POLÍTICA MT

Gefron apreende mais de 250 quilos de drogas em Porto Esperidião

Publicados

em


.

O Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) apreendeu, na madrugada desta quarta-feira (16.09), no município de Porto Esperidião (a 322 km ao Oeste de Cuiabá), mais de 250 quilos de drogas. Uma pessoa com passagem criminal por tráfico de drogas foi presa. Pelo montante apreendido, o prejuízo calculado ultrapassa R$ 4 milhões.

Por volta da duas horas da madrugada, na BR 174, os policiais do grupamento avistaram um grupo que caminhava as margens da rodovia. Ao fazer a aproximação, os homens adentraram em uma caminhonete. De imediato, foi solicitada a parada para abordagem, contudo, os mesmos revidaram e atiraram contra os policiais e fugiram a pé.

Um dos suspeitos, que saltou do veículo e tentou esconder na região de mata foi recapturado. Durante buscas pelo local foram encontrados 11 sacos cheios de substância análoga a pasta base de cocaína, que estavam separados em tabletes. Além dos entorpecentes, o veículo, modelo Hilux, foi apreendido. Os outros suspeitos conseguiu fugir e a polícia continua as buscas

Leia Também:  Pantanal de MT: com 80% do bioma preservado, turistas buscam belezas da região

Diante dos fatos o suspeito e toda materialidade foram encaminhados para a Delegacia Especial de Fronteira (Defron), em Cáceres.

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Nova lei facilita a vida de clientes na hora de pagarem suas contas

Publicados

em


Nova lei é de autoria do deputado Valdir Barranco

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

Já está em vigor no estado de Mato Grosso a Lei 11.215/2020, de autoria do deputado estadual Valdir Barranco (PT). Ela determina que lojas e magazines disponibilizem em seus sites todas as faturas de compras ou boletos digitais de seus clientes durante o estado de calamidade pública decretado pelo governo em decorrência da pandemia do  novo coronavírus.

A nova obrigação legal facilita a vida dos consumidores no que tange ao pagamento de compras efetuadas por meio de cartões fidelidade ou carnês. Ela vale enquanto estiver em vigor o Decreto 424, de 25 de março de 2020, prorrogado pelo Decreto 523, de 16 de junho de 2020. Ambos declaram estado de calamidade pública em Mato Grosso em decorrência do enfrentamento à Covid-19.

“As empresas descritas nesta lei poderão enviar as faturas ou boletos digitais para os e-mails dos clientes cadastrados, sem que a medida anule a obrigatoriedade disposta neste artigo”, destaca o parágrafo único da nova lei, em vigor desde o dia 28 de setembro, quando foi publicada no Diário Oficial do estado.

Leia Também:  Projeto cria a Semana Estadual de Conscientização, Prevenção e Combate à Prática de Queimadas em MT

O teor da lei pode ser conferido aqui

Fonte: ALMT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA