POLÍTICA MT

Botelho anuncia comissão mista para ações de combate às queimadas em MT

Publicados

em


.

Botelho propõe comissão mista para combate às queimadas

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso  (ALMT) vai criar uma comissão mista para ações enérgicas de combate às queimadas em Mato Grosso. O trabalho, em conjunto com a Câmara Federal e o Senado, foi anunciado nesta quarta-feira (16) pelo presidente da ALMT, deputado licenciado Eduardo Botelho (DEM), que retornará amanhã às atividades parlamentares. Também avalia a possibilidade dessa comissão visitar a região do Pantanal nos próximos dias. 

“Combinei com a deputada federal Rosa Neide (PT) de que vamos fazer essa comissão mista da Assembleia Legislativa, com a Câmara Federal e Senado, para fazermos proposições, elaborar meios para que essas queimadas históricas que estão acontecendo no Pantanal não venham ocorrer mais nos próximos anos”, informou Botelho, durante sessão remota. 

Ressaltou que a Assembleia Legislativa de Mato Grosso estará à frente desse projeto, diante da grande preocupação dos deputados em decorrência dos inúmeros focos de queimadas que prejudicam, sobremaneira, o meio ambiente, causando danos à fauna e à flora, além da qualidade de vida da população, que sofre há dias com a fumaça e o tempo seco. 

Leia Também:  Forças de segurança e reeducandos somam esforços no combate ao fogo e resgate de animais

“Foi combinado com ela [Rosa Neide] e com a Comissão de Meio Ambiente da Câmara Federal que vamos acompanhar a situação, fazer essa visita e montar a comissão de estudos para elaborar as propostas para o governo”, explicou Botelho.

Na próxima sessão, Botelho vai protocolar uma indicação mostrando a necessidade de o governo do estado realizar campanhas publicitárias para conscientização, prevenção e combate às queimadas em Mato Grosso. O documento será encaminhado também para a Casa Civil e Secretaria de Estado de Meio Ambiente.

A preocupação de Botelho se refere ao número de queimadas em Mato Grosso que vem aumentando de forma drástica desde julho, devido à falta de chuvas, altas temperaturas e umidade relativa do ar baixa. Na indicação, aponta que, após quase dois meses, o governo do estado decidiu decretar situação de emergência e pediu ao governo federal o reconhecimento do estado de calamidade.

“É uma situação catastrófica, um verdadeiro colapso ambiental que o bioma está passando, quase 20% da área do Pantanal foi atingida pelo fogo. Vale avaliar para que nos próximos anos atitudes como esta sejam tomadas em tempo hábil para se contornar a situação, de não ter este cenário crítico que nós estamos vivendo agora. Desta forma, faz-se necessário que o governo faça, constantemente, campanhas publicitárias de orientação”, diz trecho da indicação.

Leia Também:  Meio ambiente e o pacto geracional

Fonte: ALMT

Propaganda

POLÍTICA MT

MT Ciências abre vagas para curso de Programação com Arduíno

Publicados

em


.

A partir desta terça-feira (22), a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), por meio do MT Ciências, abre as inscrições para o curso gratuito de Introdução à Programação com Arduíno que será realizado na modalidade de ensino a distância (EAD). As inscrições poderão ser realizadas até o dia 2 de outubro, por meio do formulário virtual do Google Forms.

Segundo a coordenadora de Popularização da Ciência da Seciteci, Marilene Passos, as vagas são limitadas e a iniciativa deve contemplar até 45 pessoas, com idade acima de 12 anos. A ideia é ofertar um curso de tecnologia de forma remota, com emissão de certificado para o aluno.

“Nós sempre ofertamos pelo MT Ciências, cursos na área de robótica e programação, porém por causa da pandemia, decidimos criar este novo curso totalmente virtual, para ensinar um pouco sobre esta plataforma de prototipagem eletrônica de hardaware livre, conhecida como Arduíno, que possibilita realizar programações básicas para robótica, equipamentos eletrônicos, etc”, disse.

O curso terá 40 horas de duração e abordará a ferramenta autodesk. As aulas se iniciarão dia 05 de outubro e seguem até 06 de novembro. Após a confirmação da matrícula, o aluno receberá acesso às aulas disponíveis pela plataforma Moodle da Seciteci.

Leia Também:  Forças de segurança e reeducandos somam esforços no combate ao fogo e resgate de animais

O curso será ministrado pelos monitores do MT Ciências, Mamedes Eronildes de Castro Júnior e Ana Maura Pereira Cabral, que são engenheiros da computação.

Para se candidatar a vaga, a pessoa precisa ter em mãos dados pessoais e e-mail. O formulário está disponível AQUI

 

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA