POLÍTICA MT

Delegado Claudinei garante inclusão digital para projetos sociais da Acadepol

Publicados

em


.

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) viabilizou a instalação de internet banda larga, via Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações (SGDC), à Academia da Polícia Civil de Mato Grosso (Acadepol), em Cuiabá (MT), para atender projetos sociais de inclusão digital para comunidades vulneráveis da região onde está instalada a instituição. Este benefício faz parte do Programa Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac) do governo federal.

Inicialmente, o parlamentar solicitou apoio ao deputado federal José Medeiros (Pode) para realizar a intermediação junto ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações. Com a confirmação positiva por parte do governo federal, Claudinei entrou em contato com o presidente da Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública do Estado de Mato Grosso (Feconseg) para intermediar e apontar as principais instituições que necessitam dos recursos tecnológicos de informação e comunicação.

Para o deputado Claudinei é importante diminuir o analfabetismo digital e proporcionar tecnologia de ponta para os munícipes de Mato Grosso. “Com este programa vamos promover a inclusão digital para o público em estado de vulnerabilidade, proporcionando a capacitação e oportunizar para que possam ser inseridos no mercado de trabalho. Agradeço o apoio do Medeiros e a Feconseg que buscamos atuar fortemente com a sociedade civil organizada”, agradece o parlamentar.

Leia Também:  Deputado viabiliza a aquisição de medicamentos para tratamento da Covid-19 para Rondonópolis

“O deputado Claudinei entrou em contato com a Federação e, imediatamente, mapeamos alguns pontos de vulnerabilidade social, onde não tem conexão de Internet e indiquei algumas instituições que possivelmente podem ser contempladas com o Programa Gesac. Inicialmente apontamos a Acadepol devido aos projetos sociais que desenvolvem na instituição”, explica o presidente da Feconseg, Danillo Moraes.

Acadepol 

De acordo com o investigador da Polícia Judiciária Civil do Estado de Mato Grosso (PJC-MT), Ademar Torres de Almeida, a Academia de Polícia conta com uma sala de informática ampla com 20 computadores – podendo ampliar até para mais de 30 equipamentos. “Na academia tínhamos uma internet limitada. Vamos poder formar turmas e ofertar o curso de informática básica. Agora, conseguiremos um atendimento para a comunidade São João Del Rey e região que são carentes. Assim, com a inclusão social, o público atendido vai sair com currículo e certificado para ser inserido no mercado de trabalho”, explica o policial.

Ele que é responsável pelos projetos sociais de prevenção da polícia civil e faz parte da Coordenadoria da Polícia Comunitária da PJC-MT, conta que além deste benefício há o interesse de oportunizar outros projetos e formar parcerias com instituições. “Temos que esperar este período da pandemia da Covid-19 e esperamos no ano que vem possamos promover estes cursos de informática. Agradeço a parceria por meio da Feconseg e por indicação do deputado estadual Delegado Claudinei que fomos beneficiados com internet a nível banda larga via satélite”, salienta Ademar.

Leia Também:  A Lei Aldir Blanc e seu significado

Gesac – O Gesac é um programa de inclusão digital do governo federal, coordenado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações que oferece recursos digitais e capacitação por meio de uma plataforma de rede, serviços e aplicações em todo o território brasileiro. O público alvo são órgãos públicos e regiões de difícil acesso e isolados.

Fonte: ALMT

Propaganda

POLÍTICA MT

Campanha liderada pela primeira-dama atende famílias assistidas pela Associação Espírita Wantuil de Freitas

Publicados

em


Liderada voluntariamente pela primeira-dama Virginia Mendes, a campanha “Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus” beneficiou, na manhã dessa quarta-feira (30.09), mais de 500 famílias assistidas pela Associação Espírita Wantuil de Freitas. Foram entregues 200 cestas básicas contendo alimento e kits de produtos de limpeza e higiene pessoal.

A Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), pasta que executa a ação, foi representada pelo assessor especial Thiago Campelo. Na ocasião ele enfatizou o objetivo da iniciativa que é continuar atendendo pessoas que se encontram em situação de risco.

“Atendendo ao pedido da primeira-dama, temos buscado retornar aos locais que já entregamos porque sabemos que as necessidades são diárias e que eles precisam desse suporte do Estado para continuar auxiliando as famílias”.

A representante da Associação, Yara Coutinho, destacou a importância do trabalho social para o desenvolvimento das atividades prestadas na instituição. ” Nós trabalhamos com as pessoas carentes ao redor do bairro e que, no momento, mais sofrem com toda essa situação. A realização desse trabalho só é possível por conta de ações como essas”, comentou.

Leia Também:  Serviços oferecidos pela internet marcam os avanços da Jucemat

Maria da Silva, 79 anos, uma das voluntárias nas Obras Sociais disse que é a terceira vez que recebe ajuda com cesta básica. ” Essa ajuda é muito boa, eu ainda tenho aposentadoria que aperta mas dá, agora aqui tem gente que não tem onde recorrer. Agradeço em nome de todos”.

Assistida pela instituição, Katia Regina contou que, desempregada, tem conseguido manter o sustento da família por meio de doações.  “Agradeço muito por vocês sempre lembrarem da gente. Recebo bolsa família, mas as despesas são altas e sempre preciso de ajuda”.

Fundada em 1995, a Associação Espírita Wantuil de Freitas é uma entidade filantrópica que atua na implementação de obras sociais, atendendo comunidades carentes com objetivo de proporcionar condições de evolução moral, intelectual e profissional para a construção de um mundo melhor.

Atualmente a Associação realiza diversos atendimentos incluindo o terapêutico, entregas de sopa, apoio fraterno, cursos profissionalizantes, evangelização com crianças e jovens.  Além dos trabalhos locais, a organização dá assistência a várias casas espíritas do Estado, entre elas Associação Espírita de Obras Sociais Nympho Corrêa.

Leia Também:  Cartilha orienta formas de arrecadação para Fundo Penitenciário

Os moradores dos bairros Bela Vista e João Bosco Pinheiro também foram contemplados com a ação solidária. Os donativos foram repassados pelo secretário-adjunto de Assuntos Comunitários da Setasc, Édio Martins. “Sabemos que o índice do desemprego aumentou e diante disso estamos percorrendo várias regiões para garantir a segurança alimentar das famílias que precisam da nossa ajuda”, pontuou.

“Neste período de pandemia muitas famílias estão precisando desse apoio, são pessoas que não tinha o que comer. Em nome dos moradores agradecemos por esse importante apoio”, comentou Juscilene Xavier líder comunitária do bairro Bela Vista.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA