POLÍTICA MT

Deputado Claudinei destaca obras da Escola Técnica Estadual de Primavera do Leste

Publicados

em


.

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

A retomada da construção da Escola Técnica Estadual (ETE) de Primavera do Leste (MT) já gera boa expectativa por parte da população da região. Essa demanda vai ao encontro do requerimento de n.º 197/2019 do deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) que buscou obter informações pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação de Mato Grosso (Secitec) em relação a conclusão da obra que estava paralisada desde março de 2018.

Segundo o parlamentar, os vereadores Juarez Faria Barbosa (PDT), Ivanir Maria Gnoatto (PDT) – conhecida por Dona Iva – e Carmen Betti de Oliveira (PSC) do município haviam entrado em contato com ele, ano passado, para solicitar este apoio e articulação com o Secitec para verificar o motivo da edificação estar paralisada.

“Ver o movimento dos maquinários e operários neste momento é uma satisfação não só da minha parte, como, também, dos vereadores e dos munícipes de Primavera do Leste. As informações que eu havia recebido era que a obra parou devido o rompimento de contrato com a empresa executora. Quando concluída e em funcionamento será uma instituição que vai proporcionar qualificação e oportunidades no mercado de trabalho para a população do município e região”, comenta Claudinei.

Leia Também:  Luisa Mell: "Tivemos uma conversa muito produtiva de três horas sobre as ações para o Pantanal"

Escola Técnica

Para a vereadora Dona Iva, Primavera do Leste é uma região que necessitava desta escola técnica para atender os jovens do município e região. “É uma obra que podia estar pronta há muitos anos atrás. É o que a população almeja. Nós precisamos de políticos que não só prometem. Admiro o trabalho do Claudinei e acompanho ele e está de parabéns. Tem que ter político como ele que vai e cobra o governo do estado”, posiciona a parlamentar.

Com investimento de cerca de R$ 9 milhões, a ETE de Primavera do Leste seguirá o modelo padrão proposto pelo Ministério da Educação (MEC) e terá capacidade para atender uma média de 1,4 mil estudantes. A área total construída será de cerca de 5,5 mil m² que vai incluir 12 salas de aulas, 11 laboratórios, biblioteca, refeitório, ginásio de esportes com cobertura e auditório.

 

Fonte: ALMT

Propaganda

POLÍTICA MT

Domingo (27): Mato Grosso registra 120.641 casos e 3.400 óbitos por Covid-19

Publicados

em


.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (27.09), 120.641 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 3.400 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 267 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 120.374 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 15.514 estão em isolamento domiciliar e 101.010 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, 247 internações em UTIs públicas e 248 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 58,81% para UTIs adulto e em 28% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (23.535), Várzea Grande (8.947), Rondonópolis (8.766), Lucas do Rio Verde (5.459), Sorriso (5.127), Sinop (5.078), Tangará da Serra (4.873), Primavera do Leste (3.948), Cáceres (2.796) e Campo Novo do Parecis (2.676).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Estado decreta novas regras para funcionamento de bares, cinema e esporte

O documento ainda aponta que um total de 96.444 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 751 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

No último sábado (26), o Governo Federal confirmou o total de 4.717.991 casos da Covid-19 no Brasil e 141.406 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 140.537 óbitos e 4.689.613 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de domingo (27).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Seduc quer saber opinião dos pais sobre retorno das aulas presenciais

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA