POLÍTICA MT

Governo sanciona lei que inclui guias e técnicos esportivos em programa de auxílio financeiro

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso sancionou a lei que amplia o projeto Olimpus, de concessão de bolsas a atletas, que agora passa a incluir técnicos e guias de paratletas. Ainda foram criados prêmios específicos para atletas, paratletas, atletas-guias e técnicos que conseguirem convocação e/ou medalha olímpica ou paralímpica.

Publicada no dia 29 de setembro, a nova lei de autoria do poder executivo, que altera a lei anterior de 2004, foi aprovada pela Assembleia Legislativa e sancionada pelo governador  de Mato Grosso, Mauro Mendes. 

Em agosto, a Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) abriu inscrições em quatro categorias: Atleta Nacional, Atleta Nacional Elite, Atleta Estudantil e Atleta Base Olímpica. Esportistas de modalidades individuais e coletivas de vários municípios mato-grossenses se inscreveram para receber auxílio financeiro. 

O processo de seleção está em andamento e já conta com o resultado parcial da fase de análise do mérito das propostas. Conforme cronograma do edital, a publicação do resultado final será feita no dia 16 de outubro.

Contemplando atletas de base e de alto rendimento, a primeira etapa contemplará 160 atletas das categorias base e estudantil com bolsas mensais que vão de R$ 250 a R$ 600. Para os atletas das categorias nacional e elite serão 80 bolsas com valores mensais de R$ 900 e R$ 1.600. O valor anual investido pelo Governo de Mato Grosso será de mais de R$ 1,7 milhão. 

Leia Também:  Indicações para infraestrutura, educação e saúde beneficiam região do Araguaia

A segunda fase do programa, que abrangerá técnicos, guias e convocados aos Jogos Olímpicos, contará com regulamentação e editais específicos que serão providenciados posteriormente.

“Com muita alegria sancionamos nesses dias a lei que dispõe sobre o projeto Olimpus. Queremos incentivar todos os esportes de Mato Grosso, criando uma referência, para que aqueles que mais se dedicam possam receber o benefício do Estado. Vamos trabalhar para que o esporte mato-grossense possa crescer e se profissionalizar”, declarou o governador Mauro Mendes. 

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Governador anuncia aos servidores a correção monetária sobre salários escalonados

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso vai pagar aos servidores estaduais (ativos e inativos) a correção monetária sobre os salários que foram pagos de forma escalonada.

O anúncio foi feito pelo governador Mauro Mendes nesta terça-feira (27.10), após reunião com os secretários Rogério Gallo (Fazenda) e Basílio Bezerra (Planejamento e Gestão).

A correção será paga de uma só vez a todos os servidores que têm o direito na folha de novembro, junto com a folha de pagamento.

“Infelizmente o Estado de Mato Grosso, nos últimos anos, atrasou salários e em alguns meses pagou de forma parcelada. E a legislação estadual diz claramente que quando o Estado paga além do dia 10, o servidor tem direito à correção monetária. Graças ao nosso trabalho e dos nossos servidores, conseguimos consertar o Estado e isso nos permitiu pagar este direito”, afirmou o governador.

Os valores são correspondentes a pagamentos atrasados e/ou escalonados no período de agosto de 2017 a outubro de 2019, incluindo o 13° do período.

A correção será feita pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Leia Também:  Benefício de Prestação Continuada: Setasc alerta para novo prazo de inscrição no Cadastro Único

De acordo com o secretário da Seplag, Basílio Bezerra, o Governo tem envidado todos os esforços para corrigir distorções ocorridas no passado relativas aos servidores públicos. “Esse pagamento é justo e representa a valorização e respeito aos servidores públicos estaduais”, ressaltou.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA