POLÍTICA MT

Cerca 425 servidores penitenciários devem ser testados para Covid-19 até sexta-feira (11)

Publicados

em


.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Adjunta de Administração Penitenciária (SAAP), iniciou, nesta terça-feira (08.09), a segunda fase de testagem em massa dos servidores que trabalham nas unidades prisionais. Até sexta-feira (11.09), cerca de 425 profissionais da Penitenciária Central do Estado (PCE) e da Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May serão testados.

Uma equipe de saúde está trabalhando dentro da unidade da PCE. O servidor faz o teste e em alguns minutos recebe o resultado. Em caso de positivo, o profissional é afastado de suas funções e, posteriormente, é encaminhado para fazer os exames para detectar a presença ou não do vírus.

O secretário adjunto de Administração Penitenciária, Emanoel Flores, reforçou o empenho dos gestores em buscar atendimento eficaz não só na Capital, mas também no interior Estado.

“Em Cuiabá, está sendo feito nas unidades, em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT). Já no interior, ocorre em conjunto com as Secretarias Municipais de Saúde, iniciativas que vêm contemplando 100% dos servidores do Sistema Penitenciário”, frisou.

Leia Também:  Sesp realiza novo leilão de veículos e sucatas na quarta-feira (30)

Testagens e casos confirmados

Dados da Superintendência de Política Penitenciária, levantados até o dia 07 de agosto, apontam que 92 servidores aguardam resultado do exame. No período foram 341 casos confirmados, 597 testados negativos, 240 curados e quatro óbitos.

A coordenadora de Aplicação, Desenvolvimento, Saúde e Segurança da Superintendência de Gestão de Pessoas da Sesp, Mônica Rodrigues de Sousa, explicou que desde o mês de agosto, uma força tarefa que envolve as unidades de segurança pública, ampliou os atendimentos aos servidores.

“Temos equipes que trabalham todos os dias da semana na Diretoria de Saúde e realizam os testes rápidos para os servidores de Cuiabá e Várzea Grande. No interior, os profissionais também são testados por meio da parceria entre as unidades prisionais e a Secretaria de Saúde do município. Nossa meta é garantir o exame para todos os servidores”, destacou.

A servidora Elizabete Xavier de Lima estava entre os 53 profissionais testados nesta terça-feira. “Em 15 dias é o segundo teste rápido que estou fazendo e os dois foram negativos. Este acompanhamento é muito importante, porque quando saímos do trabalho entramos em contato com a nossa família. Então, é importante se proteger”.

Leia Também:  Serviços oferecidos pela Jucemat ficarão indisponíveis até o dia 30 de setembro

Já o servidor Robson Bosco Ferreira Gomes disse que a ação é validade para prevenção. “Este trabalho é importante, pois evita possível proliferação do vírus e a testagem constante previne os servidores, os familiares e os reeducandos”.

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Luisa Mell: “Tivemos uma conversa muito produtiva de três horas sobre as ações para o Pantanal”

Publicados

em


.

O governador Mauro Mendes recebeu a visita da ativista ambiental Luisa Mell, na tarde desta sexta-feira (25.09), e ouviu as contribuições dela para as ações de resgate aos animais vítimas dos incêndios no Pantanal. Foram definidas ações de curto, médio e longo prazo para reforçar este trabalho.

Luisa Mell afirmou ter saído “muito contente” da reunião, que também contou com a participação da deputada federal Rosa Neide; do deputado estadual Carlos Avalone e do suplente de deputado Sargento Vidal; dos secretários Alexandre Bustamante (Segurança Pública) e Mauren Lazzaretti (Meio Ambiente); e do comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Alessandro Borges. 

“Fiquei muito contente, foi uma reunião de 3 horas que trouxe contribuições muito importantes. Uma conversa muito produtiva. Tudo começa com diálogo e ação. Já houve o diálogo, agora vamos nos unir para a ação”, declarou.

Durante a reunião, o governador relatou para Luisa Mell que o Governo de Mato Grosso tem atuado forte no combate aos incêndios florestais desde março, com várias frentes de trabalho, quando foi lançado o Plano de Ação contra o Desmatamento Ilegal e Incêndios Florestais em Mato Grosso. Além disso, criou o Posto de Atendimento aos Animais Silvestres do Pantanal, que resgata os animais atingidos pelos incêndios ou que estão fugindo das áreas queimadas. 

Leia Também:  Governo do Estado distribui 2,5 mil cestas básicas e cobertores para moradores do Ribeirão do Lipa

Já foram mais de R$ 22 milhões investidos de recursos próprios, contando com 40 equipes espalhadas por todo o estado para o combate ao fogo, sete aeronaves, três helicópteros e mais de 2500 profissionais envolvidos, desde bombeiros militares, voluntários, integrantes da Defesa Civil e do Exército. O Governo de Mato Grosso, neste ano, já aplicou mais de R$ 190 milhões em multas por uso irregular do fogo e tem endurecido contra os criminosos, sendo que as multas estão sendo levadas para os órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa, além das implicações criminais.

Mendes agradeceu a ativista e sua equipe por terem se colocado à disposição para ajudar o Governo do Estado nesse trabalho. 

“A Luisa Mell trouxe sugestões, trouxe a proposta de ajuda que recebi com muita gratidão. Muitas pessoas criticam, mas poucas se apresentam para ajudar, trazer sugestões e ajuda, como a Luisa Mell fez. Estamos trabalhando muito, mas precisamos sim de ajuda para evitar que em qualquer canto de Mato Grosso aconteça esses acidentes que envolvem o nosso Meio Ambiente”, ressaltou.

Leia Também:  Sesp realiza novo leilão de veículos e sucatas na quarta-feira (30)

Como saldo da reunião, foram reforçadas várias atividades, como o envio emergencial de mais dois carros-pipa, um caminhão de 30 mil litros de capacidade, duas camionetes de 5 mil litros e seis camionetes de 500 litros, além de outras camionetes para distribuição de alimentos.

Também está sendo viabilizada uma unidade móvel para atendimento dos animais silvestres e a construção de 10 pontes na Transpantaneira para facilitar o tráfego e logística de combate aos incêndios.

Ainda foram debatidas ações conjuntas a médio e longo prazo, como o aprimoramento da legislação; campanhas de conscientização nas escolas; programas de capacitação para fomento e crescimento do ecoturismo e articulação junto a operadoras de telefonia para investimentos em comunicação na região.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA