POLÍTICA MT

Sesp dá início à campanha Outubro Rosa com live sobre prevenção

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) iniciou a campanha mundial “Outubro Rosa”, que visa chamar a atenção para a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama e o tratamento adequado da doença. A Gerencia de Saúde e Segurança (GESS) promoverá eventos sobre o tema, com início nesta quinta-feira (08.10), por meio de uma live, às 20h. A transmissão será feita pelo perfil da Superintendência de Gestão de Pessoas no Instagram.

O objetivo da campanha é a sensibilização sobre a importância do diagnóstico precoce e o tratamento adequado da doença. Reforça também a necessidade de toda mulher conhecer suas mamas e saber como fazer o autoexame.

Segundo a coordenadora da Gerência de Saúde e Segurança, Leila Cirqueira, quando se observa o corpo com frequência, aumentam as chances de perceber alterações e procurar os serviços de saúde. “Vale ressaltar que 80% dos tumores são descobertos pela própria paciente”.

Além disso, os eventos e a campanha visam possibilitar aos servidores o acesso às informações sobre a doença, diagnóstico, tratamento, redes de cuidados e apoios, entre outras informações diretamente relacionadas à patologia. “Pretende-se, também, oferecer conhecimentos sobre cuidados específicos com o corpo, relacionados à saúde íntima, saúde nutricional e beleza”, destaca Leila.

Leia Também:  Atletas do projeto Jiu-Jitsu Rotam da PM conquistam sete medalhas em campeonato brasileiro

Programação

A programação começará com a live nesta quinta-feira (08.10), às 20h, com o tema “O que é o MT Mamma?”.  A live terá a participação da presidente do MT Mamma, Cleuza Dias Leite, da agente do Sistema Socioeducativo, Laura Ormond, e da assistente social Josiane Lara, como facilitadora.       

Na próxima quarta-feira (14.10) será provido o “Dia D”, onde todos foram orientados a irem trabalhar vestidos de rosa em alusão à prevenção do câncer de mama. Será promovida também a entrega de laços no prédio da Sesp-MT.

No mesmo dia, às 20h, será realizada a segunda live no Instagram com o tema “Autoconhecimento e saúde do assoalho pélvico”. Será realizada também oficina teórico-prática sobre a saúde do assoalho pélvico, com exercícios práticos de contração da musculatura do períneo, como prevenção da fraqueza muscular da região, causadora dos prolapsos, incontinência urinária, disfunções sexuais e outras condições patológicas. A live e oficina terão como convidada a fisioterapeuta Danielle Amorim e a servidora da GESS, Elka Victorino, será a facilitadora.

Na terça-feira (20.10), às 20h, será realizada a terceira live da campanha com o tema “Nutrição para prevenção do câncer e beleza feminina”. Conjuntamente, será promovida a oficina teórico-prática sobre a saúde nutricional do corpo feminino, com orientações sobre alimentação saudável para prevenção de patologias de ordem degenerativa, autoimune e câncer com a nutricionista Júlia Domingues e a servidora da GESS, Elka Domingues, como facilitadora.

Leia Também:  Deputados destacam que Mais MT vai contemplar todas as regiões do Estado

Serão enviados informativos semanais relacionados ao tema, todas às quartas-feiras do mês de outubro. Para mais informações, a Coordenadoria de Gestão de Pessoas (SUGP) e a Gerência de Saúde Segurança estão disponíveis pelo perfil no Instagram @sespgestaodepessoas ou pelos telefones (65) 3613-5563 e (65) 3613-8131.

(Sob supervisão da jornalista Nara Assis)

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Município de Ribeirãozinho está com risco moderado de contaminação de Covid-19 em Mato Grosso

Publicados

em


Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta quinta-feira (29.10) mais uma atualização do panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso. O Boletim Informativo n° 235 mostra (a partir da página 12) que o município de Ribeirãozinho configura na classificação com risco “moderado” para contaminação do novo coronavírus.

Os demais 140 municípios estão na classificação de risco “baixo”, indicado pela cor verde e não apresentam grandes riscos de contaminação. Nenhuma cidade de Mato Grosso foi classificada com risco “muito alto”, indicado pela cor vermelha que representa alerta máximo de contaminação.

O sistema de classificação que indica o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades. Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da SES-MT.

Leia Também:  "Vamos revolucionar MT com casas populares e muitas ações de impacto no social", destacou a primeira-dama Virginia Mendes

Veja a tabela de classificação de risco por município

 

Recomendações e cuidados

– Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

– Usar máscara quando sair de casa;

– Evitar aglomerações;

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA