POLÍTICA MT

Governo inaugura Escola Doutor Mário de Castro até dezembro; mais de 80% da obra concluída

Publicados

em


Com uma espera de quatro anos, a comunidade do bairro Pedra 90, em Cuiabá, aguarda ansiosa a entrega do novo prédio da Escola Estadual Doutor Mário de Castro. Com inauguração prevista para o fim deste ano, lá serão atendidos cerca de 1.500 estudantes da região. O moderno prédio da escola conta com 16 salas de aulas, laboratórios, refeitório e uma quadra poliesportiva. O Governo do Estado investiu R$ 8,1 milhões de recursos próprios.

O servente de pedreiro Delson Vaz de Arruda é um dos moradores que aguarda a inauguração. Seus filhos estão matriculados na escola e, com o novo prédio, vai ficar mais perto de sua casa.

“É uma obra muito importante. Além de ficar perto de casa, meus filhos ficarão motivados porque é uma grande novidade. E essa quadra imensa, então, será a alegria deles”, salienta. Para Delson Vaz, “o Governo está no caminho certo ao investir em educação, pois mais que uma escola, é uma obra para o futuro”. 

Leia Também:  Politec de Alta Floresta em condições insalubres para os servidores, denunciam deputados

A expectativa do diretor Divino Amauri de Campos é a melhor possível, pois a nova escola é esperada há muito tempo pela comunidade, pois a EE Mário de Castro funciona atualmente com várias salas anexas, além de um prédio alugado.

“Nossa escola é de porte grande. A comunidade aguardava com ansiedade uma escola com 16 salas. A inauguração será a realização de um sonho aguardado há muitos anos pela comunidade. Já tivemos de tudo, de sala alugada, galpões para atender uma clientela. Temos até fila de espera, pelo reconhecimento da comunidade pelo trabalho dos profissionais da educação de nossa escola”, comemora o gestor.

Divino, que esteve várias vezes visitando a obra, descreve o novo prédio com design moderno, uma escola bem equipada, com diversos laboratórios que farão a diferença na qualidade de ensino. No entendimento do gestor, em tempos de pandemia, num momento em pessoas estão menos esperançosas, a nova escolar vai motivar a comunidade.

“É uma arquitetura nova que vai valorizar muito. Os nossos estudantes terão uma expectativa maior, um degrau a mais para que eles possam se sobressair. A minha sensação de ser um diretor em uma escola nova é muito boa, é inexplicável”, assinala.

Leia Também:  "Pandemia não acabou e fechamento de leitos de covid é decisão equivocada", diz Lúdio

Com mais de 80% das obras prontas, os operários trabalham na fase de instalação elétrica e iluminação. Os postes externos estão quase instalados. No refeitório, as cubas estão sendo colocadas. Com retoque final nas salas e dependências, os operários se concentram na conclusão da quadra poliesportiva. 

A nova escola contempla também laboratórios de física, química, informática e biblioteca, refeitório, cozinha, parte administrativa (sala dos professores, coordenadoria, diretoria, secretaria, arquivo, copa e sanitários) além de uma quadra poliesportiva com vestiários.

A escola será toda adaptada para atender alunos com deficiências. Além da parte de infraestrutura a escola também terá mobiliários e equipamentos novos.

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Secretarias dialogam sobre retomada de cirurgias eletivas e reordenamento de UTIs

Publicados

em


A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) promoveu o diálogo sobre a retomada das cirurgias eletivas junto à Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá. A reunião aconteceu na tarde desta terça-feira (20.10), na sede do órgão estadual, e contou com a presença do secretário estadual, Gilberto Figueiredo, e da secretária de Saúde do Município, Ozenira Félix.

Na oportunidade, foi discutida uma estratégia para o reordenamento dos leitos de Terapia Intensiva (UTI) para o tratamento exclusivo da Covid-19 na Baixada Cuiabana. A intenção é que as cirurgias eletivas sejam retomadas no Hospital Estadual Santa Casa e no Hospital São Benedito.

“A taxa de ocupação na Baixada Cuiabana, seja em Terapia Intensiva ou em enfermaria, atualmente é baixa, fato que nos permitiria voltar a atuar nas cirurgias eletivas. Isso é viável caso a gente consiga desbloquear o Hospital Santa Casa e o Hospital São Benedito, no entanto a decisão definitiva só será tomada após ouvidas as instituições de pactuações e os Comitês”, declarou o secretário Gilberto.

O gestor estadual explicou que as análises das equipes técnicas de ambas as Secretarias serão levadas aos Comitês – criados no início da pandemia para tratar publicamente das ações públicas durante a pandemia pela Covid-19 -, de forma que seja uma decisão colegiada.

Leia Também:  "Pandemia não acabou e fechamento de leitos de covid é decisão equivocada", diz Lúdio

“Não basta uma deliberação do secretário de Estado de Saúde e da secretária de Saúde do município. Nós temos instâncias de pactuação que precisam ser consultadas. Essa é uma decisão de Estado, de Governo, então levaremos a necessidade e analisaremos os pontos positivos e os riscos, já que a retomada das cirurgias eletivas é uma demanda pulsante de todo estado.”

A representante da Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá também frisou a importância da avaliação colegiada. “Foi um primeiro contato excelente. Em Cuiabá, nós iniciamos as discussões e vamos estar levando para as nossas unidades deliberativas. Já existe uma avaliação técnica, agora temos que deliberar junto aos nossos Conselhos; as equipes técnicas vão mostrar os números e teremos muita cautela”, avaliou Ozanira.

De acordo com o Painel Interativo da Covid-19 da SES, nesta terça-feira (20,10), há 400 leitos de UTI disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS) em Mato Grosso, sendo que 184 estão ocupados. A taxa de ocupação dessas UTIs figura em 46%.

Leia Também:  Centro de Triagem Covid-19 continuará atendendo durante todo o mês de novembro

Baixada Cuiabana

Atualmente, a população de Mato Grosso conta com cinco hospitais públicos de referência para Covid-19 na Baixada Cuiabana. São eles: Hospital Metropolitano, Hospital Estadual Santa Casa, Hospital São Benedito, Pronto Socorro e Hospital Universitário Júlio Müller.

Essa é a primeira reunião que avalia essa tratativa. Outros encontros devem ser realizados até que se tenha um encaminhamento final, para implementar o acordo definido por meio das pactuações.

Também participaram da reunião os secretários adjuntos da SES, Danielle Carmona, Fabiana Bardi e Juliano Melo. Da Secretaria Municipal, ainda estiveram presentes o secretário adjunto de Operações e Atenção à Saúde, Luiz Gustavo Rabone, e o servidor da Assessoria de Planejamento e Gestão (Asplan), Ricardo Soares.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA