POLÍTICA MT

Governo honra compromissos e repassa mais de R$ 204 milhões aos Fundos Municipais de Saúde

Publicados

em


.

O Governo de Mato Grosso segue priorizando a Saúde e está com os repasses totalmente em dias com os municípios do Estado. Entre janeiro e julho deste ano, já foram transferidos, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), R$ 204.282.748,9 aos Fundos Municipais de Saúde para a manutenção de programas e serviços prestados à população.

O secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, destaca que mesmo este sendo um ano atípico, devido à pandemia pela Covid-19, a atual gestão continua com o projeto de consertar Mato Grosso e desenvolve as ações de combate ao vírus mantendo a frequência dos repasses habituais aos municípios do Estado. 

“O Governo do Estado mantém a rigorosidade nos repasses junto aos Municípios, daquilo que é de sua responsabilidade, e faz um grande esforço para assegurar o pagamento de recursos, a fim de garantir os serviços aos pacientes do Sistema Único de Saúde”.

De acordo com as informações da Secretaria Adjunta de Aquisições e Finanças da SES, em 2020, foram transferidos R$ 62.707.000,00 para Ação Hospitalar, R$ 36.476.644,00 para Atenção Primária e R$ 35.508.771,91 para Alta Complexidade. Os dados ainda apontam um repasse na ordem de R$17.015.703,94 para hospitais contratualizados e R$ 14.400.087,79 para consócios de saúde que administram três hospitais regionais. 

Leia Também:  Saúde estadual quer conhecer perfil dos médicos e possibilidades de atuar no combate a hanseníase

A SES também realizou os pagamentos para o custeio de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) no valor de R$ 12.246.325,00, ao Programa de Incentivo a Assistência Farmacêutica na Atenção Básica e Programa Diabetes Mellitus na ordem de R$ 5.670.807,99 e para o Programa de Apoio ao Desenvolvimento e Implementação dos Consórcios Intermunicipais de Saúde (Paici) no valor de R$ 5.405.035,09

Outros repasses

Os pagamentos ainda incluem a transferência de R$ 5.045.238,97 para Unidades Filantrópicas; de R$ 3.089.333,37 para toracotomia; de R$ 2.630.000,00 ao Programa de Incentivo à Regionalização das Unidades de Reabilitação, Hemoterapia e Saúde Mental; de R$ 2.326.312,59 ao Serviço de Atendimento Móvel (Samu); de R$ 1.314.354,25 de incentivo a estruturação serviços municipais de Vigilância Sanitária; de R$420.000,00 destinados aos Ambulatórios de Atenção Especializada Regionalizado em Hanseníase e de R$ 27.134,02 à Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade no Sistema Prisional (PNAISP).

Os recursos são transferidos pela SES e repassados aos Fundos Municipais de Saúde, que efetivam os pagamentos por serviços executados pelas unidades hospitalares. Os investimentos têm como objetivo a manutenção da prestação do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) em Mato Grosso.

Leia Também:  PGE alerta contribuintes via SMS sobre débitos em dívida ativa
Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Seduc realiza encontros on-line sobre boas práticas nas escolas plenas

Publicados

em


.

Escola plenas da rede estadual participam de uma série de lives para a apresentação de relatos de boas práticas da educação em tempo integral do Estado de Mato Grosso. A apresentação virtual ocorre nesta segunda-feira (28.09), às 09h, com a participação de convidados e representantes das 19 escolas plenas. Na lista estão a assessora pedagógica de Alto Araguaia, professora Ruth Neli Alves Sá que acompanha atualmente a escola plena do município e a professora aposentada Margarida Aracy de Campos e Silva, ex-assessora pedagógica do município de Rondonópolis e que atuou na implantação do projeto de tempo integral nos anos de 2016 a 2018 e a Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

Serão oito lives que vão contemplar a parte diversificada e as metodologias de êxito do Projeto Pedagógico da Educação em Tempo Integral.

Conforme Waleska Gonçalves de Lima, da Coordenadoria de Desenvolvimento do Ensino Médio da Seduc, serão apresentadas 66 relatos de boas práticas. Os professores das escolas vão mostrar o que fizeram de melhor, numa verdadeira troca de experiências. Participam também técnicos do Ensino Médio da Seduc envolvidos com as escolas plenas.

Leia Também:  Saúde estadual quer conhecer perfil dos médicos e possibilidades de atuar no combate a hanseníase

“Além das escolas socializando suas práticas nesse contexto de aulas não presencial, muitas delas destaque no IDEB 2019, teremos alguns convidados contribuindo com as temáticas”, destaca.

Confira aqui a programação.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA