POLÍTICA MT

Diretor da Politec diz que não há previsão para nomeação de aprovados em concurso

Publicados

em


.

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) presidiu a sexta reunião extraordinária da Comissão de Segurança Púbica e Comunitária da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), nesta terça-feira (1), que debateu sobre os trabalhos desenvolvidos pela Perícia Oficial e Identificação Técnica de Mato Grosso (Politec). O acontecimento contou com a presença do diretor geral da instituição, Rubens Okada, para passar as informações sobre os trabalhos e projetos realizados pela instituição.

“É uma gama de atividades dentro da Politec. Ela é basicamente dividida em quatro atividades que são a identificação técnica, a medicina legal, a criminalística e o laboratório forense. Hoje, estamos em 14 pólos regionais espalhados por todo o estado de Mato Grosso”, explicou o diretor-geral. 

Concurso –  Delegado Claudinei questionou Okada sobre o concurso público para formação de cadastro de reserva aos cargos de papiloscopista e técnico em necropsia, ocorrido em 2017, onde foram oferecidos um total de 135 vagas e somente tiveram 48 nomeações.

“Em relação ao chamamento do concurso, estamos impedidos pela LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal). A gente só pode repor os cargos por vacância, em casos de morte, exoneração e aposentadoria. Todo ano fazemos um balanço para nomeação dos profissionais com as vagas abertas”, explica o diretor-geral.

Leia Também:  MTI oferta 24 vagas para Jovem Aprendiz

Nova Mutum – Com a visita ao município de Nova Mutum, no dia 27 de agosto, o deputado tomou conhecimento sobre a construção de um prédio da Politec no município. De acordo com Okada, no início do ano foi feita uma tratativa com o prefeito em exercício para ver se conseguia uma parceria para consolidar e viabilizar este projeto. Com a pandemia da Covid-19, ele explica que não obtiveram mais retorno sobre a questão.

“A única regional que está em nosso planejamento e não conseguimos estar presentes foi Nova Mutum. É um ponto importante, pois está a 250 km de distância de Sinop e, também, de Cuiabá, e 220 km de Tangará da Serra. Já está em nosso radar para tomarmos as devidas medidas e providências administrativas”, esclareceu Rubens Okada.

“Nova Mutum é um município estratégico para os peritos criminais. Infelizmente, tem uma rodovia que já virou uma estrada da morte. Muitas pessoas perdem a vida todas as semanas e os peritos acabam tendo que se deslocar para Sorriso. Isso, claro, acaba atrasando ainda mais os trabalhos do servidor devido ao grande fluxo de caminhões no trajeto. Há essa necessidade de peritos também, além da nomeação dos aprovados para técnico de necropsia e papiloscopista”, enfatizou o parlamentar.

Leia Também:  Comissões permanentes fazem reunião conjunta para analisar projetos da área da educação

Dentre as principais atividades desenvolvidas pela Politec incluem exames de corpo de delito e de furtos qualificados, provas e fraudes documentais, identificação civil, com a emissão de identidade, identificação dos cadáveres, medicina legista, entre outras.

A Politec conta com unidades nos municípios de Alta Floresta, Guarantã do Norte, Sinop, Sorriso, Confresa, Água Boa, Barra do Garças, Rondonópolis, Primavera do Leste, Alto Araguaia, Pontes e Lacerda, Cárceres, Juína, Tangará da Serra, Cuiabá e Várzea Grande.

Fonte: ALMT

Propaganda

POLÍTICA MT

Unidades penais do Estado recebem furgões para transporte de reeducandos

Publicados

em


.

Nove unidades penais receberam veículos furgões para transporte de reeducandos. A solenidade de entrega foi realizada na sexta-feira (25), na sede da Coordenadoria de Ensino e Aperfeiçoamento do Servidor Penitenciário (Ceasp), em Cuiabá. O ato também marcou o Dia do Servidor Penitenciário.

Os furgões foram doados pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen). Cada veículo já vem com câmera de videomonitoramento instalada no interior e têm capacidade para transportar oito recuperandos, além da equipe de policiais penais. As unidades que foram contempladas estão sediadas nos municípios de Cuiabá (4), Sinop (2), Várzea Grande (1), Rondonópolis (1) e Água Boa (1).

Na capital, os veículos foram entregues para a Penitenciária Central do Estado (PCE), Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), Gerência de Custódia Metropolitana e Serviço de Operações Penitenciárias Especializadas (SOE).

Outras obras também foram inauguradas nesta sexta-feira: a Sala de Apoio aos Acadêmicos do Sispen “Eutália Cecília da Silva”, um espaço voltado para garantir o aperfeiçoamento profissional dos servidores, a galeria dos gestores anteriores da coordenadoria e, pela manhã, ocorreu o encerramento do curso de equoterapia, oferecido aos servidores do Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Campus da Agronomia e Zootecnia.

“É uma satisfação imensa celebrar esta data com entregas tão importantes. A realização de hoje é um projeto que começou em agosto do ano passado, data que assumi a coordenadoria. Estas ações fazem parte do programa de valorizar o servidor. Neste ato também queremos agradecer a todos que atuaram como gestores porque aqui temos um trabalho de continuidade”, enfatizou o coordenador da Ceasp, Rege da Rocha.

Leia Também:  Comissões permanentes fazem reunião conjunta para analisar projetos da área da educação

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, enalteceu os servidores pelo trabalho prestado. “Estamos comemorando hoje o aniversário do servidor do Sistema Penitenciário e com essa comemoração a gente está melhorando a estrutura aqui da Escola Penitenciária com a inauguração da biblioteca com o nome de uma servidora que trabalhou muito tempo com a gente. Além disso, a inauguração também da galeria dos ex diretores, um marco para a história que fica guardado e mais a entrega de nove viaturas que vão ser distribuídas na nova unidade do Estado para melhorar o atendimento. E o melhor que tem de tudo é dar parabéns aos servidores, quem têm melhorado a qualidade do atendimento e feito um trabalho de supremacia no Sistema Penitenciário. O Estado agradece e dá os parabéns”.

Já o secretário adjunto de Administração Penitenciária, Emanoel Flores, destacou que todos os avanços obtidos pela categoria são resultados da soma do trabalho de cada servidor penitenciário. “Eu quero parabenizar cada profissional que com afinco e dedicação na sua atuação faz do Estado de Mato Grosso referência nacional em segurança pública.

Além do secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, do adjunto da SAAP, Emanoel Flores, estiveram presentes também a superintendente de Política Penitenciária, Michelli Egues Dias Monteiro, o superintendente regional leste, Anderson Santana da Costa e diretores das unidades penais contemplados com os veículos furgões.

Leia Também:  Projeto destina recursos arrecadados pelo Femam para combate às queimadas em MT

Homenagem

O nome dado a Sala de Apoio aos Acadêmicos do Sispen é uma homenagem a servidora “Eutália Cecília da Silva”, que trabalhou por 18 anos no Sistema Penitenciário. O início desta trajetória de dedicação e resultado começou no ano de 2000, quando foi aprovada no concurso público. Sempre dedicada, a profissional não media esforços para se aperfeiçoar cada vez mais e dar o melhor de si em suas funções.

Eutália começou a carreira na unidade penal feminina Ana Maria do Couto May, em Cuiabá e terminou na Penitenciária Central do Estado (PCE), no ano de 2019, aos 62 anos.

A filha de Eutália, Inês Cecília Felski, agradeceu o reconhecimento. “É uma honra estar aqui. Ela fez diferença no serviço público. Enquanto ela pode, sempre fez o melhor sempre com uma atuação voltada para o humanitário”.

Já o esposo, Ondário João da Silva, falou da alegria com a homenagem. “Minha esposa foi uma heroína. Trabalhou muito e se manteve honesta. Ela amava este trabalho”.

Mato Grosso conta com 48 unidades penais, masculinas e femininas, e cerca de três mil servidores

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA