POLÍTICA MT

Centro de Triagem funcionará até as 15h desta sexta-feira (28); atendimentos serão retomados no sábado (29)

Publicados

em


.

Em virtude de mais uma partida de futebol do Cuiabá Esporte Clube, que desta vez enfrentará o Chapecoense (SC), na noite desta sexta-feira (28), no estádio da Arena Pantanal, os atendimentos no Centro de Triagem Covid-19 que funcionam dentro do complexo esportivo teve o horário reduzido e ficará aberto até às 15h de hoje. 

A medida é necessária para realizar todas as etapas do rigoroso processo desinfecção dos espaços para eliminação de vírus, fungos e bactérias nos ambientes internos e externos do complexo esportivo. Garantido assim um local seguro para os jogadores e todos os demais profissionais.  

No sábado (29.08), os atendimentos no Centro de Triagem Covid-19 serão retomados normalmente, com a entrega das 300 senhas presenciais das 6h às 6h45. O usuário com acesso à internet pode retirar sua senha de atendimento pelo site triagem.mt.gov.br , com 500 senhas disponíveis.  

Serviço

O Centro de Triagem na Arena Pantanal fica localizado na Av. Agrícola Paes de Barros, s/n – Verdão, em Cuiabá.

Leia Também:  Projeto de Lei propõe que escolas estaduais recebam nome de educadores
Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Força Nacional envia militares, viaturas e helicóptero para combate aos incêndios florestais em MT

Publicados

em


.

Equipe formada por 48 militares da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) inicia nesta sexta-feira (25.09) as atividades de combate aos incêndios florestais em Mato Grosso, na região do Pantanal.

Além dos bombeiros, o apoio de logística ao Estado contará com 12 viaturas, um micro-ônibus, um caminhão de transporte, um helicóptero e três policiais militares, que vão atuar ainda no Vale do Araguaia, Chapada dos Guimarães e Amazônia.

O reforço foi solicitado pelo Governo do Estado e autorizado pelo ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, em portaria divulgada no Diário Oficial da União, nesta quarta-feira (23.09).

O grupo segue para o município de Poconé na quinta-feira (24.09) e se apresenta ao Posto de Comando, localizado no Sesc Porto Cercado, para receber as orientações e informações necessárias.O grupo atuará na região por 30 dias, com a possibilidade de prorrogação, de acordo com a portaria.

“Estamos organizando de que forma estas equipes serão distribuídas no terreno. Inicialmente alguns ficarão na base na região do Sesc, outros na região do Pixaim e no Porto Jofre (Parque Estadual Encontro das Águas), pois nestas frentes o deslocamento é feito somente com aeronave”, explicou a comandante adjunta do Batalhão de Emergências Ambientais, Jusciery Rodrigues Marques.

Leia Também:  Projeto de Lei propõe que escolas estaduais recebam nome de educadores

Ao chegar no município, as equipes terão acesso ao mapa contendo os pontos considerados mais críticos, passarão pelo processo de checagem de equipamentos e materiais de segurança.

O Governo Federal também repassou R$ 10,1 milhões como recursos de emergência. Os recursos já estão na conta do Estado de Mato Grosso, que finaliza os trâmites bancários para contratação de aeronaves, reforço das equipes de combate aos incêndios, resgates de animais silvestres e compra de retardantes (insumo que auxilia no controle do avanço das chamas).

O Corpo de Bombeiros de Mato Grosso enviou na terça-feira (22.09) um reforço para as equipes da Operação Pantanal II que estão combatendo os incêndios florestais na região. São mais 40 bombeiros militares que já estão em campo distribuídos nas áreas prioritárias de combate. Além deles, 60 militares da 13° Brigada de Infantaria Motorizada do Exército Brasileiro também auxiliam nos trabalhos.

Combate aos incêndios

O Governo do Estado tem atuado no combate aos incêndios florestais desde março, quando foi lançado o Plano de Ação contra o Desmatamento Ilegal e Incêndios Florestais em Mato Grosso. O governador Mauro Mendes decretou situação de emergência por conta dos incêndios florestais. O decreto tem como objetivo dobrar a estrutura para combater os incêndios florestais, uma vez que possibilita contratações em caráter de urgência.

Leia Também:  Ulysses Moraes percorre Transpantaneira para ver a situação na região

Já foram mais de R$ 22 milhões investidos em recursos próprios, contando com 40 equipes espalhadas por todo o estado para o combate ao fogo, seis aeronaves, três helicópteros e mais de 2500 profissionais envolvidos, desde bombeiros militares, voluntários, integrantes da Defesa Civil e do Exército.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA