POLÍTICA MT

MTI lança edital de chamamento público para contratação de empresa especializada em plataformas checkpoint

Publicados

em


A Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) lançou um edital de chamamento público para o recebimento e seleção de propostas para a contratação de empresa especializada em renovação de licenciamento e atualização tecnológica dos softwares check point, bem como a renovação, atualização tecnológica das licenças de firewall, suporte e treinamentos.  A abertura das propostas será realizada às 9h, do dia 11 de dezembro, na sala de licitações da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag-MT), horário de Cuiabá (MT).

Em virtude da pandemia, o evento poderá ser acompanhado de maneira não presencial. A sessão será transmitida ao vivo e o vídeo permanecerá armazenado no canal do Youtube, da MTI. O uso de máscaras, álcool em gel e outras medidas de enfrentamento da pandemia serão adotadas no dia do evento, para os participantes que queiram participar presencialmente

O objetivo do certame é auxiliar na prevenção e combate de possíveis ataques cibernéticos, aumentar o nível de segurança de rede, aplicações e garantir a aplicabilidade dos termos da Política de Segurança da Informação no âmbito da MTI, regulamentada pela portaria nº 104/2016, e das Políticas e Diretrizes de Segurança da Informação Estadual, conforme Resolução COSINT nº 003/2010.

Leia Também:  Conheça o Movimento Plantar, projeto de autoria do professor Mário Nadaf

Para acessar o edital na íntegra, clique aqui.

De acordo com o edital, publicado no site da MTI, poderão participar do Chamamento Público pessoas jurídicas nacionais ou estrangeiras, com filial ou sede no país, autorizadas a funcionar no Brasil, legalmente constituídas e estabelecidas, que estejam habilitadas e que satisfaçam, integralmente, a todas as condições do Edital.  Não serão aceitos consórcios nem subcontratação.

Os participantes do chamamento, deverão entregar uma PROPOSTA DE PREÇOS, contendo o preço de cada item, valor unitário e valor total e quantidade, observados os critérios do Edital.  O certame será processado pela Comissão Especial de Avaliação e Julgamento instituída pela Portaria nº 0130/2020/MTI, que terá a incumbência de conduzir todos os atos referentes à seleção das propostas relativas ao edital, além das prerrogativas que decorrem de sua função legal.

O critério de seleção será pelo menor preço unitário, observado os prazos máximos para fornecimento, as especificações técnicas e os parâmetros mínimos de desempenho e qualidades definidos pelo edital.

Antes da celebração do contrato, a MTI realizará consulta ao Sistema de Aquisições Governamentais – SIAG, ao Cadastro Nacional de Empresas Inidôneas ou Suspensas – CEIS, ao Cadastro Nacional de Condenações Cíveis por Ato de Improbidade Administrativa e Inelegibilidade – CNCIAI e ao Cadastro Nacional de Débitos Trabalhistas – CNDT, cujos resultados serão anexados aos autos do processo.

Leia Também:  Servidores apreendem drones e evitam entrada de celulares e drogas em unidade penal

Mais informações –  TELEFONE: (065) 3613-3012

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Governo de MT lamenta falecimento de conselheiro aposentado do TCE

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso lamenta a morte do conselheiro aposentado do Tribunal de Contas do Estado, Teresino Alves Ferraz.

Teresino faleceu neste sábado (16.01) vítima da Covid-19.

“Sentimos muito pela perda. Que Deus conforte o coração da família e dos amigos neste momento de grande dor”, afirmaram o governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes.

Ele atuou como conselheiro de 1978 ao ano 2000.

Fonte: GOV MT

Leia Também:  Conheça o Movimento Plantar, projeto de autoria do professor Mário Nadaf
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA