POLÍTICA NACIONAL

Projeto prevê exames psicossociais de crianças e adolescentes adotados

Publicados

em


Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados
Outubro Rosa. Dep. Rejane Dias(PT - PI)
Rejane Dias: o acompanhamento psicológico vai auxiliar o adotado e o adotante

O Projeto de Lei 5000/20 inclui, no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a previsão de exames periódicos psicossociais em crianças e adolescentes adotados.

Conforme o texto, os adotados deverão ser submetidos – a cada seis meses durante dois anos – a estudos com o objetivo de avaliar o efetivo atendimento de seus interesses. O prazo será contado a partir da sentença definitiva de adoção. Se aprovada, a medida valerá para crianças e para jovens de até 21 anos de idade.

A proposta foi apresentada pela deputada Rejane Dias (PT-PI) à Câmara dos Deputados.

“Depois que a criança ou o adolescente for morar com a nova família, é importante ter um acompanhamento psicológico, visando a analisar o adotado e o adotante por meio de métodos e técnicas para tornar o processo mais humano e proporcionar uma melhor comunicação entre todos os envolvidos”, defende a autora do projeto.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem – Noéli Nobre
Edição – Pierre Triboli

Leia Também:  Medida Provisória isenta moradores do Amapá do pagamento da conta de luz dos últimos 30 dias

Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Pesquisa XP/Ipesp: Boulos cresce 9 pontos e atinge 41%; Covas estabiliza em 48%

Publicados

em


source
boulos e covas
Divulgação

Guilherme Boulos (PSOL) e Bruno Covas (PSDB)


O insituto XPinc divulgou nesta quinta-feira (26) a segunda rodada da pesquisa XP/Ipespe, realizada a pedido do jornal Valor Econômico, com número de registro no TSE SP09138/2020. Segundo a aferição, a distância entre Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL) caiu de 20 para 8 pontos percentuais em votos válidos em relação ao último levantamento realizado na semana anterior. Covas tem 54% dos votos válidos contra 46% de Boulos, na última atualiação a diferença estava em 60% para o tucano contra 40% para o psolista.


Ao considerar os votos totais, Boulos teve um salto de 9 pontos percentuais passando de 32% para 41%, já Covas se manteve estável com 48% das intenções de votos. O número de eleitores que votarão em branco, nulo ou em nenhum dos dois candidatos caiu de 15% para 8%, outros 3% não responderam. Foram ouvidos 800 eleitores entre os dias 24 e 25 de novembro.

Leia Também:  Mobilização virtual pede votação final da nova Lei do Gás

A pesquisa também fez um levantamento sobre a rejeição dos candidatos. Neste segmento Boulos lidera com 42% do eleitorado declarando que não votaria no candidato do PSOL de jeito nenhum, já Covas tem 34% de rejeição. No entanto, a avaliação positiva da gestão do atual prefeito caiu. Os eleitores que consideram a administração Covas boa ou ótima caiu de 37% para 31%, enquanto a avaliação negativa subiu de 21% para 24%. 

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA