POLÍTICA MT

Sinfra vistoria melhorias rodoviárias realizadas pela Concessionária Via Brasil

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), por meio da Secretaria-adjunta de Logística e Concessões, está vistoriando os trabalhos realizados pela empresa Via Brasil MT 320 Concessionária de Rodovia para a recuperação e melhoria das MT-320 e MT-208, em Alta Floresta, região Norte de Mato Grosso.

Os investimentos realizados atendem ao Plano de Exploração Rodoviário do contrato de concessão de 188 quilômetros da MT-320 e MT-208 – no trecho entre os municípios de Alta Floresta,  Nova Santa Helena, Colíder, Carlinda e Nova Canaã do Norte – assinado no ano passado. 

A concessão, que tem prazo de 30 anos, previa que as melhorias se iniciassem já no primeiro ano da formalização do contrato.  Por essa razão, a equipe da Sinfra está percorrendo todo o trecho concedido e verificando in loco o trabalho realizado, segundo o secretário adjunto de Concessão e Logística, Huggo Waterson.

“Em cumprimento ao Plano de Exploração Rodoviário firmado com a Via Brasil MT-320, a Sinfra efetua vistoria conjunta com a Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Mato Grosso, a fim de receber os trabalhos iniciais realizados pela Concessionária”, disse o secretário.

Leia Também:  Botelho participa do lançamento do Programa Mais MT e destaca atuação da Assembleia

Secretário Huggo Waterson (meio) vistoria melhorias na MT-320.

Entre os primeiros trabalhos já executados estão os serviços de rejuvenescimento do pavimento das rodovias,  a recuperação de sinalização vertical e revitalização da horizontal, além de uma melhoria generalizada com a conservação rotineira através da limpeza da pista e acostamento; recuperação preliminar de pavimento; tratamento do canteiro central; restauração preliminar de artes especiais; complementação de dispositivo de proteção e segurança.

Além disso, a Sinfra vistoriou como tem funcionado o atendimento ao usuário da rodovia, por meio da disposição da equipe de operação, de ambulâncias, guinchos, caminhão-pipa e veículo inspeção de tráfego, por exemplo, necessários para garantir a segurança na rodovia.

Com este trecho concessionado, o Governo de Mato Grosso soma sete contratos de concessão vigentes, totalizando 923,4 quilômetros de rodovias repassados à iniciativa privada para a prestação dos serviços de conservação, recuperação, manutenção, implantação de melhorias e operação rodoviária.

Sinfra vistoria melhorias realizadas pela Concessionária Via Brasil na MT-320

Novas concessões 

Além disso, o Governo do Estado está com o maior programa de concessão já lançado em Mato Grosso, que ocorre por meio da iniciativa privada e também de chamamento público junto a Organizações da Sociedade Civil sem fins lucrativos (OSCs).

Leia Também:  Projeto de aluno sobre aplicativo para análise meteorológica é contemplado com bolsa de iniciação científica

O edital de concessão de três lotes de rodovias estaduais à iniciativa privada, totalizando 512 quilômetros, bem como os editais de chamamento público para parceria pedagiada em um trecho de aproximadamente 409 quilômetros de rodovias, já estão publicados.

Por meio de concessão comum serão 140,6 quilômetros da MT-130, no trecho de Primavera do Leste a Paranatinga, além das rodovias MT-246, MT-343, MT-358 e MT-480, nos trechos de Jangada a Itanorte, totalizando 233,2 quilômetros. Também serão concedidos 138,4 quilômetros da MT-220, no trecho entre Tabaporã e Sinop.

Já as parcerias pedagiadas compreendem um trecho de 310,9 quilômetros das rodovias MT-010, MT-249 e MT-235, em Diamantino, Nova Mutum e Campo Novo do Parecis, respectivamente. Além disso, está prevista a parceria em outros 108,4 quilômetros da MT-480, em Tangará da Serra.

Fonte: GOV MT

Propaganda

POLÍTICA MT

Governo dá início à construção da ponte de concreto sobre o Rio Bandeira

Publicados

em


O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), iniciou a construção da ponte de concreto na MT-400, sobre o rio Bandeira, na comunidade de Porto Bandeira, no Distrito da Guia, em Cuiabá.

A obra é a realização de um pedido antigo da comunidade centenária e uma importante ligação da comunidade de Porto Bandeira às comunidades vizinhas Tarumã e Sucuri, além de permitir o acesso dos moradores à Capital por um caminho mais seguro.

A ponte terá uma extensão de 40 metros e, até o momento, 11% dos serviços previstos já foram executados. Estão previstos de serem iniciados, já na próxima semana, as atividades de fundação da ponte, de acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira.

“Essa ponte é um pedido antigo. Essa região tem uma circulação grande de draga, de carregamento de  cascalho e areia. A obra vai trazer segurança não apenas aos empresários, mas especialmente à toda comunidade que precisa trafegar por essa ponte para chegar em Cuiabá”, disse o secretário.

Leia Também:  Sema suspende atividades do Parque Mãe Bonifácia

Ainda segundo Marcelo de Oliveira, essa ponte representa o início de um projeto de pavimentação interligando, no futuro, a região Oeste de Cuiabá por uma nova via asfaltada.

A obra é a realização de um pedido antigo da comunidade centenária 

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA