POLÍTICA MT

Homem é preso em Colniza ao atear fogo em mata

Publicados

em


.

Uma operação integrada na Gleba Taquaruçu do Norte, em Colniza, entre Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Polícia Militar (PM) apreendeu seis motosserras, uma arma de fogo e culminou com a condução de um homem para delegacia por crime contra a flora ao provocar incêndio em mata ou floresta.  

A fiscalização da Sema está realizando a Operação Arco Norte e fiscais do Ibama a Operação Verde Brasil, ambos na região. Em ação conjunta, equipe formada pelos dois órgãos, com apoio da Polícia Militar, observou algumas labaredas de fogo e um homem vindo da região em uma motoneta Honda Biz.

Quando a equipe fez a abordagem o homem largou a moto e fugiu pela mata, sendo acompanhado pelos policiais e localizado logo depois, confirmando ser o autor da queimada.

A queimada aconteceu em uma área de pasto, conforme constatou a equipe de fiscalização, porem o fogo atingiu área de floresta amazônica que estava nas proximidades ao se alastrar rapidamente. As equipes de fiscalização tiraram fotos de drone e irão calcular os danos.

Leia Também:  Primeira-dama destina cestas básicas para pacientes em tratamento renal

Operações Integradas

A Operação Verde Brasil, do Governo Federal, atua em conjunto com a Operação Amazônia Arco Norte, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) no combate ao desmatamento e incêndios ilegais. Por meio do alinhamento entre as duas esferas de Governo, o enfrentamento ao crime ambiental ganha uma força maior em Mato Grosso.

A Operação Amazônia Arco Norte aplicou até o momento 954,9 milhões em multas, sendo 772 milhões na região Amazônica, o Bioma com maior número de autuações.

Também foram apreendidos Operação do Governo Estadual 239 equipamentos ou acessórios usados em crimes ambientais, 18 armas de fogo, 66 motosserras, 74 tratores de pneu, 110 caminhões, 37 tratores esteira e 139 pessoas foram conduzidas a delegacia.

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Policiais ambientais iniciam fiscalização e patrulhamento nos rios de MT

Publicados

em


A partir desta quinta-feira (01.10) e até o dia 31 de janeiro de 2021, policiais do Batalhão de Proteção Ambiental intensificam a fiscalização e o patrulhamento nos rios de Mato Grosso para garantir que a reprodução dos peixes seja respeitada no período de defeso da piracema, com o lançamento da ‘Operação Piracema’, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) com  a Polícia Militar.

Os patrulhamentos fluviais e terrestres já começaram para inibir e combater práticas de pesca e a comercialização ilegal de pescado. Veículos e embarcações estão sendo abordados e verificados para impedir que qualquer cidadão tente desrespeitar o período de defeso da Piracema.

O comandante do Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental, tenente-coronel Fagner Augusto, conta que o efetivo da unidade especializada da PM está pronto para flagrar ilegalidades e desrespeito a leis que protegem a fauna e  a flora mato-grossense.

“De forma integrada com os fiscais da Sema,  vamos agir de forma preventiva  nas três bacias hidrográficas do estado. Atuando com barreiras em pontos sensíveis à reprodução dos peixes. Vamos fiscalizar estoques de  restaurantes, hotéis, pousadas e outros estabelecimentos comerciais que armazenam pescado que devem ter esses produtos legalizados. Quem for pego desrespeitando o período de defeso é multado e tem todos apetrechos de pesca apreendidos”, alerta o comandante. 

Leia Também:  Pneus velhos poderão ser usados para produção de asfalto

O tenente-coronel Fagner destaca ainda que toda a equipe do Batalhão de Proteção Ambiental da PM está empenhadas em missões de proteção a fauna e flora. Além da Operação Piracema, equipes de policiais ambientais  vem atuando de forma enérgica na Operação Pantanal na região de Porto Jofre, ajudando as equipes no combate aos  incêndios e principalmente nos resgates de animais silvestres feridos. 

A Operação Piracema é uma ação integrada da Polícia Militar Ambiental, ecretaria de Estado de Meio Ambiente e Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Dema). O objetivo é conscientizar a população sobre o respeito ao período reprodutivo dos peixes e que as leis ambientais sejam cumpridas em respeito ao ciclo da natureza.  A Polícia Militar pede a colaboração da sociedade para proteger o meio ambiente e denunciar, caso presencie alguma ilegalidade ou crime ambiental por meio do 190 ou pelo 0800 65 39 39.  

Secretária Estadual de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti com a equipe do Batalhão Ambiental da PM no lançamento da Operação Piracema. 

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA