POLÍTICA NACIONAL

Paulo Guedes afirma que seria “insanidade” pensar em privatizar o SUS

Publicados

em


Divulgação/Agência Brasília
Saúde - geral - Sistema Único de Saúde SUS atenção primária atendimento população serviços (Unidade Básica de Saúde no Núcleo Bandeirante-DF)
Guedes disse que 4 mil unidades básicas de saúde poderiam ter as obras concluídas com parcerias público-privadas

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse aos parlamentares da Comissão Mista que acompanha as ações econômicas de combate à pandemia que o decreto do governo que previa estudos para parcerias público-privadas na atenção básica de saúde foi interpretado como uma privatização do Sistema Único de Saúde, o que seria uma “insanidade”. Segundo ele, o decreto acabou sendo revogado porque foi mal recebido e não fazia parte das prioridades do governo.

Na reunião, o ministro também sugeriu uma mudança constitucional para que a calamidade pública possa ser acionada mais rapidamente caso necessário. O decreto atual de calamidade vai até o final deste ano.

Guedes explicou que a ideia das parcerias na saúde partiu da secretária especial do Programa de Parcerias de Investimento, Martha Seillier, como uma maneira de finalizar 4 mil unidades básicas de saúde e 168 Unidades de Pronto Atendimento. Guedes minimizou o tema, dizendo que o assunto surgiu em meio a dezenas de outros que são decididos todo dia. Mas reafirmou que ninguém nunca pensou em privatizar o SUS.

Leia Também:  Hackers deixam imagem de "diabo" após atacarem e capturarem dados do TRF-1

O deputado General Peternelli (PSL-SP) disse que as parcerias na saúde teriam similaridade com as que acontecem na educação. “Muitas creches, o prefeito terceirizou. É uma escolinha privada que os pais avaliam periodicamente aquela escola e se tiver aprovação, a prefeitura paga por aquele aluno. Com isso economiza construção da creche e estrutura de ter que contratar o pessoal para ela. E aí fica a reflexão para nós. Se isso é bom para a educação, porque também não aplicar para as UBS?”

Mas a senadora Zenaide Maia (PROS-RN) condenou o decreto por tentar repassar parte do sistema para a iniciativa privada em plena pandemia.

Reportagem – Sílvia Mugnatto
Edição – Geórgia Moraes

Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Boulos apresenta sintomas após testar positivo para Covid-19

Publicados

em


source
Boulos
O Antagonista

Guilherme Boulos (PSOL)


Guilherme Boulos (PSOL), candidato à Prefeitura de São Paulo, apresentou os primeiros sintomas da Covid-19 neste sábado (28), um dia após testar positivo para a doença . Ele está sentindo febre, dor no corpo, dificuldade respiratória leve e deve passar por uma consulta na tarde deste sábado.


Boulos agradeceu o apoio que tem recebido das pessoas após testar positivo . O seu adversário na disputa pela prefeitura, Bruno Covas (PSDB), desejou melhoras.

“Estou bem, comecei a ter sintomas. Agradeço o apoio das pessoas que estão virando voto, estão nas carretadas, estão fazendo aquilo que eu não estou podendo fazer. Mas pedindo para que se cuidem e garantam as proteções sanitárias”, disse Boulos em entrevista ao colunista Leandro Sakamoto, do UOL .

Leia Também:  Hackers deixam imagem de "diabo" após atacarem e capturarem dados do TRF-1
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA