POLÍTICA MT

MT PAR e Intermat começam a cadastrar famílias para regularizar 7 mil títulos fundiários em Cuiabá e Várzea Grande

Publicados

em


.

O MT PAR Participações S/A começou o cadastramento das famílias do bairro São Carlos, em Cuiabá, para regularizar títulos fundiários. O trabalho é fruto de uma parceria entre o MT PAR e o Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) que vai conceder, até o fim de 2020, um total de 7 mil títulos em Cuiabá e Várzea Grande.  

No Residencial São Carlos são 976 imóveis, dos quais 599 ainda estão pendentes de registro, segundo levantamento realizado pelas equipes dos órgãos parceiros a partir das matrículas dos imóveis.

O presidente do MT PAR, Wener Santos, acompanhou na manhã de quinta-feira (10) o cadastramento das primeiras famílias. Para Wener, a parceria traz mais agilidade na efetivação da regularização fundiária urbana e trará segurança às famílias que aguardam há anos essa documentação.

“Ter a sua escritura, uma casa regularizada, é o sonho de muitos mato-grossense, e o esforço em conjunto entre os órgãos está tornando isso possível”, disse.

A dona de casa Benedita Rodrigues foi uma das beneficiadas pelo mutirão. Ela aguarda há seis anos pelo título.

Leia Também:  Fiscais da Sema apreendem 26,5 kg de pescado em Canarana

“Agora eu estou mais tranquila, pois tenho a certeza que a casa será minha. É uma sensação maravilhosa”, contou. 

Segundo a presidente do bairro, Rosângela Jobim, a parceria entre o MT PAR e o Intermat representa uma vitória para os moradores do Residencial São Carlos.

“As pessoas estavam ansiosas para ter o título definitivo em mãos. É um desejo que carregamos no coração e que agora está sendo concretizado em nossa comunidade. Há famílias esperando por isso há três décadas”, disse. 

A regularização dessas moradias faz parte do Projeto Endereço Certo, do Governo de Mato Grosso, e tem como objetivo auxiliar famílias a formalizarem o direito de propriedade dos seus imóveis da extinta Companhia de Habitação Popular do Estado de Mato Grosso (Cohab-MT) por meio dos títulos definitivos.

A documentação definitiva será entregue pelo Governo do Estado, com registro em cartório e de forma gratuita. A partir da regularização, o morador passa a ter uma série de benefícios, entre eles, o acesso a crédito e programas de assistência social. Para mais informações o telefone para contato é (65) 99625- 5273 (WhatsApp).

Leia Também:  Politec conta com equipe especializada para apuração de incêndios florestais
Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Sábado (19): Mato Grosso registra 112.817 casos e 3.262 óbitos por Covid-19

Publicados

em


.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (19.09), 112.817 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 3.262 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 617 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 112.817 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 15.756 estão em isolamento domiciliar e 93.026 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 252 internações em UTIs públicas e 272 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 60% para UTIs adulto e em 31% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19, estão: Cuiabá (22.326), Várzea Grande (8.423), Rondonópolis (7.933), Lucas do Rio Verde (5.237), Sorriso (4.820), Tangará da Serra (4.635), Sinop (4.549), Primavera do Leste (3.654), Campo Novo do Parecis (2.553) e Cáceres (2.355).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Secel orienta sobre etapas do cadastramento para solicitar renda da Lei Aldir Blanc

O documento ainda aponta que um total de 91.064 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 974 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última sexta-feira (18), o Governo Federal confirmou o total de 4.495.183 casos da Covid-19 no Brasil e 135.793 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 134.935 óbitos e 4.455.386 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de sábado (19).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Adjunta de Direitos Humanos discute política pública com representantes trans

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA