POLÍTICA MT

Em aula online, professor de história aposta em trabalho prático em argila

Publicados

em


As escolas da rede estadual não estão economizando tecnologia e imaginação nas aulas online. É o caso da Escola Estadual Coronel Ondino Rodrigues de Lima, localizada no município de Ribeirão Cascalheira (a 900 quilômetros a leste da Capital) que realizam oficinas em casa na aula de história utilizando a plataforma Microsoft Teams. Por meio de aula remota, os alunos fizeram um exercício prático reproduzindo um fóssil humano. A aula envolveu alunos do 1º ano do Ensino Médio.  

Segundo o professor João Marcos, a aula consistiu na apresentação aos alunos do fóssil Luzia, o mais antigo encontrado na América do Sul, e que ajuda a perceber a história da habitação da América. Por meio do Teams, o professor iniciou um debate, por meio de uma roda de conversa. Em seguida, leu um texto sobre o fóssil.

Na sequencia, cada aluno assistiu ao filme “1492 A Descoberta do Paraíso”. Os estudantes receberam as imagens do fóssil e da estatueta, foram motivados a reproduzir, colocaram as mãos no barro.

Leia Também:  Fiscalização apreende dois mil metros de rede na Baixada Cuiabana

“Essa experiência foi essencial para compreendermos a importância da arqueologia no estudo da história e na construção da nossa identidade”, salienta o professor que ficou satisfeito com o resultado, mostrado pelos alunos pela plataforma e por fotos através do aplicativo WhtasApp.

No entendimento da assessora pedagógica de Querência, Gláucia Galvão Vieira, que atende a escola, mesmo em realidades distantes a quase 1.000 quilômetros da capital é possível fazer a diferença. A assessora lembra que essas práticas são provas que o novo normal é possível, que é possível levar a escola para dentro de casa.

“Nem mesmo uma pandemia fez com que nossos alunos parassem, e eles continuam se reinventando com o recurso que tem. Foi preciso uma situação atípica para aprendermos que a escola não é só prédio, que é possível estudar e trabalhar a distância”, comemora.

Para a assessora pedagógica, o desafio é imenso, mas graças ao envolvimento e comprometimento dos professores, alunos, pais, diretores e coordenadores que os alunos podem aprender neste formato emergencial.

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Drogas são tiradas de circulação em seis bairros de Cuiabá e nove são detidos em flagrante

Publicados

em


Policiais militares de quatro batalhões prenderam nesta sexta-feira (23.10) nove homens por tráfico de droga em seis bairros da capital.

No São João Del Rey, um suspeito foi pego traficando em uma quitinete. Ele ainda tentou disfarçar, mas os militares do 24º BPM perceberam quando passavam de frente ao imóvel. Foram tiradas de circulação porções de maconha, cocaína, ácido bórico, uma balança, plástico filme e dinheiro.

No Nova Conquista, a equipe do 3º BPM foi informada que pessoas estariam traficando droga na região. Em diligência, os policiais perceberam que pessoas correram ao ver a viatura. Foi realizada uma vistoria no terreno onde o grupo estava e encontrado uma barra e meia de maconha, uma balança, uma faca e um rolo de plástico filme. Nenhum suspeito foi localizado.

No Parque Cuiabá, a denúncia apontava um homem que estaria traficando em uma praça no bairro. Suas características físicas e modus operandi foram passadas aos policiais que confirmaram a informação.  Na abordagem, o denunciado carregava uma porção de maconha e R$ 900. Ele alegou ser usuário e o dinheiro seria do auxilio emergencial. Em seu nome constou passagem criminal pelo mesmo motivo.

Leia Também:  Secretária Marioneide deixa pasta da Educação no próximo dia 30; Alan Porto assume

No Santa Izabel, um homem foi preso e um segundo suspeito identificado pelos militares do 10º BPM. Os dois seriam cunhados e traficavam em uma rua do bairro. Os policiais descobriram que a casa onde os homens estavam seria ponto de venda de entorpecente. Quando os agentes chegaram os suspeitos correram, ficando apenas um deles. Foram tiradas de circulação porções de maconha.

A segunda ocorrência atendida pelos militares do 10º BPM foi no bairro José Pinto que resultou na prisão de quatro homens. O grupo foi rendido em uma casa e já na entrada foram encontradas 11 porções entre maconha e pasta base de cocaína.

Na vistoria na casa, os policiais localizaram um pedaço e mais 80 porções menores de maconha já embaladas para venda e dinheiro.

No Jardim Umuarama, dois homens foram detidos pelos policiais do 3º BPM depois de serem pegos com uma porção de maconha. Eles estavam em uma motocicleta e foram parados para abordagem. O garupa era monitorado por tornozeleira eletrônica que estava desligada. Em seu nome constou outras passagens por tráfico de droga.

Leia Também:  "Rodovia asfaltada muda a realidade da população e isso é aplicar bem o dinheiro público", afirma governador em Tabaporã

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA