POLÍTICA NACIONAL

Senadores criticam proposta de congelamento de aposentadorias

Publicados

em


.

A oposição repercutiu a decisão do presidente Jair Bolsonaro de não levar adiante uma proposta da sua própria equipe econômica de congelamento de aposentadorias e pensões, como forma de financiar o programa Renda Brasil em substituição ao Bolsa Família. O senador Paulo Paim (PT-RS) antecipou uma derrota do governo numa eventual votação de um projeto que impedisse a correção anual dos benefícios previdenciários garantida na Constituição. Hoje, segundo Paim, os reajustes mal cobrem a inflação. “Seria uma crueldade muito grande”, afirmou. Já o vice-líder do governo, senador Chico Rodrigues (DEM-RR), esclareceu que esse estudo não contou com o aval do presidente da República, que já desautorizou a sua equipe econômica. Saiba mais na reportagem de Hérica Christian, da Rádio Senado.

Leia Também:  Senadores acreditam em continuidade das sessões semipresenciais
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Bolsonaro recebe alta após cirurgia para retirada de cálculo na bexiga

Publicados

em


.

Depois de passar por cirurgia para retirada de cálculo na bexiga, o Presidente da República Jair Bolsonaro recebeu alta do Hospital Israelita Albert Einstein no início da tarde de hoje (26). Segundo boletim divulgado pelo hospital, Bolsonaro recebeu alta hospitalar às 13h30. De acordo com a Secretaria Especial de Comunicação Social do Ministério das Comunicações, Bolsonaro desembarca em Brasília ainda neste sábado.

“O Presidente da República Jair Bolsonaro, internado desde a manhã desta sexta-feira (25), no Hospital Israelita Albert Einstein, recebeu alta hospitalar nesta tarde às 13h30”, disse o boletim assinado pelos médicos Leandro Santini Echenique, cardiologista, Leonardo Lima Borges, urologista, e Miguel Cendoroglo, Diretor-Superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein.

Bolsonaro estava internado desde a manhã desta sexta-feira (25) no hospital, onde se submeteu a uma cirurgia para retirada de cálculo na bexiga. Boletim médico divulgado hoje pela manhã informou que foi retirada a sonda para que ele urine normalmente.

“O Excelentíssimo Presidente da República Jair Bolsonaro segue com ótima evolução clínica e sem complicações cirúrgicas. Não apresenta sangramentos e está afebril. Foi retirada a sonda vesical para que ele urine espontaneamente. O paciente está recebendo hidratação oral e caminhando fora do quarto”, disse o boletim.

Leia Também:  Embaixador do Brasil no Iraque é confirmado pelos senadores em Plenário

Dia do Surdo

Logo depois da alta hospitalar, o presidente fez homenagem pelo Dia do Surdo em rede social.

Edição: Aline Leal

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA