POLÍTICA MT

Representantes da Sedec conhecem projeto AgriHub

Publicados

em


.

Nesta terça-feira (01.09), o secretário adjunto de Investimento, Inovação e Sustentabilidade da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec MT), Walter Valverde, e equipe reuniram-se com representante da AgriHub, desenvolvida pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato). Na ocasião o coordenador do projeto, Otávio Celidônio, fez demonstração das ferramentas tecnológicas que vem sendo realizadas pela rede de inovação formada por produtores rurais, startups, pesquisadores e investidores.

“A AgriHub é uma importante iniciativa de parcerias que buscam resolver gargalos do campo a curto e médio prazo. Todos os envolvidos direta e indiretamente com o meio rural podem ganhar com as ações inovadoras criadas nesse espaço de criação de tecnologias agrícolas”, destacou o secretário adjunto Walter Valverde.

Além de conhecer a dinâmica da AgriHub, os representantes da Sedec dialogaram sobre a possibilidade de incentivar a instalação em Mato Grosso das empresas participantes do projeto. Segundo o secretário Valverde, apenas 3% delas situam-se no estado. “Se somos grandes consumidores das inovações tecnológicas para o campo, podemos criar mais ambientes para a vinda dessas empresas para o estado. Essas empresas não precisam estar só nos grandes centros, podem estar mais perto do objeto de trabalho delas, ou seja, do campo, dos produtores mato-grossenses”.

Leia Também:  Cartilha orienta formas de arrecadação para Fundo Penitenciário

O projeto que foi lançado no final do ano passado possui mais de dez startups e trabalham atualmente para atender demandas específicas dos parceiros corporativos do projeto. Futuramente outras empresas que tem interesse em usar as tecnologias das startups com intuito de agregar inovação em seus negócios serão atendidas também pelo AgriHub.

Durante a demonstração do projeto e das ações tecnológicas que estão sendo desenvolvidas no AgriHub Space (espaço que congrega todos os parceiros), situado na sede da Famato, foi destacado pelo coordenador do projeto a importância de ter um ponto de conexão entre toda a cadeia produtiva. Mato Grosso é celeiro da produção mundial de alimento e, segundo Otávio Celidônio, é também referência em inovação para a agricultura e pecuária. A produção rentável, sustentável e com boas práticas agrícolas norteiam o desenvolvimento das ações tecnológicas das startups.

O coordenador de inovação, tecnologia e biotecnologia no agronegócio da Sedec, Raphael Bulhões Perrupato Guizardi, também participou da reunião e reforçou que o governo de MT “está aberto para futuras parcerias e criação de sinergias”.

Leia Também:  Sine MT oferece mais de 1,7 mil vagas de emprego nesta semana
Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Artistas conseguem espaço para apresentação durante a pandemia

Publicados

em


Foto: Karen Malagoli

A música foi e tem sido alento para muitos durante este período de pandemia. Nas rádios, nos aplicativos ou nas transmissões ao vivo, a música pode alimentar a esperança ou o protesto, e estes não precisam necessariamente estar em lados oposto. A contradição está em outra situação, enquanto a música ganhou papel ainda mais importante na vida humana, os músicos perderam emprego e fonte de renda.

Pensando em atender os artistas em situação de vulnerabilidade por conta da pandemia, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), por meio do Teatro Zulmira Canavarros, Assembleia Social e TV Assembleia, deram início a dois projetos, o programa de TV Arte e Cultura Mato Grosso e o Drive-in Cultural, que estreou no último final de semana.

“Buscamos atender artista que tocavam em barzinhos, que tinham exposição programada e que tiveram tudo cancelado por conta da pandemia. Então a gente entra com aporte de infraestrutura, eu faço a curadoria do programa e a Associação faz o repasse dos cachês”, explica Daniella Paula Oliveira, diretora do Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros.

Realizado em parceria com a Associação de Músicos, Compositores e Produtores de Mato Grosso, o programa Arte e Cultura Mato Grosso gravou 16 episódios até o momento e envolveu mais de 100 artistas, não somente músicos. O cantor e compositor de hip hop, Mano Raul Lázaro, foi um dos participantes e recebeu um cachê. Ele conta que toda a classe artística ficou prejudicada neste período.

Leia Também:  Deputados derrubam veto a projeto que garante a presença de fisioterapeutas 24h nas UTIs de MT

“Ficamos sem fonte de renda, não tínhamos onde nos apresentar. Eu vivia do hip hop e tive os shows suspensos”, afirma Mano Raul Lázaro, idealizador do projeto Hip Hop Combate as Drogas.

Estela Ceregatti fez a primeira apresentação do Drive-in Cultural, projeto que promove shows em um palco montado no estacionamento do Teatro da Zulmira Canavarros para que a plateia possa acompanhar do carro. Antes, porém, a artista disse que seu trabalho passou por um processo de reinvenção para se adequar à nova situação e os projetos que estavam na “estante” saíram do papel.

“Das apresentações presenciais, fomos nos reinventando. Temos outras atuações, eu e o John Stuart que é meu parceiro, todas relacionadas à música. Somos professores e rejo um coral e passamos a dar aulas virtualmente, fizemos lives que contaram com contribuições voluntárias”, exemplifica a cantora e compositora que atualmente está musicando um livro de história infantil.

Sobre a iniciativa do Teatro Zulmira Canavarros, Estela destacou que o projeto do drive-in propõe um diálogo um pouco mais próximo com o público depois de tanto tempo de afastamento e ainda oferece uma possibilidade de renda para os músicos. “É uma proposta que traz benefícios para todos, para nós músicos que passamos por um momento delicado e que podemos apresentar nosso trabalho e ser remunerado por ele e ainda às famílias que puderam sair de suas casas e acompanhar uma apresentação com estrutura legal e interação completamente inusitada”, descreveu Estela Ceregatti.

Leia Também:  Abertas inscrições para a 2ª Olimpíada de Inglês; de 1º a 31 de outubro

O programa Arte e Cultura Mato Grosso é exibido pelos canais da TVAL, sempre aos sábados, às 15 horas, com reprises às 15 horas e 20 horas de domingo. Já o projeto Drive-in Cultural inicialmente será realizado uma vez por mês e a próxima apresentação será em outubro, mas ainda não tem uma data definida.

Fonte: ALMT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA