Momento Cidades

Prefeitura distribui mais 1.200 cestas adquiridas pelo Fundo Social

Publicado


.

A Prefeitura de Cuiabá realizou durante a semana a entrega de mais uma remessa de cestas básicas para vendedores ambulantes, carroceiros e feirantes já cadastrados. O Núcleo de Apoio à Primeira-dama foi o principal articulador junto à Secretaria Municipal de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico a possibilitar a entrega de mais 1.200 cestas completas. A distribuição ocorreu na quinta (21) e sexta-feira (22). No total, serão mais de três mil cestas entregues e que foram adquiridas por meio do Fundo Social do Município.

Neste momento de pandemia, onde muitos trabalhadores tiveram que paralisar suas atividades para cumprir o isolamento social, a entrega de cestas básicas atende as necessidades básicas de alimentação e higiene para esse público. Ao todo serão três remessas, sendo a primeira entrega realizada no mês de abril e a próxima prevista para o mês de junho.

“Essas são pessoas que estão sendo atingidas diretamente do ponto de vista econômico nesse momento da pandemia do novo Coronavírus. A grande maioria depende de vendas e da circulação de pessoas para tirar o seu sustento. E o poder público tem esse papel e o Fundo existe especificamente para atender essas necessidades emergenciais que oferecem certo fôlego para essas famílias”, disse a primeira-dama.

O Fundo Social Solidário foi instituído pela Prefeitura de Cuiabá em junho deste 2019 e a uma ferramenta é voltada a financiar programas e atividades inerentes de grande relevância da área social, principalmente em época emergenciais e de crise.

Atualmente em Cuiabá, estão cadastrados 769 feirantes, 39 carroceiros, 155 permissionários shopping orla, 138 ambulantes de comida de rua. São dois pontos de distribuição na Secretaria de Ordem Pública (SORP) e na Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico (SMTDE). Os feirantes podem retirar na Sorp. Os carroceiros receberam no Ecoponto do bairro CPA.

“Quero mais uma vez aqui registrar o meu agradecimento a primeira-dama Márcia Pinheiro por sempre estar disposta a atender nossas demandas e necessidades da nossa categoria que tanto precisa do auxílio da administração municipal. Como ainda não é o momento de retomar as atividades, essa ajuda com as cestas básicas aliviam um pouco a angústia vivenciada por essa população”, declarou a secretária municipal de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Débora Marques.

AUXÍLIO FINANCEIRO- Na oportunidade, a secretária pontuou outra assistência promovida pela Prefeitura em prol dessas pessoas. Foi sancionada nesta quinta-feira (21) a lei que garante o pagamento do auxílio financeiro temporário às categorias dos feirantes, ambulantes, transporte escolar, carroceiros e catadores de recicláveis. O documento, assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro, estabelece a criação do programa Renda Solidária. Ao todo, 1.687 trabalhadores, inscritos na Prefeitura de Cuiabá, receberão o valor de R$ 500, pelo período de três meses. 

 

 

 

Comentários Facebook
publicidade

Momento Cidades

Veja os dados do painel Covid-19 desta sexta-feira (10)

Publicado


.

Nesta sexta-feira (10), Cuiabá tem 6100 casos confirmados de Covid-19 de residentes no município e 1428 de não residentes, mas que estão sendo atendidos na capital. Dos confirmados, 1208 já estão recuperados da doença e houve 302 óbitos de residentes e 144 de não residentes.

Na rede hospitalar há 329 pacientes confirmados com Covid-19 internados, sendo 215 na UTI e 114 em enfermaria. Também estão internados 208 pacientes com suspeita da doença, sendo 93 na UTI e 115 em enfermaria. Do total de pessoas internadas em UTI, 222 são de residentes em Cuiabá e 86 de residentes de outros municípios. Do total de internados em enfermaria/isolamento, 185 pessoas são de Cuiabá e 44 de outros municípios.

Hoje Cuiabá registrou mais 14 óbitos de residentes, chegando a um total de 302 mortes. O prefeito Emanuel Pinheiro e o secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho lamentam profundamente todos estes óbitos.

Segue abaixo a relação dos óbitos:

-Homem, 52 anos, internado em hospital privado. Tinha hipertensão. Foi a óbito em 08/07.

-Mulher, 75 anos, internado em hospital público. Tinha hipertensão. Foi a óbito em 08/07.

-Mulher, 71 anos, internada em hospital privado. Não foi divulgado se tinha comorbidade. Foi a óbito em 09/07.

-Mulher, 79 anos, internada em hospital privado. Tinha hipertensão e diabetes. Foi a óbito em 09/07.

-Homem, 70 anos, internado em hospital público. Tinha hipertensão e diabetes. Foi a óbito em 09/07.

-Mulher, 78 anos, internada em hospital público. Tinha hipertensão e diabetes. Foi a óbito em 09/07.

-Homem, 41 anos, internado em hospital público. Não foi divulgado se tinha comorbidade. Foi a óbito em 09/07.

-Mulher, 73 anos, internada em hospital público. Tinha hipertensão e diabetes. Foi a óbito em 10/07.

-Homem, 75 anos, internado em hospital público. Tinha hipertensão, cardiopatia e doença pulmonar. Foi a óbito em 10/07.

-Mulher, 86 anos, internada em hospital privado. Tinha hipertensão e obesidade. Foi a óbito em 10/07.

-Homem, 55 anos, internado em hospital privado. Não foi divulgado se tinha comorbidade. Foi a óbito em 08/07.

-Homem, 56 anos, internado em hospital público. Não foi divulgado se tinha comorbidade. Não foi divulgada a data do óbito.

-Mulher, 87 anos. Não foi divulgado onde estava internada. Não tinha comorbidades. Foi a óbito em 10/07.

-Homem, 71 anos. Não foi divulgado onde estava internado. Tinha hipertensão e diabetes. Foi a óbito em 10/07.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Cidades

Gestão orienta servidores sobre lei que suspende desconto em folha de empréstimos consignados

Publicado


.

Com a aprovação da Lei nº 6.547, a Secretaria Municipal de Gestão divulga orientações aos servidores, ativos e inativos, que desejam suspender o desconto em folha de suas obrigações financeiras, como empréstimos consignados. A Lei foi aprovada, por unanimidade, na Câmara Municipal de Cuiabá, no dia 01 de julho de 2020, após veto do Poder Executivo Municipal.

“Fui contrário a promulgação desta lei porque continuo honrando com o pagamento dos salários dos nossos servidores e isso tem sido fundamental na minha gestão. Por isso, penso que não estamos no momento de postergar dívidas, pois uma hora elas terão que ser pagas”, pontuou o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro.

O servidor que desejar suspender os descontos em folha deve preencher formulário de Comunicado de Suspensão de Consignados, disponível no Portal do Servidor. De posse do documento preenchido, o servidor deve enviá-lo, juntamente com cópia do documento de identificação a sua Diretoria Administrativa Financeira (DAF) ou ao Cuiabá/Prev até o dia 30 de julho de 2020.

O caso dos servidores inativos, a documentação deve ser enviada necessariamente ao Cuiabá/Prev ao email [email protected]

A secretária de Gestão, Ozenira Félix orienta que o servidor deve procurar a instituição financeira em que o empréstimo consignado foi realizado para que o processo seja finalizado.

“Nós da Prefeitura realizamos apenas a suspensão em folha, a responsabilidade do diálogo com a intuição financeira é do servidor. Então, é importante que ele procure os canais de atendimento da instituição que mantém contrato para informar a suspensão e evitar equívocos futuros, como a negativação por falta de pagamento”, explicou a secretária.

De acordo com a lei, as parcelas suspensas deverão ser acrescidas ao final do contrato, sem a incidência de juros e multas. O prazo de suspensão poderá ser prorrogado por igual período ou enquanto durar o estado de emergência declarada pelo município de Cuiabá.

Confira em anexo a Portaria que regulamenta o procedimento de suspensão de desconto em folha de empréstimos consignados de servidores ativos e inativos:

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana