POLÍTICA MT

Novo single de Paula Shaira está disponível nas plataformas streaming

Publicados

em


A nova música de trabalho da cantora e compositora cuiabana, Paula Shaira, a canção “Bilhete”, ganhou videoclipe. A produção contou com time especial de profissionais do audiovisual mato-grossense. O clipe está disponível no canal oficial da SUMAC Records no YouTube.

A gravação da música e a produção do videoclipe foram viabilizadas graças à seleção do projeto no edital MT Nascentes, realizado pelo Governo de Mato Grosso via Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

André Zambonini, diretor responsável pela produção, liderou uma equipe de mais de 20 pessoas, nas gravações do clipe. Para a direção de fotografia, contou com Rosano Mauro. “Diante da situação de pandemia, tivemos que readequar o roteiro sugerido por Paula. Busquei atender as expectativas da artista, mas fui para um caminho muito mais intimista, até mesmo para reduzir o número de pessoas no set”.

O roteiro inicial previa a presença de duas mulheres mais velhas para representar a passagem de tempo, a construção do amor entre duas mulheres. No entanto, Zambonini optou por trabalhar apenas com Paula e a atriz Malu Senna.

Leia Também:  PL obriga prefeitura a divulgar andamento de obras públicas

“Foi então que na pós-produção utilizei filtros e efeitos para representar lembranças. Também apostei em planos mais fechados”, explica Zambonini. Para arrematar, o toque do figurino e maquiagem, assinados por Carla Fernanda e Evelyn Silva, respectivamente, imprimiram a estética dos anos 80.

André destaca que esteve alinhado não só às expectativas da artista, como também, à intenção do produtor musical, Lucas Oliveira. “O recurso percussivo da máquina de escrever foi realçado na produção de arte do videoclipe”, destaca.

E Paula Shaira, que além de conceber a ideia do roteiro, cantar, tocar e atuar no videoclipe, também foi para o lado do editor Willian Kanashiro, para acompanhar todo o processo de montagem.

“Gosto muito de me inteirar sobre os processos do meu trabalho, então, fiz questão de participar de tudo”. Ela conta que aprendeu muito com o amigo Paul Domingos, que é cineasta e ensinou muito a ela sobre produção audiovisual.

“Desde que ouvi os primeiros resultados da produção, a música já me guiou para a estética do videoclipe. Compartilhei minhas ideias com André e ele aprovou: fomos para o lado do campo, aquela sensação bucólica e saudosista tinha que ter”. O videoclipe, segundo Paula, mostra um amor proibido.

Leia Também:  Governo de MT já pactuou 99,9% das doses recebidas; veja quanto cada município aplicou

“E atuar com a Malu Senna foi perfeito. Ela é minha amiga de infância, tivemos uma história bem legal, parecida com o clipe. Mas hoje somos grandes amigas. Tenho muito a agradecê-la”.

O editor Willian Kanashiro avalia que o trabalho de montagem fluiu muito melhor porque Shaira estava do lado. Chegamos a um resultado muito bom. Ter o artista ao lado, compartilhando as ideias e qual o resultado que se deseja chegar, é muito mais interessante. Admiro muito a versatilidade dela”, diz Kanashiro.

Para conhecer mais sobre o trabalho de Paula Shaira, acesse os perfis da artista no Deezer, Spotify e seu canal oficial no Youtube.

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Governo de MT já pactuou 99,9% das doses recebidas; veja quanto cada município aplicou

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso recebeu, até a manhã desta terça-feira (27.07), 2.438.340 doses das vacinas contra Covid-19 do Ministério da Saúde e já pactuou a distribuição de 2.436.534 doses aos 141 municípios do Estado, ou seja, 99,9% do total recebido.

O Estado reteve as doses de vacina que são destinadas para segunda aplicação e devem ser distribuídas próximas da vacinação.

A disponibilização das doses é resultado da soma da primeira e segunda doses (2.375.036), acrescida das doses destinadas às populações indígenas aldeadas (54.120) e dos arredondamentos técnicos (7.378) necessários para o ajuste volumétrico dos frascos disponibilizados pelo Ministério da Saúde.  

Das 2.367.933 doses retiradas pelos municípios, as prefeituras aplicaram 1.902.925 (80%), sendo 1.476.118 como primeira dose ou dose única e 426.807 como segunda dose. O percentual da semana passada era de 94%. 
 
Os 10 municípios que mais aplicaram vacinas, considerando o percentual de doses aplicadas em relação às doses recebidas, foram: Campos de Júlio (99%), Alto Boa Vista (98%), Colíder (97%), Novo Mundo (96%), Diamantino (94%), Ribeirãozinho (94%), Conquista D’Oeste (93%), Jaciara (93%) e Arenápolis (93%). 

Leia Também:  PM celebra 104 anos do 1º Batalhão de Polícia Militar de Cuiabá nesta quarta-feira (28)

Confira o ranking completo de aplicação das vacinas no Boletim Informativo nº 506 ou no Painel de Distribuição de Vacinas Covid-19.

Considerando as vacinas destinadas à população indígena, alguns municípios podem contabilizar as doses aplicadas em aldeias pertencentes a territórios vizinhos e ultrapassar o limite de 100% da aplicação.

A Vigilância Estadual alertou que a utilização de unidades de segunda dose como primeira dose pode comprometer o esquema vacinal da população do município, considerando o fornecimento e as orientações feitas pelo Ministério da Saúde.

Sobre a distribuição

Na força-tarefa da vacinação, cabe ao Governo do Estado fazer a logística de distribuição, que é definida pela Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso (CIB-MT), composta por membros do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) e da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

A escolta dos materiais até os 14 polos de distribuição é feita pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), além das Polícias Federal e Rodoviária Federal e do Ministério da Defesa. O Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) também disponibiliza sua frota aérea para dar celeridade à distribuição.

Leia Também:  Em Mato Grosso, 15 municípios estão com risco alto de contaminação pela Covid-19

É importante ressaltar que o Governo Federal define o total de doses que cada estado recebe. Essa definição ocorre de acordo com a quantidade de pessoas que pertencem aos grupos prioritários e não pela quantidade absoluta da população.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA