Momento Tecnologia

Quando o modo escuro chega ao WhatsApp? Confira as novidades da versão beta

Publicado

Olhar Digital

whatsapp arrow-options
shutterstock
WhatsApp demora para lançar o modo escuro


O modo escuro do WhatsApp está para chegar e só falta ele entre os inúmeros aplicativos que já disponibilizaram a versão noturna para seus usuários. Agora, com a mais recente versão beta atualizada (2.19.298) pequenos detalhes foram adicionados ao aplicativo .

Desde seus primeiros dias, o WhatsApp  aprimora constantemente seu aplicativo , corrigindo bugs e adicionando novos recursos. Já faz algum tempo que a empresa vem trabalhando no modo escuro do aplicativo .

Leia também: Modo escuro chega ao Instagram; veja como ativar

Ele ainda não está disponível para a maioria dos usuários beta , tendo seu acesso limitado. A versão mais recente atualiza para cores escuras as ‘bolhas’ de data e evento, somado com as alterações anteriores que mudaram e escureceram as ‘bolhas’ de bate-papo , emojis e adesivos .

 Como relatado pelo site WABetaInfo , a nova atualização não inclui nenhuma alteração tão importante, com exceção de uma nova abertura para a tela inicial, mas que ainda está com o tema claro.

Leia também: Modo escuro chega ao Facebook junto com nova interface da rede social

Leia mais:  Veja as primeiras impressões ao volante do novo Chevrolet Onix Plus

Por enquanto, não se sabe quando o WhatsApp estará lançando uma atualização beta completa e funcionando corretamente no modo escuro . Porém, enquanto ele não está disponível na versão normal, você pode descobrir se está apto à testar o beta ativando o modo escuro no Android 10 ou iOS 13 , uma vez que o aplicativo segue o tema de cada sistema.

Comentários Facebook
publicidade

Momento Tecnologia

Novo Mac Pro pode custar quase meio milhão de reais no Brasil

Publicado

source

Olhar Digital

Mac Pro arrow-options
Divulgação

O novo Mac Pro pode ultrapassar os R$420 mil reais


O novo Mac Pro , “carinhosamente” apelidado de “ralador de queijo”, entrou na última terça-feira (10) à venda nos EUA , onde custa desde US$ 5.999 e pode chegar a mais de US$ 50 mil, configurado com todos os opcionais e upgrades disponíveis.

A máquina ainda não está à venda no Brasil , mas o site Tecnoblog descobriu os preços locais acessando links ocultos no site. E eles são, digamos… estratosféricos. Sim, sabemos que o Mac Pro é uma máquina profissional, e não doméstica, e que quem vai “pagar a conta” provavelmente é uma empresa cuja produtividade e lucros depende da máquina. Mas ainda assim, é difícil não ficar impressionado.

Leia também: Será que o novo Mac Pro seria um bom ralador de queijos? Youtuber faz o teste

O modelo mais “barato” tem processador Intel Xeon W com 8 núcleos a 3,5 GHz, 32 GB de RAM, placa de vídeo AMD Radeon Pro 580X com 8 GB de memória GDDR5, SSD de 256 GB e base com pé fixo. O total? R$ 55.999,00.

Leia mais:  Xiaomi lança fones de ouvido híbridos com ouro na composição; confira o preço

Já o modelo mais caro, com todos os upgrades possíveis, tem um processador Intel Xeon W de 28 núcleos a 2,5 GHz, 1,5 TB (sim, Terabytes ) de RAM, duas GPUs Radeon Pro Vega II Duo com 64 GB (2x 32 GB) de memória HBM2 cada, SSD de 4 TB e gabinete com rodinhas, sai por “apenas” R$ 428.799,00.

Felizmente, a compra pode ser parcelada em até 12x sem juros, e quem tem mais dinheiro disponível poderá aproveitar um desconto de 10% no pagamento à vista. O valor do frete não foi informado, mas com esse valor dá para fazer frete grátis, né Apple ?

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Tecnologia

Aplicativo de traição mostra que usuários são fiéis… aos seus empregos

Publicado

source
aplicativo Ashley Madison arrow-options
Reprodução

Ashley Madison é uma rede social de relacionamentos para pessoas comprometidas


Uma pesquisa realizada com membros do aplicativo Ashley Madison revelou que quem gosta de trair o parceiro pode ter uma postura bastante diferente quando o assunto é carreira. 74% dos usuários da rede social de namoro voltada para pessoas comprometidas passaram mais de 10 anos no mesmo emprego. 

Esse comprometimento com a vida profissional não se reflete na vida conjugal. Pesquisas anteriores da plataforma mostraram que a maioria dos membros de Ashley Madison levam apenas alguns meses para iniciar um caso extraconjugal. E, ao contrário do casamento, a carreira dos usuários do site vai muito bem, obrigado: 91% deles afirmaram gostar dos seus trabalhos atuais. 

Leia também: Fala de políticos com o crush? Tinder revela nomes mais citados no app nos EUA

Sobre a fidelidade às carreiras por parte dos infiéis nos relacionamentos, Isabella Mise, diretora de comunicações da Ashley Madison, brinca: “realmente, quando seu cônjuge diz que vai ficar até tarde no escritório hoje à noite e você acha que ele está em um caso, ele pode estar apenas dizendo a verdade”.

Leia mais:  É hora de revisar: conheça 6 aplicativos que vão te ajudar no ENEM

Tinder dos casados

Mais um dado paradoxal é que 55% dos membros da rede social nunca deixaram seus empregos para um concorrente. Concorrência é o que não falta, porém, no Ashley Madison. Hoje, a rede social já tem mais de 54 milhões de membros em todo o mundo, todos atrás de encontros extraconjugais. 

Leia também: Tinder do emprego: conheça a plataforma que vai dar seu match com a sonhada vaga

Lançada em 2001 nos Estados Unidos, a rede social faz sucesso também no Brasil. Em 2018, os brasileiros já eram o segundo maior público da plataforma, perdendo apenas para os norte-americanos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana