POLÍTICA MT

Biodiversidade e nanociência marcam a segunda noite do evento internacional de popularização da ciência

Publicados

em


.

Dando sequencia a série de encontros virtuais para debater sobre pesquisas e universo científico, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) realizou nesta quarta-feira (09), a segunda noite do Pint of Science, maior festival internacional de divulgação científica, em um ambiente descontraído, na cervejaria Louvada, em Cuiabá. O bate-papo realizado de forma remota, contou com duas apresentações sobre Nanociência e Biodiversidade. 

Por conta da pandemia, neste ano o evento que é gratuito, está sendo realizado em formato online. O encerramento será nesta quinta-feira, 10 de setembro, a partir das 17h30 (horário de Mato Grosso) e será transmitido ao vivo, pelo Youtube e Facebook da Seciteci.

Durante a segunda noite do festival, o professor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Teldo Anderson da Silva Pereira, conduziu a primeira live. Ele apresentou seu projeto de pesquisa sobre “A ciência do nano e suas tecnologias” e ressaltou a importância deste evento para trazer à sociedade o papel e relevância da ciência. 

“O propósito principal do evento está sendo alcançado, que é difundir o conhecimento científico, produzido em universidades e centros de pesquisas, por meio de uma linguagem acessível ao público, em ambiente descontraído e acessível a todos”, disse.

O segundo palestrante da noite, o professor da UFMT, Thadeu Sobral, abordou as curiosidades e pesquisas sobre a amplitude do meio ambiente e impactos sofridos pelas ações humanas. Durante a palestra com o tema “O que (des)conhecemos sobre a biodiversidade” ele reforçou que o cientista tem o papel fundamental de levar conhecimento à sociedade . 

“Cabe a nós cientistas sair um pouco dos laboratórios, centros de estudos e pesquisas para atingir a população de uma maneira geral, então acho que este evento ‘rasgou as cortinas’ que nos separavam da sociedade e por ser virtual conseguimos ir mais longe ainda”, falou.

A banda de rock cuiabana The Xomanos animou o encontro virtual, além disso, foram sorteadas canecas personalizadas para quem fez o check-in no evento virtual. E brindes foram entregues para quem respondesse mais rápido e corretamente as perguntas dos palestrantes. 

Leia Também:  Nota MT divulga os contemplados dos prêmios especiais de R$ 50 mil

De acordo com a superintendente de Desenvolvimento Cientifico, Tecnológico e de Inovação da Seciteci, Lecticia Figueiredo, a meta de público e interação social foi atingida. 
“Na segunda noite tivemos ainda mais participação e audiência durante as lives. Esta interação com o público e as dinâmicas realizadas durante os encontros virtuais, tornam os bate-papos ainda mais descontraídos, acho que esta é uma excelente forma de popularizar a ciência, afinal as pessoas querem saber mais sobre as pesquisas e os pesquisadores querem falar para a população”, afirmou. 

Para participar, os interessados  devem preencher o formulário disponível no Sympla AQUI. Os 150 primeiros inscritos ganharão uma caneca de brinde e poderão retirar na Cervejaria Louvada, localizada na Avenida das Torres, nº 4511, bairro Jardim Imperial, em Cuiabá.  Durante as lives serão sorteados alguns brindes para os participantes.
O evento que surgiu em 2012, no Reino Unido e chegou ao Brasil em 2015, no estado de São Paulo. Neste ano é realizado simultaneamente em 10 países, integrando cientistas e a comunidade em geral, que se reúnem para expor estudos e discutir resultados de pesquisas de maneira informal em ambientes descontraídos, como bares, restaurantes e Pubs, proporcionando um canal direto de conversa entre os pesquisadores e a sociedade.

A proposta é divulgar conhecimento científico para o público em geral em mais de 100 cidades do mundo. Os principais países envolvidos são: Brasil, Alemanha, Austrália, Áustria, Canadá, Espanha, França, Irlanda, Itália e Reino Unido. No Brasil, pelo menos outras 73 cidades brasileiras vão realizar o evento.

Em Cuiabá é realizado pela segunda vez, com a parceria entre a Seciteci, a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Cervejaria Louvada e a agência de publicidade Cria Estúdio.

Leia Também:  Pesquisa epidemiológica ajudará no planejamento das ações da Saúde

Pint of Milk

Este ano, para atrair participação de crianças e adolescentes, o evento teve uma programação especial, o Pint of Milk, visando estimular curiosidades e futuros estudos na área científica. 

Nesta quarta-feira (09) durante a estreia do evento virtual a professora da Seciteci, Juliana Graziela, realizou experimentos e entregou brindes para a garotada que respondeu corretamente as perguntas durante a live. 

Com a oficina virtual: “Surpresas Científicas: Não é mágica, é ciência“, a professora explorou o universo curioso das ações e reações químicas. Nesta quinta-feira (10), a partir das 15h (horário de Mato Grosso), o encontro virtual será comandado pelo professor da UFMT, Marcelo Marchiori que promete trazer muitas curiosidades e surpresas sobre o céu mato-grossense e suas diversidades. 

Também haverá dinâmica de perguntas e respostas com entrega de brindes para quem for mais rápido e certeiro nas respostas. A transmissão será da sede da Seciteci, por meio do canal do Youtube e Facebook da secretaria. 

Programação Pint Of Science

10 de setembro  

17h30 (horário de Cuiabá) | Pint of Science | Talk “Epidemias em tempos de Mudanças Climáticas” – Eliane Ignotti (UNEMAT)

18h15 (horário de Cuiabá) | Pint of Science |Talk “Matemática e Ciência no estudo e controle de epidemias” – Moises Cecconello (UFMT)

– Participação especial da cantora Angela Custódio e da banda The Xomanos
 
Programação Pint Of Milk

10 de setembro

– 15h00 (horário de Cuiabá) | Pint of Milk | Talk “O céu de Mato Grosso: Uma janela para a Ciência e para o Cosmos” –  Marcelo Marchiori  (UFMT)

Um convite para fomentar curiosidade de jovens, crianças a olharem o céu de Mato Grosso como uma futura oportunidade para a ciência.

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

PGE alerta contribuintes via SMS sobre débitos em dívida ativa

Publicados

em


.

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) iniciou esta semana a cobrança de débitos de dívida ativa via mensagem de texto no celular (SMS).  A medida visa alertar o contribuinte para que possa negociar a dívida e evitar que tenha o nome negativado nos órgãos de proteção de crédito (SPC/SERASA).

A mensagem informa que o CPF ou CNPJ será negativado no prazo de 10 dias, o valor do débito, data, e a qual imposto se refere como IPVA, Licenciamento, Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), Imposto Sobre Transmissão Causa Mortis e Doação(ITCD), multas com a Sema, Procon e Ager.

As multas ambientais também serão informadas nas notificações. Já foram enviadas mensagens de alerta para 106.88 mil contribuintes (pessoa física) e 4.074 mil (pessoa jurídica). Os débitos são de inadimplências geradas até 2016 e também as que foram geradas no período de 2017 a 2020.

Nestes dois últimos citados não há benefícios de descontos para negociar, mas a opção de parcelamento em até 36 vezes. De acordo com o subprocurador-geral Fiscal, Jenz Prochnow Junior, a ferramenta está em fase de implantação e muitos contribuintes ainda têm dúvidas se a informação é verdadeira.

“Não é fake. Esta é mais uma ferramenta adotada pela Procuradoria para dar agilidade ao atendimento e recebimento, bem como evitar a restrição em órgãos de negativação. Desde o final do ano passado foi contratada uma empresa para fazer este serviço de atualização cadastral, encaminhamentos das dívidas e informar sobre a negativação antecipadamente, mas por conta da pandemia, optamos por utilizá-la somente agora. É importante destacar que não fazemos cobrança e nem recebemos multas de trânsito, esta é feita somente pelo Detran”, explicou.

Leia Também:  Nota MT divulga os contemplados dos prêmios especiais de R$ 50 mil

Após o envio do SMS, se o contribuinte não for localizado, a próxima etapa é o aviso por e-mail e correspondência pelo Correio. Conforme levantamento da Subprocuradoria-geral Fiscal, atualmente 797.323 mil cadastros de pessoa física e 140.338 mil de pessoa jurídica estão inseridos em dívida ativa na PGE.

Para negociação e emissão do boleto destes débitos, o contribuinte pode ligar no (65) 3613-5900, ir até a sede da procuradoria, bem como nas cidades onde tem Ganha Tempo, pode acessar o site da PGE ou utilizar os canais de atendimento (lista abaixo). O atendimento é válido também para contribuintes que residem em outras regiões do Estado. Neste caso, o atendimento é feito também em unidades do Ganha Tempo. Pelo site, o contribuinte deve acionar a aba “Portal do Contribuinte” e informar obrigatoriamente o tipo de processo (IPVA, Licenciamento), CPF ou CNPJ.

A sede da procuradoria está localizada na Avenida República do Líbano, nº 2258 – Cuiabá. Através dos Programas de Recuperação Fiscal (Refis e Regularize) o cidadão com débitos até o ano de 2016 pode quitar as dívidas com desconto de até 75% nos juros e multas.

Negativação

Além da negativação nos órgãos de proteção de crédito, a dívida ativa dificulta a obtenção de crédito, financiamentos, crediários e outras operações financeiras para procedimentos de pessoa física e jurídica. Antes do envio para a dívida ativa há todo o trâmite administrativo no órgão/secretaria em que o débito foi originado, com notificação ao devedor inclusive.

Leia Também:  Comissão da AL visita instituições de segurança pública em Pontes e Lacerda, nesta quinta-feira (24)

Por isso a necessidade de o contribuinte manter atualizado seus endereços e telefones de contato para o fim de localizá-lo e orientá-lo sobre a situação. Em casos de troca de titularidade do veículo, por exemplo, a documentação deve ser repassada ao Detran o quanto antes para evitar transtornos.

Dívida Protestada

Quanto ao protesto o contribuinte recebe do cartório notificação para regularizar o débito, antes da sua efetivação, que segue com o boleto para quitação do débito. Todos os meses a PGE envia para a Central de Remessa de Arquivo-CRA os títulos. A central distribui para os Cartórios de Protesto de Mato Grosso, de acordo com a cidade de domicílio do contribuinte. O cartório emite notificação para o contribuinte fixando (três) dias para pagar, sob pena de ultrapassado o prazo o título ser protestado.

Ressalta-se que vai ao protesto quando não há a quitação da dívida informada previamente em função de infrações fiscais ou alguma negligencia em atualizar dados cadastrais de transferência de titularidade de bem, como no caso do IPVA.

CANAIS DE ATENDIMENTO DA PGE

Gabinete da Subprocuradoria-Geral Fiscal

[email protected]

Telefone: (65) 3613-5998

Celular/Whatsapp: (65) 9248-3233

Celular/Whatsapp: (65) 9608-8566

Coordenadoria de Dívida Ativa

Celular/Whatsapp: (65) 99238-0339

Coordenadoria de Compensação

Celular/Whatsapp: (65) 99244-4840

[email protected]

Superintendência de Gestão da Dívida Ativa

[email protected] – 99238-4802 

Atendimento Dívida Ativa

[email protected]  – 99243-6157

[email protected]  – 99246-8705

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA