POLÍTICA MT

Secel divulga resultado das primeiras solicitações de renda emergencial da cultura

Publicados

em


A análise do primeiro lote de solicitações para recebimento do auxílio emergencial da cultura foi divulgada na terça-feira (13.10).  O resultado preliminar pode ser conferido no site www.cultura.mt.gov.br/lei-aldir-blanc.

Para confirmação dos requisitos exigidos na Lei Aldir Blanc, a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) conta com a validação e cruzamento de dados realizados pela Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) e pela Dataprev, empresa de tecnologia do Governo Federal. Além disso, os cadastros passam por checagem de validadores instituídos em portaria.

O sistema da Dataprev cruza todas as bases federais e cadastros nacionais necessários para verificar a elegibilidade dos profissionais da cultura. Dentre os dados, a empresa de tecnologia federal informa se o requerente possui emprego formal ativo, seguro desemprego, benefício previdenciário ou assistencial. Ainda são conferidas informações sobre recebimento do auxílio emergencial da pandemia e se a renda do trabalhador e sua família estão de acordo com as exigências da regulamentação federal.

Nesse primeiro lote, o acesso aos resultados foi realizado de cadastro em cadastro, de forma manual, situação que reduziu a agilidade.  Para os próximos cadastros enviados, a Dataprev prevê um segundo módulo que vai permitir aos gestores municipais e estaduais fazer as entradas em bloco. 

Leia Também:  Governador vistoria área para construção de casas populares em Tabaporã

Já o cruzamento de dados da Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) identificou que 38% dos solicitantes não fazem jus ao recebimento do benefício por já terem recebido o auxílio emergencial do governo federal , ou por terem Cadastro de Pessoa Física (CPF) inválido ou por serem servidores públicos do Estado. Na checagem, a CGE cruzou os dados do Sistema de Administração de Pessoas do Estado de Mato Grosso (Seap) com dados importados do Portal de Transparência do Governo Federal.

Na validação final realizada pela Secel, as principais reprovações se referem à comprovação da atuação social ou profissional na área cultural nos últimos dois anos. 

Para manter o período de três dias de recurso, o prazo de manifestação foi prorrogado para o dia 16 de outubro. A complementação de documentos e a correção de informações devem ser feitas no site de cadastramento (www.estadodoamanha.com.br), acessando o próprio login usado para requerimento do benefício. 

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Mais de 12 mil pessoas participaram da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

Publicados

em


Cerca de 12 mil pessoas participaram da 17ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) realizada de forma totalmente virtual pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), entre os dias 20 e 23 de outubro. Nesta sexta-feira (23), no encerramento do evento, 40 premiações foram conferidas aos vencedores da XII Mostra Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (MECTI) e da Maratona Teen 2020.

Segundo a superintendente de Desenvolvimento Científico Tecnológico e de Inovação da Seciteci, Lectícia Figueiredo, o objetivo principal do evento foi alcançado e a estimativa de público superada.

“Ainda que de forma virtual conseguimos fomentar e popularizar a ciência, e justamente por ser de on-line, até pessoas de outros lugares do mundo puderam nos acompanhar. Recebemos cerca de 9 mil inscritos para o evento e mais uns 3 mil participaram pelo Youtube, além disso tivemos aproximadamente 85 mil visualizações nas plataformas, então estamos muito felizes com este resultado”, disse.

Para os vencedores da MECTI foram distribuídos 25 prêmios e a lista de alunos está disponível no site oficial do evento AQUI.

Dois alunos ensino fundamental e quatro do ensino técnico, ganharam prêmios nas categorias: ciências, engenharias e economia criativa. Cada um recebeu um smartphone e um óculos de realidade virtual.

Dezesseis alunos do Ensino Médio se sagraram vencedores nas categorias: ciências, engenharias e economia criativa. O prêmio para eles foi uma bolsa de Iniciação Científica Junior (ICJ), durante 12 meses, ofertadas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) e pela Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat).

Leia Também:  Rede de Ouvidorias atende mais de 1,1 mil demandas sobre a Covid-19

A aluna Maria Eduarda Dede Cavalcante, da Escola Estadual Gov Jose Fragelli, de Cuiabá,  foi a vencedora do prêmio da Feira Brasileira de Ciência e Engenharia (Febrace) da Universidade de São Paulo (USP). Ela apresentou um projeto para a elaboração de uma barra de cereal para atletas.

A aluna Kayllane Fabian Duarte da Costa, da Escola Estadual Presidente Médici, de Cuiabá, ganhou a premiação oferecida pelo Instituto Farmun. Ela apresentou um projeto de barragem subterrânea ecológica, para prevenir o déficit hídrico do solo e foi premiada com um Curso de inglês pelo Wiseup, um intercâmbio de estudos nos Estados Unidos por um período mínimo de três meses e a escola dela levou uma premiação no valor de R$ 25 mil, para desenvolver um projeto elaborado entre a escola e o Instituto Farmun.

A coordenadora do Instituto Farmun, Juliana Pasqualino, ressaltou a importância de apoiar e investir em projetos e iniciativas científicas, para o desenvolvimento e progresso do Estado.

“A premiação é uma forma de incentivar e motivar estes jovens cientistas a continuar estudando e desenvolvendo os projetos deles. A nossa expectativa é que eles cresçam cada dia mais e se tornem grandes cientistas e que também sejam revelados novos  cientistas para o mundo” diz.

Ao todo foram entregues 13 premiações para os integrantes das três equipes vencedoras da Maratona Teen 2020.

Leia Também:  Alunos de 83 escolas de ensino médio participam de palestra sobre empreendedorismo

Em primeiro lugar ficou a equipe FabDev (com 5 pessoas), que ganhou um curso em Programa de Educação Tecnológica e uma mentoria de 5 horas, oferecidos pelo Instituto Jovem Empreendedor (IJE). Ganharam ainda uma mentoria para desenvolvimento do Canvas Social e da Estratégia para 2021, além de 5 horas de consultoria e conexões com mentores internacionais e um óculos de realidade virtual para cada membro da equipe.

Em 2º e 3º colocados as equipes Tech Learning (com 4 pessoas) e  The Script (com 4 pessoas), respectivamente, ganharam uma mentoria de 5 horas oferecida pelo IJE e um óculos de realidade virtual para cada integrante das equipes.

Além disso, duas alunas ganharam prêmios por engajamento nas redes sociais, a aluna com o maior número de curtidas em seus projetos ganhou um livro, um pendrive e um óculos de realidade virtual. A segunda colocada, com mais curtidas ganhou um óculos de realidade virtual.

A 12ª MECTI foi realizada em parceria com o Instituto Farmun e contou com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI)

São parceiros da SNCT a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), o Instituto Farmun, a Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (FIEMT), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a empresa Titânia Telecom.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA