POLÍTICA MT

Seciteci faz testagem em 100 servidores para detectar Covid-19

Publicados

em


.

Apenas um colaborador da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), que presta serviço terceirizado, foi detectado com o vírus da Covid-19 durante os três dias de testagem gratuita da Covid-19, realizada em 100 servidores em atividades presenciais. A ação executada sem gastos públicos ocorreu por meio de parceria com o Instituto Patris.  

Segundo o secretário da Seciteci, Nilton Borgato, a iniciativa demonstra um cuidado da gestão com os colaboradores, além de cumprir o papel de reduzir os gastos públicos.

“Eu recebi muitos elogios por esta ação inédita em relação ao poder executivo estadual, pois é a primeira secretaria do Estado que promove a realização da testagem em massa de seus servidores, sem o uso de recursos públicos, pois o ato ocorreu por meio de uma parceria com o Instituto Patris” disse o gestor.

O presidente do Instituto Patris, Vittor Galdino, diz que a escolha da Seciteci para ser contemplada com a ação vem de encontro ao objetivo da instituição.

“O instituto escolheu a Seciteci por conta da afinidade entre o objeto social do nosso estatuto que atua busca avanços no setor de saúde e o corpo deliberativo da secretaria que atua na área de tecnologia, ciência, inovação se encaixando no perfil que buscamos para traçar os estudos voltados ao contágio e prevenção da doença”, falou.

Leia Também:  Audiência pública para apresentação de metas fiscais é adiada

Os testes rápidos foram realizados nos dias 08, 09 e 10 de setembro no horário de expediente. Durante a ação foi detectado que um dos trabalhadores, que atua na segurança do prédio estava contaminado e ele foi imediatamente afastado das funções.

O superintendente de Projetos e Captação de Recursos (SPCR), Jun Sakamoto, explica que a testagem é uma forma de assegurar a saúde dos colegas de trabalho e dos familiares dos servidores.

“Imediatamente após a constatação, ele foi substituído por outro colaborador e orientado a se manter em isolamento domiciliar, para evitar contaminar outras pessoas. Ele é assintomático, portanto somente por meio do teste seria possível identificar a presença do vírus e evitar mais contágios”, explicou.

Foram testados os servidores, prestadores de serviços e estagiários da Seciteci, Fapemat e os servidores da Unemat que atuam na sede da secretaria. Os trabalhadores que são do grupo de risco e por isso estão em home office, foram dispensados dos exames.  A ação contemplou o teste rápido com emissão de laudos.

De acordo com o coordenador de Captação de Recursos e Parcerias, Thiago Marques, os cuidados adotados pela gestão desde o início da pandemia fez com que a maioria dos resultados fosse negativos para a doença.

Leia Também:  TVAL produz documentário sobre a maior queimada da história do Pantanal

“Agora a equipe está mais tranquila em relação à infecção, estamos retomando as atividades de maneira segura e vamos continuar buscando mais parcerias para ações como estas sem onerar os cofres públicos. É válido reforçar que os cuidados necessários devem continuar para evitar contaminações e contágios” orientou o coordenador.

Cuidados necessários

É importante ressaltar que todas as pessoas que estão com suspeita ou já foram confirmadas com o coronavírus, sejam servidores públicos ou não, que estejam com sintomas leves da doença devem cumprir a quarentena em isolamento domiciliar. A Seciteci orienta constantemente aos servidores sobre a necessidade de adotar a quarentena e isolamento social.

Inclusive a secretaria segue os protocolos estabelecidos pelos órgãos de saúde quanto às medidas de proteção de seus servidores, distribuindo álcool em gel para os departamentos e exigindo uso de máscara facial de todos.

Além disso, as medidas de prevenção precisam ser seguidas por todos os profissionais também fora do ambiente de trabalho, ou seja, em suas casas, ou ambientes externos como supermercados, farmácias, etc., além de manter o distanciamento social, evitar aglomerações e manter a rotina de higienização das mãos e uso de máscaras de tecido em locais públicos.

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Avallone destina emendas para telefonia e internet móvel na região de Nobres

Publicados

em


Deputado Carlos Avallone visita região de Nobres beneficiada com telefonia e internet

Foto: DIVULGAÇÃO / ASSESSORIA

O problema da falta de sinal de internet e telefonia em alguns dos principais pontos turísticos de Mato Grosso será resolvido com a destinação de emendas do deputado estadual Carlos Avallone (PSDB). Neste final de semana, ele esteve visitando a região de Nobres, mais precisamente os distritos de Bom Jardim e Coqueiral.

Participaram da visita membros da equipe da Secretaria Adjunta de Turismo de Mato Grosso e representantes da empresa que irá implantar repetidoras e torres de telefonia e internet 4G na região, que vão permitir a captação dos sinais de duas grandes operadoras nacionais.

 “Essas obras serão realizadas com duas emendas que estou destinando para cumprir meu compromisso com o desenvolvimento do turismo regional. Eu tive reuniões muito produtivas, conversei com o pessoal do turismo nas pousadas, na presença do secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Nobres, Acendino Mendes de Souza. Precisamos avançar, dar condições para que os municípios turísticos se desenvolvam”, disse Avallone.

Leia Também:  Sefaz inicia projetos de modernização da gestão fiscal e aperfeiçoamento da administração tributária

O deputado agradeceu o apoio do secretário de Desenvolvimento Econômico, Cesar Miranda, e do secretário-adjunto de Turismo, Jefferson Preza Moreno, que reconhecem a importância destas obras para o turismo de uma das regiões mais atrativas de Mato Grosso, visitadas anualmente por milhares de turistas brasileiros e estrangeiros.

Fonte: ALMT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA