POLÍTICA MT

Jogadores da Escola de Futebol da Rotam são selecionados para a categoria de base do Cuiabá Esporte Clube

Publicados

em


Mais dois jogadores da Escolinha de Futebol do Batalhão Rotam da Polícia Militar foram aprovados na seletiva da categoria de base do Cuiabá Futebol Clube. Marco Antônio de Oliveira, de 15 anos, e Alexandre Albuquerque, de 14 anos de idade, se juntam a Gabriel Rodrigues, goleiro do projeto selecionado no início deste mês para o Sub-14 do time cuiabano, atual líder da Série B do Campeonato Brasileiro.

Há um ano, os jogadores Marco Antônio e o Alexandre Albuquerque entram para jogar futebol no projeto social Escolinha Grêmio Rotam. Os adolescentes participaram da seletiva do Cuiabá nos dias 8 e 9 de outubro. Morador do bairro Santa Terezinha, Marco Antônio é zagueiro. Já Alexandre Albuquerque, que faz questão de dizer que é canhoto, joga na posição de meio campo.  

O adolescente Marco Antônio com o zagueiro Anderson Conceição do Cuiabá Esporte Clube

Alexandre ressalta que a oportunidade de ingressar para a categoria de base de um time profissional é apenas o começo da realização de um sonho. Animado, o adolescente atribui sua conquista a Deus e aos seus professores da escolinha Rotam.

Leia Também:  TV Assembleia exibirá entrevistas com candidatos às prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande

“Estou há um ano na Escolinha Grêmio Rotam. Com o esporte aprendi muita coisa, sou grato aos meus treinadores, que tanto me ensinaram sobre a vida e o futebol nesse projeto. Agradeço muito a força que os sargentos Renildo e Padilha e o professor Douglas me deram e estão me dando. Sou muito grato a Rotam por ter dado essa oportunidade”, destaca Alexandre.

A Escola de Futebol da PM é um projeto social de prevenção primária. A iniciativa desenvolvida pelos policiais do Batalhão Rotam atende gratuitamente 100 crianças e adolescentes carentes, entre 06 e 15 anos de idade. Com a recente aprovação de Marco Antônio Alexandre Albuquerque, a escolinha chega a três alunos selecionados para jogarem no Cuiabá. No começo do mês de outubro, o goleiro Gabriel Rodrigues de 14 anos foi aprovado para jogar no sub- 14 do time da capital mato-grossense. 

O comandante do Batalhão Rotam, tenente-coronel Paulo César e toda a equipe da unidade especializada da PM recepcionaram na última semana, os mais novos talentos da bola do Cuiabá. No encontro, os participantes fizeram questão destacar e reconhecer todo o esforço e empenho dos alunos e dos policiais que ensinam futebol no projeto voluntariamente. 

Leia Também:  Alunos participam da Maratona Teen 2020 com vídeo sobre Pantanal para explicar questão ambiental

“Ficamos contentes por colaborar de alguma forma com a realização desse sonho de ser jogador de futebol. A Escolinha Rotam ensina os alunos do projeto a manter a disciplina, priorizar a escola com boas notas. A vitória deles eleva ainda mais a nossa ação social promovida pelo nosso batalhão PM. Os nossos policiais contam com o apoio da família destas crianças e adolescentes, eles confiam no nosso trabalho; oferecemos aulas de futebol três vezes na semana, então a nossa equipe fica muito orgulhosa pelas conquistas dos nossos alunos”, diz o tenente-coronel. 

Escola de Futebol da Rotam

A escola atende crianças e adolescentes oferecendo gratuitamente aulas de futebol que ocorrem na sede do projeto, no Parque Georgia, no Coxipó, na capital. Toda a equipe de professores que atua no projeto social é formada por policiais militares graduados em Educação Física.

O goleiro Gabriel, o meio campo  Alexandre Albuquerque e  o zagueiro Marco Antônio com a equipe Rotam
 

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Vacina contra a covid-19 será distribuída para MT em janeiro, confirma governador

Publicados

em


O governador Mauro Mendes confirmou que Mato Grosso receberá o primeiro lote de vacinas contra a covid-19 em janeiro de 2021.

A informação foi oficializada pelo ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, durante reunião por videoconferência na tarde desta terça-feira (20.10).

“Em janeiro, o Ministério vai ter disponível para mandar aos estados brasileiros em torno de 46 milhões de doses. Em fevereiro, um novo lote, e no primeiro semestre teremos outras entregas das diversas empresas que estão produzindo a vacina”, relatou Mauro Mendes.

Durante a reunião, que contou com a maioria dos governadores, as empresas que têm desenvolvido a vacina atualizaram os cronogramas, capacidade de produção e o estágio de desenvolvimento das vacinas.

Conforme o ministro, ficou acertado que as primeiras 46 milhões de doses serão da vacina CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica Sinovac. 

A distribuição a todos os estados ocorrerá em janeiro de 2021.

Serão distribuídas outras 15 milhões de doses em fevereiro e mais 40 milhões em junho.

Já no segundo semestre do próximo ano, a previsão é que sejam disponibilizadas mais 165 milhões de doses da vacina desenvolvida pela empresa AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford e Fiocruz.

Leia Também:  TV Assembleia exibirá entrevistas com candidatos às prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande

De acordo com o ministro Pazuello, os primeiros a receberem as doses serão os profissionais da Saúde e as pessoas que se enquadram nos grupos de risco. Em seguida, toda a população será vacinada gratuitamente por meio do Plano Nacional de Imunizações (PNI).

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA