POLÍTICA MT

Secel e Unemat se unem para implantar primeiro centro de desenvolvimento esportivo em Mato Grosso

Publicados

em


.

A implementação do primeiro centro regional de desenvolvimento esportivo em Mato Grosso está sendo pleiteada na mais nova ação de parceria entre a Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) e a  Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). Na semana anterior, representantes dos órgãos estaduais apresentaram o projeto à Fabíola Molina, secretária Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social, pasta vinculada ao Ministério da Cidadania.

Chamado de Centro Regional de Desenvolvimento Esportivo da Região Oeste do Estado de Mato Grosso, o ambiente deverá ser implantado no campus da Unemat, em Cáceres. A instituição de ensino superior pública possui um centro interdisciplinar de pesquisa em esporte e exercício físico que aglutina pesquisadores e grupos de pesquisa envolvidos no projeto. Além disso, os cursos de graduação e pós-graduação existentes na universidade poderão oferecer suporte para diferentes ações.

“O conceito é termos um centro especializado em formação de base, dando suporte ao jovens atletas para continuarem avançando nas etapas de formação esportiva. Também atuaremos na formação de treinadores para trabalhar no desenvolvimento desses jovens. É um projeto que prevê estrutura que abarca tanto laboratório e pesquisa quanto instalações e equipamentos esportivos como ginásio, piscina e pista, e sustentado por uma abordagem interdisciplinar”,  esclarece o coordenador do Centro Interdisciplinar de Pesquisas em Esporte e Exercício Físico da Unemat, professor Riller Reverdito.

Leia Também:  Cidadão já pode retirar senha pela internet para atendimento do Centro de Triagem

O professor doutor Riller Reverdito apresenta o projeto à Fabíola Molina

Além disponibilizar infraestrutura e conteúdos facilitadores para o desenvolvimento dos jovens no esporte, o centro de desenvolvimento esportivo visa formar recursos humanos especializados para intervenção na fase de iniciação, formação e especialização esportiva e apoiar a pesquisa e ensino aplicada ao esporte de base. O espaço ainda tem como objetivo contribuir para a democratização do acesso ao esporte na comunidade, com foco nas populações em situações de vulnerabilidade social.

Para garantir a continuidade das ações a longo prazo, o projeto contou com estudo de viabilidade, capacidade técnica, recursos humanos e financeiros. Outros aspectos para a implantação de uma proposta consistente e sustentável também foram levadas em consideração, tais como gestão realizada por profissionais especialistas, espaços e equipamentos compatíveis com as exigências oficiais, apoio psicossocial e educacional ao jovens atletas e transferência do conhecimento produzido no Centro, etc.

De acordo com o secretário adjunto de Esporte e Lazer da Secel, Jefferson Carvalho Neves, a parceria com a Unemat no planejamento de operação e gestão do centro esportivo reforça o papel do Estado como formador de cidadãos e de jovens talentos para o esporte brasileiro.

Leia Também:  CPI do Feminicídeo encerra os trabalhos

“Esse grandioso projeto vem pra complementar ações executadas pela Secel na formação  de jovens atletas, como os Jogos Escolares, por exemplo. A apresentação à representante da Secretaria Nacional do Esporte foi mais uma fase para sua implementação, estamos confiantes e continuaremos atuando junto com a Unemat para que Mato Grosso tenha seu primeiro centro de desenvolvimento esportivo, começando pela região oeste”, finaliza Jefferson.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA MT

Educadores viajam 130 quilômetros para entregar apostilas a estudantes de comunidade rural em MT

Publicados

em


.

Educadores das escolas da rede estadual não estão medindo esforços para levar material impresso para estudantes que não têm acesso a internet. Em alguns casos, fazem um trajeto de mais de 130 quilômetros de ida e volta para deixar as apostilas nas mãos dos estudantes.

A Escola Estadual Pedro Barbosa, localizada na comunidade de Entre Rios, no município de Nova Ubiratã (a 502 quilômetros ao norte da Capital), em parceria com a Secretaria Municipal de Educação do Município, está percorrendo as propriedades rurais onde residem os estudantes para fazer a entrega.

Segundo a diretora Jussara Zimmermann, são alunos do ensino médio e educação de jovens e adultos (segmento ensino fundamental) de cinco comunidades num total de 114 apostilas. As viagens são feitas com ônibus do transporte escolar que também levam o material impresso da rede municipal de Nova Ubiratã.

Na primeira viagem, a gestora acompanhou a entrega e, para muitos alunos, foi uma surpresa agradável a chegada do ônibus, pois muitos alunos acreditavam que as aulas presenciais haviam iniciado.

Leia Também:  "Obras não precisam ser grandiosas para ficarem marcadas", afirma secretário de Infraestrutura

“Tivemos que abrir as porteiras para chegar até as casas dos alunos, nas propriedades rurais. Ninguém sabia das aulas não presenciais. Deixamos as apostilas e avisamos o dia em que retornaríamos para trazer a nova apostila e levar essa primeira respondida. A expectativa de toda a equipe gestora é que os alunos consigam desenvolver o melhor possível as atividades”, destaca a diretora.

Como a maior parte dos alunos receberão as apostilas, os professores viajarão nas próximas etapas já com a correção comentada das atividades. Ficarão à disposição para tirar dúvidas.

Mesmo com conteúdo voltado para a realidade local, os alunos também estudam para o Enem. Da EE Pedro Barbosa, saíram profissionais com curso superior, como um dentista e enfermeiros que trabalham na rede municipal de saúde. Alguns professores que atuam na unidade escolar são ex-alunos.

Para os estudantes com acesso à internet que residem na comunidade Entre Rios, eles terão aula pela plataforma Microsoft Team e também terão sistema de atendimento pelo WhatsApp.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA