POLÍTICA NACIONAL

Comissão promove seminário sobre violência contra idosos

Publicados

em


Depositphotos
Saúde - geral - pessoa camada - home care - idoso
15 de junho é o Dia Internacional de Conscientização Contra Violência contra Idosos

A Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa da Câmara dos Deputados promove seminário na próxima sexta-feira (18) para marcar o Dia Internacional de Conscientização Contra Violência contra Idosos, 15 de junho.

O pedido para realização do seminário é da deputada Paula Belmonte (Cidadania-DF). Ela lamenta que ainda sejam recorrentes notícias sobre abusos e agressões contra idosos. Belmonte espera promover debate sobre políticas públicas para os idosos. Ela destaca iniciativas do cenário internacional, como o Plano Internacional de Ação sobre o Envelhecimento (PIAE), aprovado em Madrid pelos países membros da Organização das Nações Unidas, em 2002.

“Como forma de conscientizar a importância de se combater essa violência praticada contra os idosos, e demonstrar principalmente às novas gerações a necessidade de se atentar ao tema”, defendeu.

O seminário será por videoconferência com transmissão interativa, a partir das 9 horas. Foram convidados, entre outros, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga; o secretário Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, Antonio Fernandes Toninho Costa; representantes do judiciário, médicos e especialistas. Confira a programação completa.

Leia Também:  Compra de imunizantes

Da Redação – GM

Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Ministro defende privatização dos Correios em pronunciamento

Publicados

em


O ministro das Comunicações, Fábio Faria, fez, na noite de hoje (2), um pronunciamento em rede nacional de rádio e TV para defender o projeto de privatização dos Correios. A defesa foi feita em função da retomada dos trabalhos do Legislativo após o recesso parlamentar de julho.

No pronunciamento, o ministro disse que os Correios são um “orgulho do Brasil” e que é preciso fortalecer a estatal para garantir a universalização dos serviços postais.

“Com a privatização, os Correios vão conseguir crescer, competir, gerar mais empregos, desenvolver novas tecnologias, ganhar mais eficiência, agilidade e pontualidade. Somente assim, os Correios poderão manter a universalização dos serviços postais, que significa estar presente em todos recantos do país”, disse. 

Faria também disse que, no passado, a empresa foi alvo de corrupção e que a estatal registrou lucro de R$ 1,5 bilhão em 2020.

“Mesmo com muito trabalho e seriedade, o faturamento se mostra insuficiente frente ao que precisa ser investido todos os anos. São necessários R$ 2,5 bilhões por ano em investimentos para que os Correios permaneçam competitivos e possam disputar o mercado com as outras empresas de entrega, de logística que já operam aqui no Brasil”, afirmou. 

Leia Também:  Compra de imunizantes

Em abril deste ano, os Correios foram incluídos no Programa Nacional de Desestatização (PND).

O tema está em debate na Câmara dos Deputados, por meio do Projeto de Lei (PL) 591/21, que trata da exploração dos serviços postais pela iniciativa privada. A urgência da tramitação do projeto já foi aprovada pela Casa.

Veja o pronunciamento:

Edição: Fábio Massalli

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA