POLÍTICA MT

Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá começa na segunda (10)

Publicados

em


Começa na segunda-feira (10.05), em formato virtural, o 20º Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá (Cinemato). A mostra segue até o dia 21 de maio, com exibições diárias de produções vindas de todo o Brasil. Uma live, via canal oficial no YouTube,  marca o início do festival, às 17h30 (horário de MT). 

Depois da cerimônia de abertura, a plateia segue para sala especial na AmazôniaFlix, plataforma em que serão exibidos os filmes das mostras competitivas, de homenageado e hors concours. 

O documentário mato-grossense, “Pi’õ romnha ma’ubumrõi’wa – Mulheres Xavante Coletoras de Sementes”, abre a programação da Mostra Competitiva de Curtas Brasileiros. Na sequência, vem “O buraco”, ficção produzida no  Amazonas.

Logo, é hora celebrar a obra de Geraldo Moraes, cineasta homenageado nesta nova edição do Cinemato. Para marcar a ocasião, será exibido “O homem mau dorme bem”. Geraldo sempre priorizou o Centro-Oeste em suas produções, tanto na escolha de cenários, quanto de elenco. Caso deste clássico filmado em Mato Grosso.

Assim como o filme de Geraldo Moraes, tem produção de Cláudio Assis, em mostra fora de competição, para arrematar o primeiro dia de Cinemato. O atualíssimo “Piedade”, ainda em difusão pelo circuito de festivais, será apresentado à plateia mato-grossense e também de todo o mundo.

Na terça-feira (11.05), a partir das 18h (horário de MT), na Amazônia Flix, serão exibidos pela mostra de curtas, “Noite de Seresta”, de Sávio Fernandes (CE) e “Seremos Ouvidas”, de Larissa Nepomuceno (PR). Na sequência, tem a estreia do documentário “Mata Grossa”, de Tati Mendes e Amauri Tangará (MT).

Leia Também:  Vereador apresenta balanço das indicações realizadas no primeiro semestre

Entre os dias 10 e 15 de maio toda a programação é hospedada na AmazôniaFlix. Nos dias subsequentes, as mostras paralelas e temáticas serão transmitidas via YouTube. Todo dia, às 16h30 (horário de MT), tem debate com realizadores dos filmes exibidos na noite anterior, sob a mediação do jornalista Lorenzo Falcão.

A programação e links de acesso podem ser consultados diariamente no site oficial: www.cinemato21.com.br.

24 horas para assistir

Idealizador do festival que completa 20 anos de atividade, Luiz Borges explica que diante da situação de pandemia e em sintonia com os grandes festivais brasileiros que ocorrem durante o período, todo dia tem filme novo com prazo de até 24 horas para ser assistido.

“Completamos duas décadas em um momento totalmente novo. Sentimos falta do calor da plateia e dos realizadores, mas a conexão via internet proporciona uma ampliação de público para além das fronteiras mato-grossenses. Isso é um alento”.

Luiz, que também é cineasta e pesquisador do cinema, considera esta edição divisora de águas quando se fala em representatividade.

“Acompanhando o período de efervescência do cinema produzido em Mato Grosso teremos um número muito maior de realizadores daqui participando. Para um festival que historicamente batalhou pela formação de plateia para o cinema brasileiro e capacitação de profissionais locais, esse é um momento de coroar os nossos talentos”.

Leia Também:  Setasc realiza webinário para discutir ações sobre o Agosto Lilás

Telefilmes, séries, curtas e longas de Mato Grosso terão o Cinemato como primeira vitrine: são sete longas inéditos na mostra competitiva e três telefilmes de realizadores mato-grossenses na mostra informativa, também inéditos ao grande público.

Mais dias de festival

O festival tem nova data porque entre os dias 7 e 12 de abril, a situação de pandemia havia se agravado em Mato Grosso. Para preservar a equipe técnica que viabilizaria a produção, optou-se por suspendê-lo.

“Mas agora, ele espichou”, diverte-se Luiz Borges. “Ganhamos mais seis dias de festival a contar com a noite de encerramento e entrega de troféus, quando serão conhecidos os filmes vencedores das mostras competitivas”.

Realizadores concorrem nas categorias Melhor Curta-Metragem Brasileiro e Melhor Longa-Metragem, pelo Júri Popular e Oficial.

O artista Caio Mattoso será apresentador das cerimônias de abertura e encerramento do evento selecionado em edital da lei Aldir Blanc, realizado pelo Governo de Mato Grosso via Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer (Secel-MT) e em parceria com o Governo Federal via Secretaria de Cultura do Ministério do Turismo.

Serviço

20º Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá (Cinemato)

Data: 10 a 21 de maio

Programação completa: www.cinemato21.com.br 

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Secretário destaca esforço dos profissionais para retorno das aulas em MT

Publicados

em


As 728 escolas estaduais de Mato Grosso retomam as atividades, na modalidade híbrida, nesta terça-feira (03.08). Para marcar o fim do recesso escolar e o início do segundo semestre, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) e a prefeitura de Várzea Grande realizaram uma live na manhã desta segunda-feira (02.08). Amanhã, o acolhimento aos profissionais será com uma live transmitida ao vivo pelo canal da Seduc-MT no YouTube.

“Hoje é um dia histórico. Com esforço de todos os profissionais da educação, pensando no que o estudante realmente precisa neste momento, retomaremos as atividades. Neste 1 ano e 4 meses com os alunos longe das salas de aulas, os professores se desdobraram para desenvolver as atividades. Mas a ciência já demonstrou que o ambiente escolar é seguro e nossas escolas estão preparadas. Vamos iniciar o processo de recuperação da aprendizagem”, destacou o secretário de Educação, Alan Porto.

O secretário agradeceu o esforço de todos os profissionais da educação. “Professores, equipes gestoras, técnicos, apoios. Nosso sentimento, por todos vocês, é de gratidão por trabalharem muito para que este dia acontecesse da melhor forma possível”.

Retorno confirmado

A partir da quarta-feira (04.08), os alunos começam a voltar para as escolas, em sistema de revezamento que segue planejamento de cada unidade escolar. É o momento de conhecerem a escola, a nova rotina, como vão funcionar os protocolos de biossegurança que garantem o retorno seguro.

Diretora da Escola Estadual Professora Arlete Maria da Silva, em Várzea Grande, Maria Fernanda Pacelli de Miranda Gazeta afirma que a unidade está 100% pronta para o retorno híbrido. Na unidade, 78% dos estudantes voltam para o sistema de revezamento.

“Nesta terça e quarta-feira vamos nos reunir com os pais, detalhar todo o planejamento e já vamos entregar as máscaras. Na quinta e sexta receberemos os alunos em sistema de revezamento. Preparamos uma semana de orientação para as aulas iniciarem, efetivamente, na próxima semana”, explica a diretora.

Leia Também:  Seciteci abre inscrições para a XIII Mostra Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação

Maria Fernanda afirma que a expectativa dos profissionais é grande para o retorno. “A maioria dos profissionais, na Escola Arlete Maria da Silva, está ansiosa pelo retorno. Minha equipe faz educação por amor e a gente sabe que a escola, sem o coração batendo, que são as crianças, é uma escola morta. Estamos bem ansiosos com o retorno, preparados e muito felizes com este momento”.

Na Escola Estadual Dr. Mário de Castro, no bairro Pedra 90, em Cuiabá, a expectativa também é grande. A diretora, Francislene Goya, explica que os alunos voltam na quarta e quinta-feira com acolhimento, seguindo orientações da Seduc. Apenas 139 estudantes, dos 1.891 matriculados, vão ficar na modalidade não presencial.

Para os estudantes da unidade a expectativa é ainda maior, já que vão conhecer o novo prédio, inaugurado em março deste ano. Trata-se de um modelo padrão e será a primeira escola a adotar o programa Profissão 4.0.

Assim como a Arlete Maria e a DR. Mário de Castro, todas as outras escolas de Mato Grosso receberam recursos do governo para adequarem a estrutura física e tecnológica, comprar materiais de biossegurança e higienização e iniciar o planejamento pedagógico para recuperar a aprendizagem dos estudantes. Uma força-tarefa da Seduc, na semana passada, fez os últimos ajustes em algumas unidades que ainda tinham algum ponto pendente.

Live acolhimento

A live que marca o fim do recesso escolar e o início do segundo semestre na rede estadual de ensino foi realizada na Igreja Batista Nacional (IBN), no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande.

O secretário de Educação de Várzea Grande, Silvio Fidelis enfatizou que o planejamento para o retorno das aulas na rede municipal, que também ocorre nesta terça-feira de forma híbrida, já começou há meses. “Tenho certeza que o retorno será seguro. Neste mês, já começamos a aplicar a segunda dose da vacina contra a Covid-19 nos profissionais da educação. Fazemos uma gestão com segurança e responsabilidade”.

Leia Também:  Vereador apresenta balanço das indicações realizadas no primeiro semestre

O prefeito kalil Baracat fez questão de enfatizar que todas as medidas necessárias de biossegurança foram tomadas, mas enfatizou que se o quadro da pandemia sofrer alteração, as aulas podem ser suspensas a qualquer momento. “Mas temos convicção na segurança deste retorno e nossas crianças não podem mais esperar”.

Monitoramento diário

O secretário Alan Porto reforçou a importância do retorno também na rede municipal, destacando que as crianças em fase de alfabetização foram as mais prejudicadas pela pandemia. “Nossos desafios, para recuperar a aprendizagem, são imensos e vocês, profissionais da educação, sabem muito bem do que estou falando. E mais do que isso, vocês sabem fazer a educação no chão da escola e o quanto ela é importante”.

Alan Porto também reforçou que a Seduc, em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde, vai monitorar diariamente o retorno na modalidade híbrida para que a segurança dos profissionais e estudantes esteja garantida.

“Foram meses de planejamento. O Governo do Estado investiu mais de R$ 170 milhões para este retorno. Seguindo todos os protocolos e planos de contingência já definidos, vamos fazer o retorno seguro. Precisamos que nossos estudantes estejam dentro da escola ou corremos o risco de condenar uma futura geração. O compromisso do Estado e dos profissionais da educação é com mais de 393 mil estudantes. Vamos juntos fazer o que mais entendemos, fazer educação”.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA