POLÍTICA MT

Arena da Educação realiza campanha de arrecadação de livros

Publicados

em


A Escola Estadual Governador José Fragelli, a Arena Educação, está organizando uma campanha de arrecadação de livros de diversos gêneros para compor a biblioteca da escola. A ideia partiu dos estudantes da disciplina eletiva “Palavra Puxa Palavra”, regida pela professora de sociologia Letícia Rosa de Almeida Leite, em parceria com as professoras de português, Juliana Grossi, e Ginástica Rítmica, Maria Rita Vitório.

O projeto da disciplina tem como uma das funções primordiais mobilizar os estudantes, familiares e comunidade em colaborar doando livros, para que o acervo da biblioteca escolar seja ampliado. A Campanha #LiterArena pode ser acessada AQUI.

“A biblioteca da Arena tem muita carência de livros literários que vão cativar e ajudar realmente ajudar nesse aprendizado dos alunos então estamos aqui para pedir sua colaboração para a doação de livros (literários) para a biblioteca da nossa escola. Nós alunos sabemos que a leitura é muito importante na nossa formação e por isso contamos com a sua colaboração”, destaca Letícia Rosa.

Para fazer as doações, é preciso levar os livros até a nossa escola: de segunda à sexta-feira, das 8h às 16h30min da tarde, no 2º andar, entrada pelo Portão F. Neste período sempre terá alguém da orientação pedagógica da escola disponível para recebimento dos livros. Os exemplares podem ser entregues até 17 dezembro, véspera da finalização do ano letivo de 2020 na nossa escola.

Leia Também:  Governador dá posse ao novo presidente e vogais da Junta Comercial de Mato Grosso
Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Bombeiros iniciam planejamento para Temporada de Incêndios Florestais

Publicados

em


O Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT), recebeu, na tarde desta quinta-feira (21.01), representantes de algumas das agências que atuam em conjunto na prevenção e combate aos incêndios florestais durante a temporada crítica no estado. Esta foi a primeira reunião do ano, com o objetivo de planejar a atuação durante o ano de 2021 para minimizar os danos causados pelos incêndios florestais e queimadas urbanas. Além do planejamento, também foram traçadas estratégias e verificados os recursos já disponíveis, as fontes, as ações de interface etc.

Além do CBMMT estiveram presentes na reunião representantes da Secretaria de Segurança Pública, de Meio Ambiente, Defesa Civil, Polícia Militar Ambiental, Delegacia Especializada do Meio Ambiente, Associação de Defesa do Pantanal (Adepan) e Sesc Pantanal. A reunião foi presidida pelo comandant-geral em substituição legal dos Bombeiros, o coronel Ricardo Antônio Bezerra Costa.

“O Ciman deixa muito claro que esta é uma ação multiagências, com participação forte do Governo de Mato Grosso através das suas secretarias de estado, a Secretaria de Segurança Pública, de Meio Ambiente, de Planejamento e Gestão e as demais agências. Essa participação do Governo Estadual, o apoio dos proprietários rurais, dos municípios e do Governo Federal através do Ministério da Defesa fizeram uma diferença muito grande durante os trabalhos realizados no ano que se passou”, afirmou o coronel Ricardo Bezerra.

Leia Também:  Deputado faz entrega de van para transporte de pacientes ao município de Araputanga

O coronel BM Dércio Santos da Silva, diretor operacional do CBMMT lembrou que se trata de uma reunião com os órgãos de governo que representam o núcleo do Ciman, que são a Defesa Civil, a Sesp e a Sema. “Aqui nós começamos as discutir as ações e já temos algumas deliberações com base no relatório do ano passado, o que subsidia a produção do Plano Operacional do CBMMT para atuar nos incêndios florestais. Partindo deste princípio, o momento é de iniciarmos os ajustes para delinearmos a nossa atuação neste ano”, explicou.

Explicando a TIF

A Temporada de Incêndios Florestais (TIF) começa em meados de junho e termina em meados de novembro. Esse período é assim denominado por compreender a época do ano em que as condições climáticas de baixa umidade do ar e altas temperaturas favorecem o surgimento de incêndios nos três biomas de Mato Grosso; cerrado, floresta Amazônica e Pantanal.

A TIF apresenta um ciclo permanente de quatro principais fases: prevenção, que se mantém ativa em paralelo com as demais fases da temporada; preparação, que é marcada pelas especializações oferecidas aos bombeiros militares e brigadistas municipais; resposta, composta pela operacionalização dos trabalhos e por fim a fase da responsabilização, que é quando são realizados os trabalhos de fiscalização e perícias de incêndios florestais.

Leia Também:  Governador e secretários da Casa Civil e Fazenda recebem homenagem da Maçonaria
Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA