POLÍTICA NACIONAL

Erundina diz que vice de Covas desapareceu e precisa explicar denúncias ao povo

Publicados

em


source
erundina
reprodução / Twitter

A deputada Erundina direcionou elogios recentes a Boulos, afirmando que ele é “capaz, inteligente e ousado”.


A deputada federal e candidata a vice-prefeita na chapa de Guilherme Boulos (PSOL), Luiz Erundina (PSOL), afirmou na manhã desta quarta-feira durante a sabatina na Folha de S.Paulo que o vice de Bruno Covas (PSDB) na disputa pela Prefeitura de São Paulo, o vereador Ricardo Nunes (MDB), se esconde para não esclarecer as denúncias contra ele e para não explicar ao eleitor o que cerca a sua vida política e pessoal.

O vice escolhido por Bruno Covas é acusado de violência doméstica contra a esposa e favorecimento de familiares em esquemas de prestação de serviços de creches na cidades sem realização de licitação – conhecido como o escândalo da máfia das creches. Ricardo Nunes também foi convidado pelas redações da Folha e do UOL para participar da sabatina, mas recusou o convite alegando compromissos eleitorais.

“O Ricardo Nunes me parece que está se escondendo. O próprio candidato, cuja chapa ele compõe, também não dá muita informação sobre o vice e muito menos explicações porque ele desapareceu. Deve ser porque ele deve explicações à sociedade e à própria Justiça de denúncias muito graves sobre seu comportamento em relação aos interesses públicos”, disse Erundina durante a sabatina.

Leia Também:  Projeto torna obrigatório o pagamento de honorários periciais em ações populares

A campanha de Guilherme Boulos na televisão tem explorado o fato de Bruno Covas nunca ter mencionado ou apresentado formalmente o seu vice ao eleitorado durante a campanha, além disso o programa aborda o histórico de prefeitos do PSDB, como José Serra e João Doria, já terem abandonado o cargo de prefeito de São Paulo para disputar cargos estaduais ou nacionais.

“Se ele não debate, se não se manifesta, não aparece, eu não sei como vai ser o papel desse vice. E é ruim para o eleitor votar em alguém indiretamente, porque quem vota no candidato, mas sem saber quem é essa pessoa, quais explicações ele teria a dar sobre essas graves acusações contra ele. É lamentável que a gente não possa ter outro candidato a vice debatendo a cidade, nosso compromisso e nossa responsabilidade à frente dos destinos de nossa cidade nos próximos quatro anos”, falou em outro momento.

Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Proposta proíbe criação de subsidiárias da Petrobras apenas para venda

Publicados

em


Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Reunião Ordinária e Audiência Pública sobre o descumprimento, pelos Estados, dos limites de gastos com pessoal constantes da LRF. Dep. Enio Verri (PT-PR)
Deputado Enio Verri, autor da proposta

O Projeto de Lei 3917/20, de autoria do deputado Enio Verri (PT-PR), modifica a Lei do Petróleo para tipificar o crime de criação irregular de empresas subsidiárias com objetivo de descumprir determinação constitucional. A mudança na lei visa coibir a venda ilegal de refinarias de petróleo por parte da Petrobras.

Conforme determinação do Supremo Tribunal Federal, a venda de empresas matrizes depende de autorização do Legislativo, mas o mesmo não se aplica às subsidiárias – e é aí que a empresa comete crime, segundo Verri.

“Para burlar a lei, a Petrobras passou a ‘fatiar’ as empresas matrizes em subsidiárias, criando empresas apenas artificialmente com o exclusivo propósito de propiciar a posterior venda direta ao mercado, sem que o Parlamento possa deliberar sobre essa realidade”, afirma.

Tramitação
A proposta será analisada pelas comissões de Minas e Energia; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Em seguida, passará por votação no Plenário da Câmara dos Deputados.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Leia Também:  Pedido de vista adia decisão da Mesa sobre situação dos dissidentes do PSL

Da Redação – AC

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA