POLÍTICA MT

Ciopaer capacita militares do Corpo de Bombeiros para atuarem no combate a incêndios florestais

Publicados

em

O Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), ministrou instruções de combate a incêndios florestais com apoio de helicópteros durante o 3° Estágio de Operações Helitransportadas do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso.

A capacitação, que encerrou nesta quarta-feira (25.05), contou com a participação de nove integrantes do Corpo de Bombeiros do Estado e dois de Mato Grosso do Sul. As instruções foram realizadas no hangar do Ciopaer, na Lagoa Trevisan e na região do Coxipó do Ouro.

Durante as atividades, os alunos foram ambientados com relação ao emprego das aeronaves nesse tipo de missão e puderam aprender técnicas de embarque e desembarque, transporte emergencial de combatentes de várias formas, bem como, compreenderam de que forma devem solicitar o apoio dos helicópteros nesse tipo de emprego.

O capitão do CBM-MT, Felipe Mançano Sabóia, reconheceu a importância das práticas conjuntas entre as instituições. “É um treinamento de extrema importância para o sucesso das operações de combate a incêndio no estado e capacitação dos nossos militares”, disse.

Leia Também:  Declarações de Ten. Cel da PM Marcos Paccola deixa sociedade perplexa e coloca em jogo a tese de que a PM MT é guardiã da Sociedade

O coordenador do Ciopaer, tenente-coronel Lima Júnior, enfatizou que a unidade especializada possuí característica de estar presente e ajudar a sociedade em uma gama muito grande de missões, tendo em vista que as aeronaves podem ser utilizadas de maneiras bastante versáteis.

“Para o Ciopaer, é uma honra atender as instituições do nosso Estado e, indiretamente, a nossa sociedade. No caso das instruções ao Corpo de Bombeiros, é imprescindível que possamos trabalhar em conjunto visando mitigar os efeitos das queimadas no nosso estado”, destacou.

Fonte: GOV MT

POLÍTICA MT

Sexto episódio do “Palco pra 2” traz novos nomes da cena musical de MT

Publicados

em

Foto: DIVULGAÇÃO / ASSESSORIA

O projeto “Palco pra 2” chega ao sexto episódio divulgando artistas autorais de Mato Grosso. Originalidade e encontros musicais marcam as participações de representantes da música popular brasileira produzida em Mato Grosso. Na edição que vai ao ar neste sábado (2), os convidados são Bia Trindade e Heitor Mattos. O programa é exibido às 12h30 e 18h30, com reprises nos seguintes dias: domingo (11h30 / 21h), terça (12h30 / 22h), sexta (12h30 / 22h).

Beatriz Vitória Trindade Alves ou simplesmente Bia Trindade tem 20 anos de idade, mas já acumula experiência e vivências musicais que a colocam em destaque na cena musical de MT. Bia participou, em 2021, do ‘The Voice Brasil’ (TV Globo) e, em fevereiro deste ano, a artista lançou seu primeiro extended play (EP) intitulado “Sempre quero mais”.

Com músicas que vão desde o pop à bossa nova, a cantora afirma que leva para os palcos muitas verdades por meio das suas composições e a própria busca por sua identidade artística. “Viver da arte e ser identificada por meio dela é meu maior desejo”, afirma.

Leia Também:  Declarações de Ten. Cel da PM Marcos Paccola deixa sociedade perplexa e coloca em jogo a tese de que a PM MT é guardiã da Sociedade

Para marcar esse momento, ela conta, durante a gravação, que trouxe para o palco do programa uma composição nova. “Quis aproveitar essa oportunidade para divulgar uma música nova que estou acrescentando ao repertório e que pretendo lançar em breve”, adiantou animada.

O músico cuiabano Heitor Mattos, de 21 anos, é outro nome que desponta como referência por sua sonoridade e composições. “Gosto de experimentar muitas coisas diferentes, timbres e ritmos. A banda que me acompanha me ajuda a criar com autenticidade e ir colocando uma identidade às composições”, revela.

Suas produções autorais já ocuparam diversos palcos da capital e consolidou seu trabalho musical. “Estar no palco é dos momentos mais importantes e precisa ter muita sintonia com a banda para entregar ao público a arte que fazemos”, avalia.

Sobre a participação no projeto, Heitor considera importante a oportunidade e as parcerias que ele proporciona. “É um privilégio poder subir nesse palco e dividir o meu som, que é único, com a arte de outra artista autoral e que admiro muito”, afirma.

Leia Também:  Boião: Programa Cuiabá de Prato Cheio é lançado na capital do Estado com a distribuição de 26 mil refeições por mês

Fonte: ALMT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI