POLÍTICA MT

“Hospital Regional vai passar por mudança radical na infraestrutura e atendimento”, afirma governador em Barra do Bugres

Publicados

em


O governador Mauro Mendes afirmou que o Hospital Regional de Barra do Bugres passará por uma mudança radical em infraestrutura e atendimento à população, após a reforma e ampliação da unidade. Ele esteve no município na tarde desta sexta-feira (02.09) e visitou a unidade e obras em duas escolas estaduais.

“Iniciamos no ano passado um grande programa para recuperar a infraestrutura da saúde pública de Mato Grosso. Em Barra do Bugres vamos fazer uma grande mudança neste hospital regional e entregar algo que vai surpreender a população e os trabalhadores da saúde. Vamos entregar um hospital moderno, ampliado, com todos equipamentos novos e melhor infraestrutura para atender a demanda da saúde publica da região. Vamos mudar definitivamente a realidade do atendimento à população, com um hospital público decente e digno”, destacou Mauro Mendes.

A previsão é de que o prédio passe por adequações estruturais e receba investimentos para aquisição de equipamentos necessários aos serviços que serão ofertados à população.

O projeto de modernização está sendo analisado pela secretaria adjunta de Gestão Hospitalar e pela secretaria adjunta de Atenção e Vigilância à Saúde. Após a conclusão, terá início o processo de licitação para a execução dos serviços.

A representante da comissão de transição do hospital, Luciana Souto, explicou que o consórcio intermunicipal de saúde assumiu a gestão da unidade em 2015, e este ano, o Governo do Estado retomou a administração.

O Hospital Regional de Barra do Bugres atende pacientes de ao menos outros dez municípios: Tangará da Serra, Sapezal, Campo Novo do Parecis, Nova Marilândia, Santo Afonso, Arenápolis, Denise, Nortelândia e Porto Estrela.

“Não temos na região outro hospital público. Então, todas as cirurgias eram feitas aqui, partos, atendimentos pediátricos, de alto risco. Essa reforma e ampliação será muito benéfica para a população da região inteira, que tenho certeza que ficará muito grata”, pontuou Luciana.

Leia Também:  Silvio Fávero defende construção de Hospital Regional em Confresa

A segunda visita do governador foi na obra da reforma geral da Escola Estadual Júlio Muller. A unidade, localizada no bairro Centro, passa por reforma em todos os banheiros, refeitório, nova estrutura administrativa, instalações elétricas e hidráulicas, recuperação e pintura da quadra poliesportiva. Para tanto, serão investidos R$ 3,3 milhões.

Em 2015, a escola Júlio Muller foi atingida por um incêndio, perdendo toda a parte administrativa. Com a reforma, toda essa parte já foi recuperada e os profissionais já estão trabalhando em um novo ambiente. A unidade deve ser entregue em novembro desse ano.

“Essas obras estavam paradas há anos, mas retomamos e vamos concluir. Ano que vem faremos grandes investimentos na educação, para que até 2022, se possível tenhamos escolas com ar condicionado e melhor a infraestrutura, pois para melhorar a educação, também é preciso ter boas escolas com ambientes adequados para nossos alunos”, destacou o governador.

A assessora pedagógica do município, Jucélia Vasconcelos, afirmou que a retomada das obras trará benefícios incalculáveis para o aprendizado dos alunos e qualidade de trabalho para os profissionais.

“A climatização das salas de aula, por exemplo, é essencial no nosso Estado, pois com o calor, os alunos se dispersam com muita facilidade, mas com esse olhar do governo temos certeza que tudo vai melhorar. Ele [governador] não promete, ele vai fazendo e a população está observando isso, esse trabalho pelo bem estar de todos”, disse ela.

Leia Também:  Mais de 1.8 mil vagas de emprego estão disponíveis no Sine MT

Por fim, governador, deputados e secretários viram de perto as obras de construção da nova escola no bairro Nova Maracanã, cuja previsão de entrega é março de 2021. A unidade de ensino vai contar com refeitório, cobertura com telha isotérmica, quadra poliesportiva, vestiários, parte administrativa, adaptação para acessibilidade e será realizada em parceria com o Governo Federal, num total de R$ 5,1 milhões em investimentos.

O adjunto da Secretaria de Estado de Educação, Alan Porto, pontuou que a próxima etapa é garantir a formação continuada dos professores e proporcionar maior tecnologia nas unidades escolares.

“Essa será uma das formas que teremos para garantir que o ensino em Mato Grosso seja de qualidade. A educação também passará por uma grande mudança para que possamos ter uma aprendizagem de qualidade lá na ponta, que é a de nossos alunos”, explicou Porto.

“Nosso grande desafio agora é melhorar a qualidade de ensino e, para isso, vamos investir nos professores, mudar um pouco nossa técnica educacional e sistema pedagógico. Somos o 23º colocado no Ideb do ensino médio e contamos com os profissionais da educação para que possamos melhorar a qualidade do ensino em Mato Grosso”, concluiu Mauro Mendes.

Acompanharam o governador os deputados estaduais Valmir Moretto, Paulo Araújo e Dr. João; e os secretários de Estado Mauro Carvalho (Casa Civil), Marcelo de Oliveira (Infraestrutura), Francisco Lopes (Procuradoria Geral do Estado), Jefferson Moreno (Adjunto de Turismo) e Alan Porto (Adjunto da Educação).

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Anta é resgatada por equipe do PAEAS com as quatro patas queimadas

Publicados

em


Uma anta foi resgatada no município de Primavera do Leste com queimaduras causadas por incêndio florestal. O animal está com ferimentos graves nas quatro patas e foi encontrado por fazendeiros da região que acionou a equipe do Posto de Atendimento Emergencial de Animais Silvestres (PAEAS).  

O animal, um macho adulto, foi removido em um helicóptero do Exército até a Base Transpantaneira, onde recebeu atendimento de médicos veterinários. De lá foi enviado ao Sesc Pantanal, onde permanecerá em tratamento.

“A anta foi socorrida com perda de casco. É um macho adulto com cerca de 200 kg. Hoje foi feito uma primeira limpeza e vamos fazendo curativos e acompanhar sua melhora. Até o momento o animal comeu bem”, explicou a médica veterinária Luciana Cataldi, que acompanha o bicho.

Até o momento o Posto de Atendimento Emergencial de Animais Silvestres já atendeu 182 animais.

Toda vida importa

O PAEAS Pantanal é um dos instrumentos de resposta aos incêndios florestais e integra as ações do Centro Integrado Multiagências (Ciman). A força-tarefa para atendimento aos animais reúne esforços de órgãos do Governo de Mato Grosso, Governo Federal, entidades de classe, terceiro setor e instituições privadas.

Leia Também:  Botelho defende exame e dispensação de Vitamina D na rede pública de saúde

O grupo é coordenado pelo Comitê Estadual de Gestão do Fogo e é formado pelas secretarias de Meio Ambiente e Segurança Pública, BPMPA, Batalhão de Emergências Ambientais do Corpo de Bombeiros Militar, Programa REM-MT, Instituto de Defesa Agropecuária (Indea) e Marinha do Brasil. 

Assembleia Legislativa, Prefeitura de Poconé, Juizado Volante Ambiental e Ibama também estão presentes. A UFMT atua por meio do Hospital Veterinário, Centro Acadêmico de Medicina Veterinária e Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Silvestres. O Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) também apoia as ações.

O Conselho Regional de Medicina Veterinária e a Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso compõem o grupo. Do terceiro setor, a Ampara Silvestre, Associação de Defesa do Pantanal (Adepan), Instituto Mata Ciliar, Ecotrópica, É o Bicho MT, Instituto Luísa Mell, Grupo de Resgate de Animais em Desastres (GRAD), Reprocon e SOS Pantanal somam esforços. Já da iniciativa privada apoiam a ação a Integral Pet, laboratório VET Vida, Vivet, Clínica Anjo da Guarda e Pantaneiro Clínica Veterinária.

 

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA