POLÍTICA NACIONAL

Senado lança canal de informações no aplicativo Telegram

Publicados

em


.

O Senado lançou na segunda-feira (14) seu canal no aplicativo de mensagens Telegram. Em menos de 24 horas mais de mil pessoas já se inscreveram para receber atualizações sobre as atividades da Casa no aplicativo. Para assinar o serviço, acesse este link.

No novo canal serão enviadas notícias sobre as votações, discussões e projetos do Senado em formatos de texto, vídeo, áudio e imagem para os assinantes do serviço.

O Telegram é um aplicativo concorrente do WhatsApp e vem crescendo nos últimos anos. Veículos de Imprensa, jornalistas e influenciadores digitais mantêm canais na plataforma para a distribuição de conteúdo.

O objetivo, com o novo canal, é ampliar a distribuição de notícias confiáveis. Além do canal no Telegram, o Senado têm um serviço de envio de notícias no WhatsApp (061-9583-5265), com cerca de 20 mil assinantes, perfis no Twitter e no Instagram e páginas no Facebook e no LinkedIn, todos geridos pelo  pelo Núcleo de Mídias Sociais (Nmidias), vinculado à Secretaria de Comunicação Social (Secom). Ao todo, o Senado soma quase 6 milhões de seguidores nessas plataformas. 

Leia Também:  Comitiva da Câmara dos Deputados visita áreas queimadas no Pantanal

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Por medo de impeachment, candidato no interior do Paraná põe filho como vice

Publicados

em


source
Boca Aberta
Câmara dos Deputados

Deputado federal Boca Aberta (PROS-PR) concorrerá à prefeitura de Londrina

O deputado Emerson Petriv, conhecido como Boca Aberta (Pros), que vai concorrer à prefeitura de Londrina, chamou atenção ao assumir querer “blindar” seu governo caso seja eleito. Boca Aberta Jr., como foi apelidado o filho do candidato, será vice da chapa. O candidato a prefeito é alvo de pedidos de cassação como parlamentar.

O político tem histórico de votações expressivas e apelo popular, sendo o vereador mais votado em 2016 no município. Ao portal Uol, Boca Aberta defendeu a escolha da chapa afirmando que “o sistema não aceita pobre, defensor do morador do barraco e da periferia no poder”.

Ainda de acordo com o candidado do Pros, os processos aos quais responde são todos com acusações de injúria e difamação de outros políticos. “Para mim, isso é uma honra”. Ele é o deputado com mais inquéritos e ações penais em tramitação na justiça.

Leia Também:  Comitiva da Câmara dos Deputados visita áreas queimadas no Pantanal

Entre as denúncias ao parlamentar, está o fato de que, em março de 2018, Boca Aberta entrou sem autorização em um hospital em busca de médicos que não estariam trabalhando em seu plantão. “Encontrei um médico dormindo”, disse.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA