POLÍTICA MT

Estado transfere 30 leitos de UTI da Santa Casa para o Hospital Metropolitano

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) abriu mais 30 leitos de UTI para o tratamento da Covid-19 no Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, que foram remanejados do Hospital Estadual Santa Casa. A medida faz parte do processo de retomada das cirurgias eletivas, nas unidades de saúde do Estado.

A Santa Casa será uma das primeiras unidades a retomar as cirurgias. Mesmo com a transferência dos leitos, o hospital ainda conta com 20 UTIs exclusivas para pacientes com a Covid-19. 

A medida de remanejamento de leitos na Baixada Cuiabana integra o planejamento de retomada das cirurgias eletivas da rede estadual. Com a reorganização dos leitos, a população não é prejudicada, visto que continua a ser assistida pela mesma quantidade de vagas. De acordo com as equipes técnicas da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), a atualização já constará no boletim desta quinta-feira (29.10).

“A taxa de ocupação na Baixada Cuiabana, seja em Terapia Intensiva ou em enfermaria, atualmente é baixa, fato que nos permite voltar com as cirurgias eletivas. Isso é viável caso a gente consiga desbloquear os leitos específicos de coronavírus do Hospital Estadual Santa Casa. Desta forma, o Hospital Metropolitano seguirá como a principal referência no tratamento da Covid-19 na região da Baixada”, explicou o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Leia Também:  ALMT derruba veto e Arena Pantanal terá cadeiras cativas

Além do remanejamento de leitos, houve o desligamento de 10 leitos pediátricos de UTI no Hospital Estadual Santa Casa, devido à baixa ocupação. O Pronto Socorro de Cuiabá, que oferta 15 leitos desta modalidade, seguirá como referência para o tratamento de crianças com a Covid-19. 

Taxas de ocupação

O Hospital Estadual Santa Casa registrou uma ocupação de 26% na última quarta-feira (28.10). De 50 leitos adultos de UTI, somente 13 estavam ocupados. Atualmente, a unidade opera com 20 leitos de Terapia Intensiva referenciados para o tratamento da Covid-19. 

A taxa de ocupação registrada em leitos pediátricos foi de 12% na última quarta-feira. De 25 leitos de UTI disponíveis, somente 3 estavam ocupados.

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Seduc vai ampliar EJA com Escola Integrada de Educação Básica; Cejas não serão fechados

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) ampliará a modalidade da Educação de Jovens e Adultos (EJA) de Mato Grosso e também do ensino regular. “A afirmação de que haverá o fechamento dos Cejas não é verdadeira. Nós não fecharemos os prédios que hoje atendem os Cejas”, afirma o secretário executivo de Educação, Amauri Fernandes.

Para fortalecer o atendimento, a Seduc transformará dez Cejas em Escolas de Desenvolvimento Integral de Educação Básica (Ediebs), que ofertarão não só a EJA, mas também Ensino Fundamental e Médio regulares. A ação faz parte do reordenamento dos 21 Centros de Educação de Jovens e Adultos (Cejas).

“Faremos a adequação e a melhoria na oferta da EJA. Porque temos hoje no Estado 1,5 milhão de jovens e adultos que não completaram a educação básica. Os 21 prédios dos Cejas atendem 16 mil dessas pessoas. Queremos aumentar a oferta”, reforça o secretário.

A atual gestão da Seduc elevou a atenção ao assunto Educação de Jovens e Adultos ao criar uma Coordenação sobre o tema na estrutura da Seduc.

Ampliação da EJA

Para ampliar a quantidade de matrículas, a Seduc otimizará os espaços disponibilizados nas Ediebs, que atenderão todas as modalidades de ensino e ampliarão a Educação de Jovens e Adultos (EJA) para escolas de ensino regular.

Leia Também:  ALMT derruba veto e Arena Pantanal terá cadeiras cativas

As Ediebs serão instaladas nos espaços em que estão os Cejas, desde que em prédios próprios e com os mesmos profissionais da educação que estavam nos centros.

Da mesma forma, os estudantes de cada Ceja serão transferidos para a respectiva Edieb, sem nenhum prejuízo em suas vidas ou processos educacionais.

“A oferta da Educação de Jovens e Adultos, o EJA, não acabará na rede estadual. Estamos com trabalho na Seduc de reestruturar e adequar espaços dos Cejas, sendo que alguns serão Ediebs. Vamos otimizar os espaços e entregar os prédios alugados”, assegura o secretário de Educação Alan Porto.

Em síntese, a ideia é integrar os alunos trabalhadores com as demais modalidades de ensino, com a ampliação do número de vagas da EJA nas escolas de ensino regular e, ao mesmo tempo, trazer a educação básica para as Ediebs.

Expansão da educação básica

A meta da Seduc para os próximos dois anos é alfabetizar 40 mil jovens e adultos (inclusive do Projeto Muxirum). No ensino fundamental, atender a 50 mil jovens e adultos e, para o ensino médio dessa modalidade, 60 mil trabalhadores. 

Além disso, os locais do Exame Online (quando o aluno faz inscrição por disciplina para uma conclusão rápida, tanto do ensino fundamental como ensino médio), serão ampliados dos atuais 21 locais para 32 opções em todo o Estado. Com mais pontos de Exame Online, a meta é atender 150 mil alunos trabalhadores jovens e adultos nos próximos dois anos.

Leia Também:  CGE e Seplag designan comissão para elaborar programa contra o assédio nos órgãos estaduais

Dez Cejas que serão transformados em Ediebs

15 de outubro – Barra do Bugres
Marisa Mariano – Barra do Garças
Milton Marque Curvo – Cáceres
Cleonice Miranda – Colider
Creuslhi Ramos – Confresa
Almira de Amorim – Cuiabá
Marechal Rondon – Jaciara
Paulo Freire – Nova Mutum
Benedito Silva Freire – Sinop
Licínio Monteiro – Várzea Grande

Cejas que estão em avaliação

Cesário Neto – Cuiabá
José Dias – Juara
Alternativo – Juína
6 de agosto – Pontes e Lacerda
Getúlio Vargas – Primavera do Leste
Alfredo Marion – Rondonópolis
25 de junho – Rosário Oeste
Antônio Casagrande – Tangará da Serra

Alta Floresta e Diamantino funcionam em prédios alugados que serão devolvidos aos proprietários. Os alunos serão redimensionados para escolas próximas.

Em Sorriso, o Ceja Arão Gomes Bezerra, já funciona na Escola Estadual Mário Spinelli.

 

 

 

 

 

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA