POLÍTICA NACIONAL

Congresso precisa de mais negros, jovens e mulheres, diz Paulo Paim

Publicados

em


.

O senador Paulo Paim (PT-RS) afirmou em pronunciamento nesta terça-feira (1º) que o Congresso Nacional precisa ter equilíbrio no nível de representatividade.

— O nosso sistema de representação política é completamente desigual. O movimento negro precisa ser intensificado no Parlamento. Onde estão os negros no Congresso? As mulheres? Os jovens? O Congresso precisa interagir muito mais com o cidadão, proporcionando segurança, permitindo o acompanhamento e avaliação dos trabalhos na Câmara e no Senado e também o controle do Executivo – afirmou Paim.

Pandemia

O senador também enfatizou a importância do trabalho do Parlamento no combate à pandemia de coronavírus. Paim sublinhou que o Congresso é o verdadeiro autor de nove em cada dez medidas para mitigar os efeitos da pandemia sobre a população.

— Com essa pandemia, vemos o quão necessária é a força do Estado. O Sistema Único de Saúde tem sido fundamental, temos que dar um salto de qualidade nessa área, principalmente na saúde e educação. A população tem que se aproximar mais das decisões do país. O voto não pode ser mais um fim em si mesmo, precisa ir além. Temos que aprimorar a democracia e as instituições públicas — disse Paim.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Leia Também:  Cientistas e deputados sugerem medidas emergenciais e preventivas para o combate aos incêndios florestais

Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Por medo de impeachment, candidato no interior do Paraná põe filho como vice

Publicados

em


source
Boca Aberta
Câmara dos Deputados

Deputado federal Boca Aberta (PROS-PR) concorrerá à prefeitura de Londrina

O deputado Emerson Petriv, conhecido como Boca Aberta (Pros), que vai concorrer à prefeitura de Londrina, chamou atenção ao assumir querer “blindar” seu governo caso seja eleito. Boca Aberta Jr., como foi apelidado o filho do candidato, será vice da chapa. O candidato a prefeito é alvo de pedidos de cassação como parlamentar.

O político tem histórico de votações expressivas e apelo popular, sendo o vereador mais votado em 2016 no município. Ao portal Uol, Boca Aberta defendeu a escolha da chapa afirmando que “o sistema não aceita pobre, defensor do morador do barraco e da periferia no poder”.

Ainda de acordo com o candidado do Pros, os processos aos quais responde são todos com acusações de injúria e difamação de outros políticos. “Para mim, isso é uma honra”. Ele é o deputado com mais inquéritos e ações penais em tramitação na justiça.

Leia Também:  Em reunião com senadores, ministro da Saúde admite alterar regras sobre aborto

Entre as denúncias ao parlamentar, está o fato de que, em março de 2018, Boca Aberta entrou sem autorização em um hospital em busca de médicos que não estariam trabalhando em seu plantão. “Encontrei um médico dormindo”, disse.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA