POLÍTICA NACIONAL

Supostos funcionários fantasmas da família Bolsonaro ganharam R$ 29,5 mi

Publicados

em


source
Família Bolsonaro
Roberto Jayme/Ascom/TSE

Jair Bolsonaro ao lado dos filhos Flávio, Eduardo e Carlos

De acordo com um levantamento feito pela revista Época, os supostos funcionários fantasmas da família Bolsonaro receberam o equivalente a 29,5 milhões de reais em salários, do total de R$ 105,5 milhões pagos entre 1991 e 2019, em valores corrigidos pela inflação.

Segundo a revista, 28% do total pago a 286 funcionários dos gabinetes do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e de seus filhos Flávio, Carlos e Eduardo foram depositados na conta de servidores com indícios de que não trabalharam.

Conforme o levantamento, ao menos 39 pessoas possuem indícios de que não trabalharam de fato nos cargos nos gabinetes e tinham outros empregos, como Nathalia Queiroz, filha de Fabrício Queiroz, investigado sobre suposto esquema de “rachadinha” no gabinete de Flávio Bolsonaro, então deputado estadual do Rio.

Leia Também:  Deputados aprovam MP que amplia uso de poupança digital para recebimento de benefícios sociais

A Época divulgou que Nathalia, que é personal trainer, recebeu R$ 1,3 milhão, mesmo valor recebido por sua mãe, que se declarava cabeleireira.

Ainda de acordo com a publicação, os 39 receberam um total de 16,7 milhões em salários brutos, o equivalente a R$ 29,5 milhões – com os valores corrigidos pela inflação – durante os trabalhos com a família Bolsonaro.

Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Comissão que vai acompanhar o enfrentamento de queimadas define plano de trabalho nesta quinta

Publicados

em


.

A comissão externa da Câmara dos Deputados destinada a acompanhar e promover estratégias para enfrentar as queimadas em biomas brasileiros promove, nesta quinta-feira (24), a primeira reunião do grupo.

Divulgação
Meio Ambiente - queimada e desmatamento - Desastre ambiental provocado por queimadas no pantanal - animais feridos - brigadistas carregam animal
Parlamentares acompanharam trabalho de combate ao incêndio e resgate de animais no Pantanal

A pauta da reunião, que será feita por videoconferência, inclui avaliação da diligência realizada no Pantanal no fim de semana e propostas para o plano de trabalho da recém-criada comissão.

A reunião será realizada às 10h30 no plenário 5 da Câmara.

No mesmo dia, a coordenadora da comissão, deputada Professora Rosa Neide (PT-MT), juntamente com outros integrantes do grupo, concederá entrevista coletiva sobre as ações dos parlamentares.

A entrevista está marcada para as 12 horas por videoconferência. A entrevista será transmitida pelo perfil da bancada do PT no Facebook.

Da Redação – AC

Leia Também:  Davi Alcolumbre faz avaliação positiva das sessões remotas no Senado
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA