POLÍTICA MT

Dois Comandos Regionais da Polícia Militar de MT estão com novos comandantes

Publicados

em


.

Dois comandos regionais da Polícia Militar, 6ºCR e 7ºCR, sediados em Cáceres (22km) e Tangará da Serra (239 km de Cuiabá) respectivamente, têm novos comandantes. As posses ocorreram na segunda-feira (14.09).

O 6º Comando Regional está sob o comando do coronel César Augusto de Camargo Roveri. Ele substituiu o tenente-coronel Waldez Moura Tapajós que respondia interinamente pelo comando desde o mês passado, com a saída do coronel José Nildo Silva Oliveira para assumir o Comando do 2º CR de Várzea Grande. O TC Tapajós deve permanecer na função de comandante-adjunto.

Recém-promovido ao último posto da carreira militar estadual, Roveri deixou o comando do 10º Batalhão, em Cuiabá, para ocupar o 6ºCR. Até então, ele que tinha sob sua responsabilidade o policiamento de parte da cidade de Cuiabá, uma área com 55 bairros da capital com 180 mil moradores, agora terá 11 municípios.

Na lista de atuação do 6ºCR estão: Cáceres, Mirassol D’Oeste, Araputanga, São José dos Quatro Marcos, Porto Esperidião, Rio Branco, Curvelândia, Glória D’Oeste, Indiavaí, Lambari D’Oeste, Reserva do Cabaçal e Salto do Céu.

Leia Também:  Homem é preso em Colniza ao atear fogo em mata

Já para o 7ºCR, sediado em Tangará da Serra, o Comando Geral da PMMT designou o coronel Antônio Nivaldo de Lara Filho. Lara, também recém-promovido ao posto de coronel, substituiu o tenente-coronel Wendel Soares Sodré, eu estava no cargo há cerca de um ano.

Lara Filho, que ocupava uma função administrativa no Comando Geral da PMMT, em Cuiabá, no 7ºCR está à frente das ações de segurança, com policiamento ostensivo, em Tangará da Serra, Barra do Bugres, Nova Olímpia, Denise, Porto Estrela, Campo Novo dos Parecis, Sapezal e Brasnorte.

O secretário adjunto de Segurança Pública, coronel Victor Fortes, o comandante-geral, coronel Jonildo José de Assis, o subchefe de Estado Maior e diretor Operacional coronel Wankley Rodrigues, entre outras autoridades civis e militares participaram das solenidades.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA MT

Seciteci divulga nomes dos participantes premiados durante oficina virtual

Publicados

em


.

Nesta sexta-feira (18.09) a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) divulga os nomes dos seis participantes do segundo dia da live do Pint of Milk que ganharam uma camiseta de brinde ao enviarem as perguntas mais criativas durante o evento virtual, que fez parte da programação do Pint of Science, considerado o maior festival internacional de divulgação científica.

O festival acontece em ambientes descontraídos, como bares e restaurantes, porém este ano foi realizado em formtato virtual por conta da pandemia da Covid-19.

O professor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Marcelo Marchiori, apresentou curiosidades sobre o céu mato-grossense e suas diversidades, durante o Pint of Milk realizado na tarde do dia 10 de setembro, no Youtube da Seciteci. 

Na oficina virtual com o tema O céu de Mato Grosso: Uma janela para a Ciência e para o Cosmos, o professor realizou dinâmicas de perguntas e respostas com entrega de brindes para as seis pessoas que elaborassem as perguntas mais criativas.

Após apuração da equipe foram escolhidos os seguintes usuários do Youtube: Izabela Radical, Guilheme Pedroso Pereira, Derek Roosel, Adriana Alves, Camila Oliveira e Juliana Graziela. Eles poderão retirar o brinde na Superintendência de Desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação que fica sede da Seciteci.

Leia Também:  PGE firma termo de cooperação para dar celeridade em cobrança de multas geradas pelo cometimento de crimes

O professor Marcelo ressalta a importância deste evento para a popularização da ciência, principalmente neste momento de pandemia da Covid-19.

“A repercussão foi muito bacana e precisamos fomentar ainda mais estas ações em outros locais, como escolas públicas por exemplo, para ampliar o debate e troca de informações. Acho que neste momento de isolamento social a internet é nossa maior aliada, ela se tornou uma excelente ferramenta para disseminar conhecimento”, diz.

De acordo com a superintendente de Desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação da Seciteci, Lecticia Figueiredo, a meta de realizar uma ponte entre público e cientistas foi alcançada com sucesso, por meio deste evento. 

“Observamos o quanto que a interação social e uma conversa descontraída facilitam o entendimento entre as pessoas e os pesquisadores. Percebemos que a sociedade quer saber mais sobre ciência e os cientistas querem falar mais à sociedade, portanto com certeza o objetivo principal de popularizar a ciência foi atingido”, afirmou. 

Quem quiser ver as perguntas elaboradas pelos participantes e as respostas dadas pelo professor, pode clicar AQUI

História do festival

O Pint of Science surgiu em 2012, no Reino Unido e chegou ao Brasil em 2015, no estado de São Paulo. Neste ano foi realizado simultaneamente em 10 países, integrando cientistas e a comunidade em geral, que se reúnem para expor estudos e discutir resultados de pesquisas de maneira informal em ambientes descontraídos, como bares, restaurantes e Pubs, proporcionando um canal direto de conversa entre os pesquisadores e a sociedade.

Leia Também:  Evento online apresenta Comunicação Não Violenta para resolução de conflitos

A proposta é divulgar conhecimento científico para o público em geral em mais de 100 cidades do mundo. Os principais países envolvidos são: Brasil, Alemanha, Austrália, Áustria, Canadá, Espanha, França, Irlanda, Itália e Reino Unido. No Brasil, pelo menos outras 73 cidades brasileiras vão realizar o evento.

Em Cuiabá foi realizado pela segunda vez, nos dias 08, 09 e 10 de setembro, com a parceria entre a Seciteci, a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Cervejaria Louvada e a agência de publicidade Cria Estúdio. 

Este ano, para atrair participação de crianças e adolescentes, o evento teve uma programação especial, que foi o Pint of Milk, visando estimular curiosidades e futuros estudos na área científica. 

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA