sem o coração batendo, que são as crianças, é uma escola morta. Estamos bem ansiosos com o retorno, preparados e muito felizes com este momento”.

Na Escola Estadual Dr. Mário de Castro, no bairro Pedra 90, em Cuiabá, a expectativa também é grande. A diretora, Francislene Goya, explica que os alunos voltam na quarta e quinta-feira com acolhimento, seguindo orientações da Seduc. Apenas 139 estudantes, dos 1.891 matriculados, vão ficar na modalidade não presencial.

Para os estudantes da unidade a expectativa é ainda maior, já que vão conhecer o novo prédio, inaugurado em março deste ano. Trata-se de um modelo padrão e será a primeira escola a adotar o programa Profissão 4.0.

Assim como a Arlete Maria e a DR. Mário de Castro, todas as outras escolas de Mato Grosso receberam recursos do governo para adequarem a estrutura física e tecnológica, comprar materiais de biossegurança e higienização e iniciar o planejamento pedagógico para recuperar a aprendizagem dos estudantes. Uma força-tarefa da Seduc, na semana passada, fez os últimos ajustes em algumas unidades que ainda tinham algum ponto pendente.

Live acolhimento

A live que marca o fim do recesso escolar e o início do segundo semestre na rede estadual de ensino foi realizada na Igreja Batista Nacional (IBN), no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande.

O secretário de Educação de Várzea Grande, Silvio Fidelis enfatizou que o planejamento para o retorno das aulas na rede municipal, que também ocorre nesta terça-feira de forma híbrida, já começou há meses. “Tenho certeza que o retorno será seguro. Neste mês, já começamos a aplicar a segunda dose da vacina contra a Covid-19 nos profissionais da educação. Fazemos uma gestão com segurança e responsabilidade”.

Leia Também:  Seciteci abre inscrições para a XIII Mostra Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação

O prefeito kalil Baracat fez questão de enfatizar que todas as medidas necessárias de biossegurança foram tomadas, mas enfatizou que se o quadro da pandemia sofrer alteração, as aulas podem ser suspensas a qualquer momento. “Mas temos convicção na segurança deste retorno e nossas crianças não podem mais esperar”.

Monitoramento diário

O secretário Alan Porto reforçou a importância do retorno também na rede municipal, destacando que as crianças em fase de alfabetização foram as mais prejudicadas pela pandemia. “Nossos desafios, para recuperar a aprendizagem, são imensos e vocês, profissionais da educação, sabem muito bem do que estou falando. E mais do que isso, vocês sabem fazer a educação no chão da escola e o quanto ela é importante”.

Alan Porto também reforçou que a Seduc, em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde, vai monitorar diariamente o retorno na modalidade híbrida para que a segurança dos profissionais e estudantes esteja garantida.

“Foram meses de planejamento. O Governo do Estado investiu mais de R$ 170 milhões para este retorno. Seguindo todos os protocolos e planos de contingência já definidos, vamos fazer o retorno seguro. Precisamos que nossos estudantes estejam dentro da escola ou corremos o risco de condenar uma futura geração. O compromisso do Estado e dos profissionais da educação é com mais de 393 mil estudantes. Vamos juntos fazer o que mais entendemos, fazer educação”.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA