POLÍTICA NACIONAL

Projeto regulamenta a profissão de instrutor de Moto Habilidades

Publicados

em


.
Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos Deputados
Café da Manhã/Reunião da Frente Parlamentar pela Qualidade da Hotelaria Brasileira para defender os usuários e trabalhadores da hotelaria, e dar aos empresários as condições de prestarem um serviço de qualidade. Dep. Magda Mofatto (PR-GO)
Magda Moffato acredita que nossa legislação ainda não proporciona aos instrutores de Moto Habilidade a segurança técnica e jurídica necessária à atividade

O Projeto de Lei 4303/20 regulamenta a profissão de instrutor de Moto Habilidades. Pela proposta, que tramita na Câmara dos Deputados, o exercício da profissão é reservado a motociclistas profissionais com Carteira Nacional de Habilitação (CNH) da categoria A3 e com registro prévio na Secretaria do Trabalho do Ministério da Economia.

Caberá ao instrutor habilitado formar motociclistas para participar de provas de habilidades técnicas ou de eventos públicos de demonstração de habilidades. O instrutor está autorizado ainda a planejar, coordenar, orientar e executar trabalhos técnicos, estudos, pesquisas e projetos relacionados à atividade.

“Nossa legislação ainda não cuidou de proporcionar aos instrutores de Moto Habilidade a segurança técnica e jurídica necessária à atividade”, diz a autora do projeto, deputada Magda Mofatto (PL-GO).

“Ao garantir em lei que apenas profissionais habilitados possam atuar como instrutores de Moto Habilidade asseguramos, ao final, um trânsito mais seguro e uma sociedade mais solidária”, finaliza a autora.

Leia Também:  Filipe Sabará é o candidato entrevistado pelo iG nesta terça

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem – Murilo Souza 

Edição – Geórgia Moraes

Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Pelo segundo ano, Amazônia será tema de Bolsonaro em discurso na ONU

Publicados

em


.

Em meio à pandemia do novo coronavírus, a 75ª edição da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) será realizada este ano de forma virtual.

Nesta terça-feira (22), em Nova Iorque, começa o debate com a participação de líderes mundiais. Tradicionalmente, o Brasil é o primeiro país a fazer um pronunciamento. O presidente Jair Bolsonaro enviou uma declaração gravada. 

Assim como em 2019, quando discursou pela primeira vez na ONU, Bolsonaro deve falar sobre a Amazônia e as políticas ambientais do seu governo.   

“O presidente vai tocar na Amazônia. A princípio vai mostrar aquilo que estamos fazendo. Temos ainda a criação do Conselho [da Amazônia], a criação da operação Verde Brasil 2, um esforço do governo em combater as ilegalidades, o que não é simples, não é fácil e elas continuam a ocorrer, infelizmente”, afirmou a jornalistas, nesta segunda-feira (21), em Brasília, o vice-presidente Hamilton Mourão. Ele coordena as ações do governo brasileiro no combate ao desmatamento e às queimadas na Amazônia.  

Transmissão pela TV Brasil 

A abertura oficial da Assembleia Geral será transmitida pela ONU, e pode ser acompanhada no link, a partir das 10h. O discurso do presidente Bolsonaro será transmitido pela TV Brasil, emissora da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Pela ordem dos pronunciamentos informados pelo Palácio do Planalto, a primeira declaração será do novo secretário-geral da ONU, Volkan Bozkir. 

Leia Também:  CRE aprova embaixadores para Países Baixos, Kwait, Geórgia e Ucrânia

Em seguida, o atual secretário-geral, Antonio Guterres, apresentará o relatório anual sobre as atividades da organização. O tema do encontro este ano é “O futuro que queremos, as Nações Unidas que precisamos: reafirmar nosso compromisso coletivo com o multilateralismo – enfrentando a covid-19 por meio de uma ação multilateral efetiva”.

Outro ponto a ser abordado no discurso de Bolsonaro será a pandemia do novo coronavírus. O presidente deve reiterar sua posição de que as consequências econômicas da crise devem ser tratadas com a mesma prioridade das questões de saúde. 

 

Edição: Kleber Sampaio

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA