POLÍTICA NACIONAL

Frente Ambientalista discute propostas para preservar o Cerrado

Publicados

em


.
Renato Araújo/Agência Brasília
Meio Ambiente - parques e florestas - Cerrado caliandra flora vegetação nativa preservação conservação ambiental ecologia
Debate acontece na semana em que é comemorado o Dia do Cerrado (11)

A Frente Parlamentar Ambientalista discute nesta quarta-feira (9) estratégias para a preservação do cerrado. Deputados, senadores e representantes de entidades, como o Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN), o WWF Brasil, a Rede Cerrado, discutirão alternativas para conectar modos de produção, economia sustentável e a conservação da savana brasileira.

A intenção do evento é identificar as sinergias com o setor produtivo e ampliar o diálogo no Legislativo para construir uma política de desenvolvimento sustentável para o Cerrado.

Propostas no Congresso
Há várias propostas em tramitação na Câmara dos Deputados sobre o bioma. Entre elas, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 504/10, que visa transformar o Cerrado e a Caatinga em patrimônios nacionais.

A chamada PEC do Cerrado e da Caatinga, já foi aprovada em 2010 no Senado e está pronta para ser incluída na pauta do Plenário da Câmara.

Além da PEC, também tramita na Câmara dos Deputados um projeto de lei que trata do regime do uso do Cerrado, incluindo conservação, preservação, proteção, utilização e regeneração (PL 3117/19).

Leia Também:  Maia diz que é "inevitável' criação de CPI para fazer uma "grande investigação"

A frente, que tem 214 integrantes, é coordenada pelo deputado Alessandro Molon (PSB-RJ).

Convidados
O debate será realizado por meio de videoconferência a partir das 10 horas, e poderá ser acompanhado ao vido pelo canal da Frente Parlamentar Ambientalista no YouTube.

Foram convidados para debater o assunto:
– os professores da Universidade de Brasília (UnB) Mercedes Bustamante e Bráulio Dias;
– a coordenadora de Projetos da Iniciativa de Clima e Cadeias Agropecuárias do Imaflora: Valorização do capital natural no Cerrado, Isabel Garcia Drigo;
–  a ex-presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) Suely Araújo; e
– o diretor de Conservação e Restauração do WWF-Brasil Edegar de Oliveira Rosa.

Da Redação – ND

Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

PTB decide apoiar Arthur Lira à presidência da Câmara

Publicados

em


source

O PTB decidiu apoiar, nesta segunda-feira, a candidatura de Arthur Lira (PP-AL) à presidência da Câmara dos Deputados. De acordo com o deputado Paulo Bengtson (PTB-PA), a decisão foi tomada pela bancada por “unanimidade”.

Com 11 deputados, o PTB se junta a outras oito siglas no bloco que apoia Lira: PP, PSD, Republicanos, PL, PROS, PSC, Avante e Patriota.

A legenda já indicava que faria parte do grupo do deputado do PP. O presidente do partido, Roberto Jefferson, é fiel aliado de Jair Bolsonaro que, por sua vez, é grande incentivador da candidatura de Lira.

O anúncio do PTB vem no mesmo dia em que Lira teve uma má notícia. O Solidariedade anunciou que apoiará a candidatura de Baleia Rossi (MDB-SP) à presidência. A legenda chegou a negociar e fechar uma acordo com o deputado do PP. Porém, após nova rodada de conversas com Rodrigo Maia (DEM-RJ), aliado de Rossi, houve uma mudança de posição.

Leia Também:  Senadores comemoram vacina e cobram início de campanha

Você viu?

Até o momento, o bloco de Rossi conta com o apoio de DEM, MDB, PSDB, Cidadania, PSL, Solidariedade, PT, PSB, PDT, PCdoB, Rede e PV.

Agora, apenas o Podemos, que negocia com Lira, ainda não formou uma aliança para a eleição.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA