AMM

Prefeitura apoia leilão do Sindicato Rural para ajudar Hospital de Câncer

Publicado

Neste domingo (20.10), a partir das 11 horas, no tatersal do Parque de Exposições, o Sindicato Rural de Colíder realiza o 11º Leilão Unidos pela Vida, cuja renda será revertida ao Hospital de Câncer de Mato Grosso. Será servido almoço. A entrada custará R$ 15. A expectativa da diretoria é arrecadar cerca de R$ 300 mil com a comercialização de 300 cabeças de gado.

A Prefeitura de Colíder apoia o evento. O Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ronaldo Vinha, diz que os animais foram doados por produtores rurais e empresários da cidade. “A prefeitura sempre apoia essa boa causa, que é ajudar o Hospital de Câncer. Todos os anos, a instituição realiza uma ação em Colíder, faz uma triagem e encaminha as pessoas com casos suspeitos para exames em Cuiabá”.

Vinha informa que a campanha de prevenção atende mais de mil moradores no município. “E essa campanha em Colíder acontece graças a esse leilão. Todos podem ajudar. Não precisa só ser gado. Aquela pessoa que não tem uma bezerra pode doar em dinheiro ou qualquer outro produto. Toda doação será muito bem-vinda”, comenta.

DOAÇÃO DE CABELO

A empresária Luciane Gonçalves Valente, proprietária de uma loja de acessórios, mantém há três anos um projeto que incentiva a doação de cabelos. “No ano passado tivemos um grande sucesso. Recebemos a doação de um grande número de cabelos e de lenços, que vendemos aqui e cujo dinheiro é revertido ao Hospital de Câncer, junto com o cabelo”.

Nesse ano, Luciane deu nome ao projeto: Cobrindo com Amor. “Porque as mulheres que estão em tratamento, que perdem os cabelos, elas ficam muito frágeis, sensíveis, pela própria quimioterapia e pela doença em si. E nós podemos dar um abraço nela com a doação de um lenço e dos cabelos, que são usados para a confecção de perucas. As pessoas que recebem ficam muito felizes”, afirma.

A empresária diz que todas as mulheres podem doar o seu cabelo. Basta ir ao salão de beleza de sua preferência e pedir para cortar o cabelo a partir de 20 centímetros. “A cabeleireira vai amarrar e cortar. Aí, a pessoa pode trazer o cabelo aqui na Linda Acessórios ou entregar, domingo, no leilão”, orienta.

Ela lembra que neste domingo várias cabeleireiras estarão à disposição no tatersal do Sindicato Rural, durante o 11º Leilão do Hospital de Câncer, para fazer o corte de cabelo. Quem ainda não tiver o cabelo no comprimento necessário, pode doar um lenço, que está à venda na Linda Acessórios por R$ 12.

Comentários Facebook
publicidade

AMM

Audiência Pública sobre as metas fiscais do 1º quadrimestre de 2020 será transmitida on-line

Publicado


.

A prefeitura de Várzea Grande, por meio da secretaria de Gestão Fazendária, apresenta no próximo dia 28, a partir das 15h, o balanço de Gestão Financeira referente ao primeiro quadrimestre de 2020. Dessa vez, o demonstrativo será divulgado por meio de uma Audiência Pública on-line no endereço do You Tube do município de Várzea Grande.

O modelo ‘on-line’, como explica a secretária de Gestão Fazendária, Lucineia Santos, é uma alternativa para manter o rito de prestação de contas e ao mesmo tempo estar em consonância com as novas normas sanitária em razão da pandemia do coronavírus (Covid-19). “Precisamos evitar a disseminação e a velocidade do contágio da doença, e a audiência virtual passa a ser uma ferramenta aliada da propagação da informação”.

Nesse relatório estará discriminado todo o orçamento geral, congregando a administração direta e indireta – considerando a receita – receita estimada x receita arrecadada, a despesa –  despesa prevista x despesa empenhada, despesa liquidada x despesa paga e ainda as despesas com pessoal, educação e saúde, referentes aos meses de janeiro, fevereiro, março e abril desse ano e as comparações em relação ao mesmo período do ano passado.

Até o momento, a prefeitura segue mantendo sua estimativa de arrecadação líquida, em R$ 928,48 milhões para todo o 2020. De forma parcial, março registrou o melhor período do ano para a arrecadação municipal, com R$ 63,98 milhões. Para os meses de março, foi o maior volume desde 2017, conforme a série de arrecadações elaborada pela Gefaz.

A demonstração dos números em audiência pública atende ao disposto no art. 9º, § 4º da Lei Complementar 101/2000 e as informações municiam órgãos de controle, como o Tribunal de Contas do Estado (TCE). “A audiência, mais do que um rito constitucional, é um momento no qual o poder Executivo expõe de forma transparente onde e como estão sendo aplicados os recursos públicos arrecadados por meio do recolhimento dos impostos de cada cidadão. Mais que um rito, a prestação de contas está aí, pela cidade. A população anda e vê os benefícios prontos ou chegando próximos de suas casas, seja no recape, no tapa-buraco, em uma reforma de unidade de saúde, ou mesmo na linha de ônibus que voltou a circular na sua rua porque a via foi recuperada”, argumenta a secretária interina de Gestão Fazendária, Lucineia Santos.

A secretária reforçou ainda a importância em se participar desse momento, mais do que nunca. “É uma prestação de contas sim, mas por meio dela, os munícipes podem compreender melhor a dinâmica da aplicação dos recursos públicos e como zelamos pela sua boa e correta aplicação. Estamos em meio a uma crise econômica e sanitária, que não sabemos quanto tempo vai durar e muito menos o tamanho de seus impactos. A receita apontou trajetória de queda, a partir de abril, e é importante que toda a população tenha ciência desse novo cenário que estamos e vamos vivenciar ao longo de 2020”, pontuou a secretária.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

AMM

Prefeito Fabio Garbugio e secretário buscam liberação de R$ 1,4 milhões para continuidade de projeto de melhoria do abastecimento

Publicado


.

O prefeito de Alto Taquari, Fabio Mauri Garbugio, juntamente com o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Kleber Welington Gomes, esteve em Cuiabá pessoalmente conversando com a equipe da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e da Solutions Corp Assessoria Empresarial LTDA, empresa responsável pelo projeto de melhoramento do abastecimento de água na cidade.

A partir desta reunião, a Funasa liberou mais uma parcela para a continuidade do projeto, no valor total de R$ 1.405.617,93.

“Com este recurso trabalharemos os dois setores, mas daremos prioridade ao Setor 2, onde construiremos 1 reservatório de 400m³. Este valor liberado dá mais ‘fôlego’ para este projeto de melhoria no abastecimento de água, possibilitando maior agilidade em sua execução”, afirmou o prefeito de Alto Taquari, Fabio Mauri Garbugio.

A empresa Solutions trabalha atualmente nas interligações do sistema de abastecimento de água, realizando a conexão da rede de água existente com a ampliação da rede nova. A empresa está focada ainda na urbanização dos poços artesianos e na construção do Centro Administrativo do Departamento de Saneamento Municipal (DMS).

Estavam na reunião o superintendente da Funasa, Francisco, e o engenheiro Marcos, da Solutions.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana