POLÍTICA NACIONAL

Ciro Gomes tem diagnóstico positivo para a Covid-19

Publicados

em


source
Ciro Gomes com o dedo em riste e de terno
Agência Brasil

Ciro Gomes foi diagnosticado com a Covid-19

O ex-presidenciável Ciro Gomes (PDT) testou positivo para a Covid-19 , doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2), nesta terça-feira (13).

Em uma publicação feita no Facebook, Ciro disse que “mesmo tendo tomado todos os cuidados e de ter seguido os protocolos exigidos pelas autoridades sanitárias, apresentou sintomas leves de gripe”.

Os sintomas, de acordo com o comunicado, começaram no sábado (10), o que fez ele passar por um exame que saiu hoje. Na publicação, Ciro diz que “está bem, com acompanhamento médico e em isolamento em casa”.

A mulher dele, Giselle Bezerra, também passou por um teste, mas o dela deu negativo. Por precaução, ela está seguindo o mesmo protocolo de isolamento.

Leia Também:  Guedes diz que Brasil está mais preparado para eventual segunda onda de covid-19
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

‘Procura outro para pagar tua vacina aí’, diz Bolsonaro em novo ataque a Doria

Publicados

em


source
bolsonaro
Reprodução/Facebook

‘Procura outro para pagar tua vacina aí’, diz Bolsonaro em novo ataque a Doria

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a atacar o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e disse que o governo federal não vai comprar a vacina CoronaVac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. A declaração foi feita durante uma live semanal realizada nas redes sociais, nesta quinta-feira (29) à noite.

“Ninguém vai tomar a tua vacina na marra não, tá ok? Procura outro. E eu que sou o governo, o dinheiro não é meu, é do povo, não vai comprar tua vacina também, não, tá ok? Procura outro para pagar tua vacina aí”, disse ele.

Na última semana, Bolsonaro desautorizou seu ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que havia informado que o governo federal compraria 46 milhões de doses da CoronaVac.

Leia Também:  Guedes diz que Brasil está mais preparado para eventual segunda onda de covid-19

“Já mandei cancelar, o presidente sou eu, não abro mão da minha autoridade”, disse.

Apesar das negativas contra a vacina ‘chinesa’, Jair Bolsonaro já tinha assinado, em agosto, uma medida provisória que libera R$ 1,9 bilhão para produção, compra e distribuição de 100 milhões de doses do imunizante desenvolvido pela Universidade de Oxford em parceria com o laboratório Astrazeneca. No Brasil, a pesquisa sobre esse imunizante é liderada pela Fiocruz.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA