POLÍTICA MT

Campanha visa conter aumento de 38% nas mortes no trânsito

Publicados

em


.

Entre janeiro e julho de 2020, Mato Grosso registrou 362 mortes no trânsito, 38% a mais que no mesmo período de 2019, quando houve 263 casos. Já as lesões corporais no trânsito reduziram. Este ano, foram 3.099 registros, contra 3.474 no ano passado (-11%). Os dados são da Superintendência do Observatório da Violência da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

Reduzir esses dados, por meio da prevenção de acidentes, é o principal objetivo da Semana Nacional do Trânsito, celebrada de 18 a 25 de setembro. O mote deste ano é “Perceba o risco, proteja a vida” e um dos focos está nos usuários vulneráveis, que são os pedestres, ciclistas, motociclistas e pessoas com deficiência. Outra abordagem da campanha educativa é a importância do respeito, com orientações que incentivem o combate à violência no trânsito e o cuidado consigo e com o próximo.

A primeira ação, de caráter educativo, ocorrerá na próxima sexta-feira (18.09), a partir das 18h, na Av. Historiador Rubens de Mendonça, em frente ao Pantanal Shopping, em Cuiabá. Em seguida, as forças de segurança seguirão para Várzea Grande, na Avenida da FEB, no Trevo Mufatão. Os condutores de veículos e pedestres receberão orientações e dicas voltadas à segurança no trânsito.

Leia Também:  PEC da Polícia Penal é debatida com sindicato e representantes do sistema penitenciário

Apesar de terem ocorrido ações de fiscalização a fim de evitar o consumo de álcool pelos condutores de veículos, a operação Lei Seca ficou suspensa desde março de 2020, por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A retomada dessa ação integrada também marcará a Semana Nacional do Trânsito, e ocorrerá em diferentes pontos da região metropolitana.

As atividades contam com a participação da Sesp-MT, por meio do Gabinete de Gestão Integrada (GGI); Polícia Militar, por meio do Batalhão de Trânsito (BPTran); Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran); Sistema Penitenciário; Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT); Polícia Rodoviária Federal (PRF); Ministério Público Estadual (MPE); Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob) e Guarda Municipal de Várzea Grande.

Outras atividades

Em Mato Grosso, a campanha terá ainda a transmissão de lives do Comitê Estadual Vida no Trânsito, pela Escola de Saúde Pública do Estado, no canal do YouTube. Os encontros virtuais ocorrerão nos dias 18 e 21 de setembro, das 14h30 às 17h30, nestes links, respectivamente: https://youtu.be/ueK-zku0waM e https://youtu.be/k0dKinjvpDg.

Leia Também:  Sexta-feira (18): Mato Grosso registra 112.200 casos e 3.248 óbitos por Covid-19
Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Sábado (19): Mato Grosso registra 112.817 casos e 3.262 óbitos por Covid-19

Publicados

em


.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (19.09), 112.817 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 3.262 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 617 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 112.817 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 15.756 estão em isolamento domiciliar e 93.026 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 252 internações em UTIs públicas e 272 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 60% para UTIs adulto e em 31% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19, estão: Cuiabá (22.326), Várzea Grande (8.423), Rondonópolis (7.933), Lucas do Rio Verde (5.237), Sorriso (4.820), Tangará da Serra (4.635), Sinop (4.549), Primavera do Leste (3.654), Campo Novo do Parecis (2.553) e Cáceres (2.355).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Delegado Claudinei intervém por melhorias na rua 13 de Maio de Rondonópolis

O documento ainda aponta que um total de 91.064 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 974 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última sexta-feira (18), o Governo Federal confirmou o total de 4.495.183 casos da Covid-19 no Brasil e 135.793 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 134.935 óbitos e 4.455.386 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de sábado (19).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  PEC da Polícia Penal é debatida com sindicato e representantes do sistema penitenciário

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA