POLÍTICA MT

Projeto que permite cadeiras cativas na Arena Pantanal é aprovado

Publicados

em


.

Foto: JLSiqueira / Secretaria de Comunicação Social

Aprovado na sessão plenária desta quarta-feira (2), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), o Projeto de Lei nº 463/2019, que dispõe sobre a constituição do direito de uso de cadeiras cativas na Arena Governador José Fragelli, mais conhecida como Arena Pantanal.    

A matéria, que é de autoria do deputado estadual Faissal Calil (PV), foi apresentada no ano passado, e teve o parecer favorável pela Comissão de Trabalho e Administração Pública (CTAP) e pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).  Agora segue para sanção do governador Mauro Mendes. 

“Agradeço a todos os parlamentares desta Casa pela proposta aprovada. A nossa intenção é contribuir com as despesas de manutenção do estádio, que estão acima do que os cofres públicos possam suportar”, explicou o parlamentar.

O projeto determina que o direito de uso de cadeiras cativas pode se estender pelo prazo máximo de 30 anos

Além do valor de aquisição pelo título, será cobrada do comprador uma taxa anual, em valor a ser calculado também com base no mercado setorial de vendas de ingressos esportivos.

Leia Também:  Deputado constata falta de efetivo policial e viaturas na Delegacia Regional de Pontes e Lacerda

Fonte: ALMT

Propaganda

POLÍTICA MT

Ipem-MT apreende 57 balanças de pesagem de alimentos

Publicados

em


Ao todo, 57 balanças foram apreendidas pelo Instituto de Pesos e Medidas de Mato Grosso (Ipem – MT) no município de Cáceres. Os instrumentos serão destruídos nesta terça – feira (29.09), já que o proprietário não apresentou os documentos necessários para a devolução.

De acordo com o presidente do Ipem – MT, Bento Bezerra, as balanças apresentavam selos do Inmetro falsificados, além de problemas na pesagem. “Quando colocávamos o peso no meio da balança era uma medida, nos cantos, o mesmo peso sofria variações”, explica.

Para evitar situações assim é necessário que o consumidor peça os documentos antes de comprar o produto. “Muitas vezes esse tipo de instrumento é roubado, então é importante que se peça a nota fiscal que deve ter o nome do fabricante e o número da série. Também verifique se ele tem o selo do Inmetro”.

Uma forma de testar se a balança está correta, segundo o agente fiscal metrológico do Ipem, Rogério Henrique de Oliveira, é pegar um alimento com o peso conhecido. “O consumidor pega o sal de 1kg e o coloca na balança, caso ele tenha dúvida a respeito ou veja algum problema na pesagem é importante entrar em contato com Ipem”, orienta.

Leia Também:  Sexta-feira (25): Mato Grosso registra 119.728 casos e 3.375 óbitos por Covid-19

 

 

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA