POLÍTICA MT

Após 40 anos, homem é localizado pela Polícia Civil e retoma contato com familiares

Publicados

em


Há mais de quarenta anos, o então jovem Reinaldo Correa Gomes, hoje com 64 anos, veio para Mato Grosso e desde então, seus familiares que ficaram no estado do Paraná perderam contato com ele. Parentes buscaram o auxílio da Polícia Civil em Mato Grosso e registraram uma ocorrência no Núcleo de Pessoas Desaparecidas (NPD) da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá para localizá-lo. 

A partir de técnicas de pesquisa e de informações do banco de dados do NPD, os investigadores conseguiram localizar o senhor Reinaldo em uma chácara, na região do distrito de Nossa Senhora da Guia, município de Cuiabá. A equipe do NPD fez contato com o proprietário do local, que informou que Reinaldo trabalha na chácara há quase 20 anos.

Nesta quarta-feira (14.10), a equipe de investigação foi até o local e conversou com Reinaldo, que confirmou que saiu do Paraná na década de 80 e desde a época perdeu contato com a família que ficou no Sul do país.

Os investigadores fizeram uma chamada de vídeo e Reinaldo conversou com a irmã no Paraná. Bastante emocionado, ele pediu que a irmã venha até Mato Grosso para que possam se rever.

Leia Também:  Diretoria Metropolitana de Medicina Legal realizou 785 necrópsias até o início de outubro

A escrivã-chefe do NPD, Jannaína Paula Brito de Souza Silva, afirma que é gratificante para a equipe do núcleo colaborar com a localização de pessoas desaparecidas ou que perderam o contato com familiares.

A investigação para a localização de Reinaldo Gomes foi realizada pelos policiais civis Rafael Mello e Benildes Campos.

Núcleo de Pessoas Desaparecidas

Em 2019, o Núcleo de Pessoas Desaparecidas da DHPP de Cuiabá teve um percentual de 93% de esclarecimento nas ocorrências registradas no setor. Foram 876 casos de desaparecimentos registrados na unidade, sendo localizadas 816 pessoas. A maior parte dos casos foi registrada em Cuiabá e Várzea Grande.

A Polícia Civil de Mato Grosso criou neste ano um banco de dados, em uma página na internet, para divulgar informações e auxiliar na localização sobre pessoas desaparecidas no estado. A página https://desaparecidos.pjc.mt.gov.br reúne informações conforme as ocorrências registradas nas Delegacias da Polícia Civil no estado.

A nova ferramenta dá mais visibilidade e auxilia a população a colaborar para localização de pessoas que estão desaparecidas em diferentes cidades de Mato Grosso e também em outros estados.

Leia Também:  Outubro Rosa; Escola Técnica de Sinop promove ações para informar sobre prevenção e tratamento
Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Drogas são tiradas de circulação em seis bairros de Cuiabá e nove são detidos em flagrante

Publicados

em


Policiais militares de quatro batalhões prenderam nesta sexta-feira (23.10) nove homens por tráfico de droga em seis bairros da capital.

No São João Del Rey, um suspeito foi pego traficando em uma quitinete. Ele ainda tentou disfarçar, mas os militares do 24º BPM perceberam quando passavam de frente ao imóvel. Foram tiradas de circulação porções de maconha, cocaína, ácido bórico, uma balança, plástico filme e dinheiro.

No Nova Conquista, a equipe do 3º BPM foi informada que pessoas estariam traficando droga na região. Em diligência, os policiais perceberam que pessoas correram ao ver a viatura. Foi realizada uma vistoria no terreno onde o grupo estava e encontrado uma barra e meia de maconha, uma balança, uma faca e um rolo de plástico filme. Nenhum suspeito foi localizado.

No Parque Cuiabá, a denúncia apontava um homem que estaria traficando em uma praça no bairro. Suas características físicas e modus operandi foram passadas aos policiais que confirmaram a informação.  Na abordagem, o denunciado carregava uma porção de maconha e R$ 900. Ele alegou ser usuário e o dinheiro seria do auxilio emergencial. Em seu nome constou passagem criminal pelo mesmo motivo.

Leia Também:  Secel apresenta informações de editais que irão fomentar mais de 500 projetos culturais

No Santa Izabel, um homem foi preso e um segundo suspeito identificado pelos militares do 10º BPM. Os dois seriam cunhados e traficavam em uma rua do bairro. Os policiais descobriram que a casa onde os homens estavam seria ponto de venda de entorpecente. Quando os agentes chegaram os suspeitos correram, ficando apenas um deles. Foram tiradas de circulação porções de maconha.

A segunda ocorrência atendida pelos militares do 10º BPM foi no bairro José Pinto que resultou na prisão de quatro homens. O grupo foi rendido em uma casa e já na entrada foram encontradas 11 porções entre maconha e pasta base de cocaína.

Na vistoria na casa, os policiais localizaram um pedaço e mais 80 porções menores de maconha já embaladas para venda e dinheiro.

No Jardim Umuarama, dois homens foram detidos pelos policiais do 3º BPM depois de serem pegos com uma porção de maconha. Eles estavam em uma motocicleta e foram parados para abordagem. O garupa era monitorado por tornozeleira eletrônica que estava desligada. Em seu nome constou outras passagens por tráfico de droga.

Leia Também:  Projeto de lei que universaliza acesso a escolas militares é aprovado na ALMT

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA