POLÍTICA MT

Operação conjunta resulta em prisão, apreensões e uma pessoa morta em troca de tiros

Publicados

em


Uma ação conjunta das forças de segurança resultou no cumprimento de quatro mandados de busca e apreensão e um de prisão, nesta quinta-feira (08.10) e sexta-feira (09.10), em Lucas do Rio Verde (334 km ao Norte de Cuiabá). Os alvos eram suspeitos de liderar uma facção criminosa envolvida em diversos crimes, em especial tráfico de drogas. Um deles, identificado como um dos líderes do grupo na região, foi atingido durante troca de tiros com os policiais, na quinta-feira (08.10), e morreu após dar entrada no hospital da cidade.

Participaram da operação integrantes da Polícia Militar (PM-MT), Polícia Judiciária Civil (PJC-MT) e Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer). Além da prisão cumprida por mandado, seis pessoas foram detidas, entre elas, uma é menor de idade. Foram feitas apreensões de substâncias análogas pasta base de cocaína e maconha, armas, dinheiro, celulares, duas motocicletas e uma televisão.

De acordo com o titular da Delegacia de Lucas, Daniel Santos Nery, a ação desta quinta-feira dá continuidade à operação Reclusos, que tinha como alvos membros de facção criminosa atuantes no tráfico de drogas na cidade. Na primeira fase, deflagrada no mês de julho, 11 membros do grupo foram presos, entre cumprimentos de mandados de prisões preventivas e flagrantes.

“Na época, o objetivo era desarticular as lideranças que fomentavam o tráfico de drogas em Lucas do Rio Verde, porém um dos suspeitos continuava foragido. Era um alvo importante, uma vez que como ele não foi preso, acabou assumindo o tráfico na cidade inteira”, explicou o delegado.

Leia Também:  Reconhecimento, aprendizado e confraternização marcam o Dia da Policial Militar

As buscas pelo suspeito ocorriam há aproximadamente dois meses. Com informações de um possível endereço e de que outro líder do grupo teria chegado de Cuiabá e estaria escondido em sua residência, o delegado Marcelo Henrique Maidame representou pelo mandado de busca e apreensão, o qual foi deferido pela Justiça e cumprido nesta operação integrada.

Segundo as investigações, os suspeitos eram sócios no crime de tráfico e tinham status de chefia na facção criminosa, um deles atuando como “disciplina” e o outro como o responsável pelo envio rotineiro de drogas que seriam distribuídas na cidade. Em posse da ordem judicial, os policiais passaram a monitorar a residência, conseguindo confirmar a identidade dos suspeitos.

Troca de tiros

No momento em que anunciaram a presença da polícia, os suspeitos saíram para o quintal, um deles com a arma na mão, enquanto o outro tentou fugir pulando o muro e acabou detido. O suspeito armado tentou voltar para dentro da casa, momento em que foi cercado pela equipe, dando início a troca de tiros em que acabou atingido. De imediato, o suspeito foi encaminhado para o hospital com vida, porém não resistiu aos ferimentos e morreu.

Em buscas na residência, foram apreendidas porções de maconha embaladas para a venda, um tablete da mesma substância, R$ 14.305 em dinheiro provenientes de tráfico, cadernos de anotações, e aparelhos celulares que os suspeitos quebraram quando perceberam a chegada dos policiais. Dentro de um veículo Corolla, utilizado pelos suspeitos, foi encontrado mais um aparelho celular e outras porções de drogas.

Leia Também:  "Primeira-dama está fazendo história ao visitar os quilombos", destaca presidente do Conselho da Igualdade Racial

O suspeito que teve o mandado de prisão cumprido era conhecido pela polícia, alvo de investigações anteriores e já foi preso por tentativa de homicídio e tráfico de drogas. Ele também é condenado por arrombamento de caixas eletrônicos cometidos no estado de Rondônia. “Não há dúvidas sobre o vínculo deles, que eram unidos na atividade do tráfico. Por medo de ser preso, o procurado se mudou para Cuiabá e somente vinha a Lucas do Rio Verde às vezes, porém continuava atuando no envio contínuo de drogas”, explicou Maidame.

Apoio Aéreo

Segundo o coordenador do Ciopaer, coronel PM Juliano Chiroli, a equipe do Águia 03 decolou da cidade de Sorriso para Lucas do Rio Verde para apoiar as esquipes de solo, fazendo a saturação. “Após dar apoio nos pontos de cumprimento dos mandados, a equipe fez patrulhamento aéreo na cidade, saturando alguns bairros com alto índice criminal”.

O comandante do Batalhão de Lucas do Rio Verde, tenente-coronel PM Paulo Secci, ressaltou a integração das forças de segurança durante a operação. “Foi uma ação conjunta realizada com o empenho das instituições, e destaco também o apoio do comandante da PM de Mato Grosso, coronel Assis, e do comandante regional, coronel Fernando, com todo o aparato necessário para garantirmos a segurança à sociedade luverdense”.

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Com mais de 55 mil atendimentos, Centro de Triagem é exemplo de política pública que funciona

Publicados

em


Com pouco mais de três meses de funcionamento, o Centro de Triagem da Covid-19, estruturado na Arena Pantanal, ultrapassou a marca de 55 mil atendimentos à população da Baixada Cuiabana e seguirá o mês de novembro prestando um excelente serviço de Saúde Pública.

Tenho a convicção de que a somatória de todas as iniciativas priorizadas pela Saúde Estadual nos levou a uma situação de menor desconforto em relação à pandemia. Afinal, foram ampliados 173 leitos de Terapia Intensiva na Rede Estadual e 127 leitos de UTI em parceria com os municípios.

O Estado também encaminhou medicamentos e equipamentos às gestões municipais para somar esforços contra um inimigo comum, além de ter cofinanciado 432 leitos de UTI pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Mato Grosso.

Mas é significativo e relevante o fato de que a expressiva maioria das pessoas atendidas na unidade de triagem sai satisfeita com o atendimento que é prestado no local. Por meio do Centro, o Governo de Mato Grosso ofertou o teste rápido, a tomografia, as consultas médicas e, caso prescritos, os medicamentos para o tratamento da Covid-19.

Leia Também:  Deputados destacam que Mais MT vai contemplar todas as regiões do Estado

O protocolo das medicações foi, inclusive, orientado e aprovado por membros do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública, que é composto por representantes de diversas instituições técnicas.

Com o Centro de Triagem, a gestão estadual demonstrou, na prática, a consideração que o Governo nutre pela população mato-grossense, já que essa modalidade de atendimento deve ser prestada pela Atenção Básica dos municípios. 

Em meio à pandemia por uma doença desconhecida, o simples acesso a um profissional qualificado pode ser determinante, fato que nos levou ao desafio de criar um centro de testagem. Estávamos em meio ao caos quando a Arena Pantanal começou a receber os primeiros pacientes. Do primeiro dia de funcionamento em diante, o diagnóstico precoce foi fundamental para que a Saúde Pública funcionasse de forma mais efetiva.

Coincidência ou não, na mesma semana em que registramos a importante marca de 50 mil atendimentos no Centro de Triagem, também chegamos a uma taxa de ocupação inferior a 50% das UTIs do SUS em Mato Grosso.

Leia Também:  Município de Ribeirãozinho está com risco moderado de contaminação de Covid-19 em Mato Grosso

Aproveito então para enfatizar o engajamento do Governo de Mato Grosso no combate à pandemia, parabenizar as gestões municipais que foram parceiras e que trabalham neste enfrentamento e, principalmente, enaltecer o trabalho dos profissionais da saúde que atuam na linha de frente – afinal, sem o apoio e o esforço dessa classe, nenhuma ação seria possível.

Vivemos uma situação de menor desconforto em relação ao coronavírus, mas enfatizo que a população deve cooperar e seguir todas as orientações de distanciamento social. A pandemia não acabou. Em caso de sintomas leves da Covid-19, o Centro de Triagem, um dos exemplos de política pública que funciona, segue em atendimento de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h.

*Gilberto Figueiredo é secretário estadual de Saúde de Mato Grosso

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA