POLÍTICA MT

Seciteci abre inscrições para a XIII Mostra Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação

Publicados

em


Estão abertas as inscrições para a ‘13ª Mostra Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (XIII Mecti)’ que será realizada pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) entre os dias 19 a 21 de outubro. Assim, como em 2020, neste ano, o evento será em formato totalmente virtual, para fomentar projetos voltados ao tema “Ciências; Engenharias e Economia Criativa”. As inscrições são gratuitas e deverão ser realizadas no site oficial até o dia 30 de setembro AQUI.

A XIII MECTI será realizada em parceria com o Instituto Farmun, com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat), além do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI). O evento ocorrerá juntamente com a 18ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), que neste ano, vai tratar sobre a transversalidade da ciência e tecnologia e inovações para o planeta.

O secretário da Seciteci, Nilton Borgato, ressalta que o objetivo principal da mostra é fomentar a pesquisa científica dentro das unidades escolares e facilitar os caminhos para a divulgação.

“Este ano os alunos poderão elaborar projetos em diversas áreas da Ciência, como agrárias, biológicas, humanas, saúde, sociais, além de engenharias e economia. A ideia é promover os projetos e incentivar escolas a criarem pesquisas, protótipos, instrumentos, além de ofertar condições para explicar os fenômenos de forma lógica, coerente e consistente, por meio de métodos de observação e experimentação”, explicou o secretário.

Leia Também:  PM realiza troca de comando do 9º Batalhão nesta quinta-feira (23)

A superintendente de Desenvolvimento Científico Tecnológico e de Inovação da Seciteci, Lectícia Figueiredo, explica que as avaliações dos projetos apresentados serão realizadas com data e hora marcadas, por meio da plataforma Google Meet, os inscritos receberão o link para apresentação dos trabalhos. No dia 8 de outubro serão divulgados os projetos selecionados.

“Os alunos poderão ser inscritos em duas categorias: estudantes do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental ou estudantes do Ensino Médio e Técnico. Todos devem estar regularmente matriculados em escolas da rede pública ou privada de Mato Grosso”, disse.

Ao todo serão premiados 30 projetos, distribuídos em cada categoria. Os nove selecionados para primeiro lugar, no Ensino Fundamental, Médio e Técnico terão como premiação um smartphone e um óculos de realidade virtual para cada aluno. O melhor projeto nas categorias Ensino Médio ou Técnico será indicado para participar da Feira Brasileira de Ciência e Engenharia (Febrace), da USP.

Os 24 melhores projetos do Ensino Médio, selecionados na avaliação serão premiados com uma bolsa de Iniciação Científica Junior (ICJ) com duração de um ano, para cada aluno. Para os três melhores projetos avaliados nas categorias de Ciências, Engenharia e Economia criativa, os professores/orientadores receberão uma bolsa ATP-A (CNPq) por 6 meses.

Leia Também:  CPI da Renúncia Fiscal ouve amanhã (24), às 10 horas, o produtor rural Antônio Galvan

Além disso, o Instituto Farmum premiará o projeto mais pontuado na XIII MECTI, voltado ao tema Agro, sendo que as categorias: Ciências; Engenharias e Economia Criativa podem ser relacionadas ao tema. O aluno vencedor ganhará um curso de inglês pelo Wise Up com duração de seis meses e um intercâmbio nos Estados Unidos por um período mínimo de três a seis meses na área do Agro, com custeio da viagem.

A escola onde o aluno vencedor estuda ganhará uma premiação em dinheiro, no valor de R$ 25 mil, para desenvolver um projeto que será elaborado entre a escola e o Instituto Farmun. Além disso, neste ano a Farmun premiará o professor/orientador do projeto vencedor, no qual receberá um curso de capacitação de acordo com a área de atuação do profissional.

Outras informações: (65) 99981 6942, ou pelo e-mail:  [email protected]

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Primeira-dama de MT participa de inauguração do ‘Núcleo Florescer’ do projeto Chita & Fuxico

Publicados

em


Neste sábado (25.09) aconteceu a inauguração do segundo núcleo de produção formal do Chita & Fuxico da BPW, que tem como embaixadora do projeto a primeira-dama do Estado, Virginia Mendes. O Núcleo Florecer foi instalado no instituição Seara de Luz, no bairro Liberdade, em Cuiabá.

O objetivo do núcleo é ser um espaço que receba mulheres em situação de vulnerabilidade social, para dar qualificação a elas através da costura, tendo como principais elementos a chita e o fuxico, gerando renda as assistidas. Outro objetivo também é fazer do projeto ‘Chita & Fuxico’ uma grife regional, com projeção para o mercado da moda em nível nacional e internacional. Esse é o segundo núcleo instalado, tendo como primeiro o Núcleo Flor Ribeirinha, localizado no Quintal da Domingas no bairro São Gonçalo Beira Rio.

“É gratificante receber esse projeto e sermos prestigiadas pela primeira-dama Virginia Mendes aqui no Seara de luz. Esse projeto ampara as mulheres em situação de vulnerabilidade social. É uma oportunidade de trabalho e de qualificação profissional de “ensinar a pescar”, e é isso que a gente quer, criar maneiras para que as pessoas caminhem com as suas próprias pernas e saiam da exclusão”, contou Elione Fátima, presidente da Seara de Luz.

Leia Também:  Cuiabá promove o 1º Encontro Municipal "Sua Vida Importa" inscrições para palestra de abertura estão abertas

A inauguração de hoje uniu a força dos projetos Chita & Fuxico e a MT Mamma – Amigos do Peito, que já reforça a importância da Campanha Outubro Rosa 2021. Juntos, os dois projetos criaram a coleção ‘Mamma&Chita’, que traz uma edição limitada de camisetas e máscaras da campanha Outubro Rosa customizada pelas mulheres ribeirinhas assistidas pelo projeto. Essa união irá proporcionar renda em prol das pessoas em tratamento e pós-tratamento do câncer de mama e de mulheres ribeirinhas em situação de vulnerabilidade social, já que o valor arrecado na venda será dividido entre os dois projetos.

Durante a inauguração aconteceu o desfile da coleção ‘Mamma&Chita’ que mostrou a edição limitada das camisetas da MT Mamma customizadas. A primeira-dama de Mato Grosso abriu o desfile acompanhada por sua filha, Maria Luiza.

“A Virginia Mendes veio abrilhantar o nosso desfile, entrando com a sua filha Maria Luiza. Esse gesto reforça a importância dos dois projetos e fortalece as nossa ações”, disse Zilda Zompero, coordenadora da comissão de responsabilidade social da BPW.

“Estou muito feliz por fazer parte desses projetos! É a união de duas causas extremamente importantes que dá forças para as mulheres que lutam contra o câncer e também às mulheres que precisam de uma renda para manterem o seu lar. Me sinto honrada por estar aqui e poder contribuir com essas ações”, disse a primeira-dama de Mato Grosso.

Leia Também:  Cerca de 300 pessoas são abordadas na ação integrada "Amigo da Rodada" em Cuiabá

Para a diretora administrativa da MT Mamma, Margarete Torres é muito importante ter o apoio da primeira-dama Virginia Mendes na união desses ações. “A primeira-dama representa todas as mulheres do Estado, para nós é uma honra termos o apoio dela nesse projeto, porque ela sabe a importância da causa social e da ajuda ao próximo. É uma mulher que faz a diferença, que é voluntária e que faz realmente as coisas acontecerem. A Virginia Mendes tem o poder de sensibilizar as pessoas e isso é muito importante para as causas sociais”, ressaltou Margarete.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA